Poder de mineração do bitcoin bate novo recorde dois meses após o halving

(Foto: Shutterstock)


O poder de mineração (hashrate) do bitcoin atingiu um novo recorde histórico de 125 TH/s, batendo o anterior alcançado em maio deste ano, poucos dias antes do terceiro halving.

Já se passaram dois meses desde o halving, em que a recompensa por bloco minerado caiu pela metade, de 12,5 BTC para 6,125 BTC. Ao contrário do que os céticos esperavam, o halving não fez o hashrate da rede cair. Nas duas semanas seguintes ao halving de fato a taxa chegou a cair 20% mas se recuperou logo em seguida.

Hash rate do bitcoin em 13 de julho (Imagem: Blockchain.com)

No acumulado do ano, o hashrate teve alta de 25%. Desde o último halving, em 2016, o poder de mineração do bitcoin multiplicou 120 vezes.

Recentemente a Core Scientific anunciou ter comprado 17.000 máquinas de mineração Antminer S19 da Bitmain. Além disso, este ano também vimos o lançamento da empresa de mineração Layer1, apoiada por Peter Thiel, cofundador do Paypal.

Além disso, as mineradoras estão renovando suas máquinas para substituir seus as mais antigas. Tanto as fabricantes MicroBT quanto a Bitmain lançaram modelos mais potentes esse ano, que em termos de eficiência chegam a superar em 30% as antigas.