Paypal planeja oferecer negociação de criptomoedas a 325 milhões de usuários, diz site

PayPal investe R$ 17 milhões em startup de controle de risco para criptomoedas no setor financeiro
(Foto: Shutterstock)


A gigante no mercado global de pagamentos PayPal pode entrar para o mercado de criptomoedas nos próximos meses e disponibilizar a compra e venda de criptoativos para seus 325 milhões de usuários. A informação é do Coindesk, em publicação na segunda-feira (22).

Segundo o site, a informação partiu de três pessoas familiarizadas com o assunto; o PayPal se recusou a comentar sobre o suposto plano.

“Meu entendimento é que eles vão permitir compra e venda de criptomoedas diretamente do PayPal e Venmo”, disse uma das pessoas ao site. Venmo também é um serviço de pagamento móvel e de propriedade do PayPal.

Conforme explicou, rumores apontam que o Paypal terá algum tipo de funcionalidade embutida na carteira para que o usuário possa armazenar os ativos.

No entanto, não está claro quais ou quantas criptomoedas estariam disponíveis, diz a reportagem. Há também comentários de que a empresa trabalhe com várias exchanges a fim de obter liquidez, escreveu o Coindesk.

De acordo com o site, as exchanges Coinbase e Bitstamp, citadas pelas fontes como possíveis concorrentes, também não quiseram falar sobre o assunto.

Paypal tem vaga para o mercado

Segundo o Decrypt, o recém-formado Blockchain Research Group da PayPal está atualmente contratando um ‘engenheiro de pesquisa blockchain sênior’ para a sede da empresa, em San Jose, Califórnia (EUA).



Conforme detalhou, a função do novo colaborador seria fazer um relatório e criar uma documentação clara, oportuna e bem pesquisada sobre a ação sugerida. 

O pesquisador também desenvolveria provas de conceitos e pilotos, apresentaria idéias à gerência e obteria experiência prática com as tecnologias blockchain existentes, diz o site.

Paypal e criptomoedas

Vale destacar que várias ações do Paypal aproximaram a fintech da criptoeconomia. No ano passado, por exemplo, a empresa investiu cerca de R$ 17 milhões na TRM Labs, uma startup de controle de risco para criptomoedas focada exclusivamente no setor financeiro.

Isso aconteceu pouco tempo antes de o Paypal anunciar sua saída do projeto de criptomoeda da Fundação Libra, do Facebook. Na ocasião, a empresa não descartou que no futuro possa haver uma nova parceria.

Fora isso, o PayPal é um dos financiadores do projeto da startup de tecnologia blockchain Cambridge Blockchain, desde o início daquele ano.

Um ano antes, a empresa também registrou uma patente que sugeria que a empresa já buscava algum método para agilizar pagamentos com criptomoedas.


BitcoinTrade: Negocie criptomoedas com segurança e agilidade!

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. 95% dos depósitos aprovados em menos de 1 hora! Acesse: bitcointrade.com.br