Imagem da matéria: "O Verão DeFi" esfriou em meio roubos a históricos e volatilidade do mercado
Foto: Shutterstock

Após um inesquecível 2021, quando surgiu a expressão “verão DeFi”, a crescente trajetória do mercado de Finanças Descentralizadas se estabilizou no primeiro trimestre de 2022.

O valor total bloqueado (ou TVL) — que se refere ao valor de ativos depositados em protocolos DeFi — despencou 8% (ou para US$ 214 bilhões) e carteiras únicas e ativas caíram para 2,4 milhões, registrando uma queda de 6% em comparação ao fim do ano passado, segundo um novo relatório do DappRadar publicado nesta quarta-feira (6).

Publicidade

Em novembro, o TVL de produtos DeFi havia atingido US$ 192 bilhões, de acordo com o DappRadar.

O DappRadar, fundado em 2018 pelos desenvolvedores de software Dragos Dunica e Skirmantas Januskas, rastreia mais de dez mil aplicações DeFi entre 20 diferentes protocolos.

DeFi é um termo guarda-chuva utilizado para descrever ferramentas financeiras que permitam a negociação, bem como a concessão e a tomada de empréstimos sem intermediários.

É importante destacar que o setor DeFi ainda não possui uma definição exata e os sites que rastreiam o TVL como um todo tendem a ser diferentes. O DeFi Llama, por exemplo, que rastreia 800 protocolos espalhados entre 80 blockchains, registrou um TVL de US$ 221 bilhões na manhã deste sábado (9).

Mesmo assim, ambos os sites mostram que as coisas desaceleraram para DeFi em 2022. Porém, as quedas pontuais também não foram suficientes para sinalizar um movimento mais definido de crise, disse Modesta Masoit, líder de finanças e pesquisas no DappRadar, ao Decrypt.

Publicidade

O preço das criptomoedas também caiu desde o início do ano à medida que a capitalização total do mercado voltou à faixa dos US$ 2 trilhões em março. Em novembro de 2021, havia ultrapassado US$ 3 trilhões, de acordo com o CoinGecko.

Os baixos preços impactam o TVL quando está denominado em dólares americanos, mas também é fato que depósitos em ether (ETH) em DeFi caíram cinco milhões desde o início do ano e 10 milhões de sua alta recorde de 46 milhões, de acordo com o DeFi Llama.

“O TVL está em um nível relativamente estável apesar de percebermos a volatilidade de preço das criptos adjacentes. Porém, o mais importante, é que vemos diferentes blockchains hospedando tranquilamente ecossistemas DeFi”, disse Masoit.

Terra já está consolidada, como BSC, Avalanche e Solana. Outras blockchains estão melhorando sua perspectiva DeFi. Possuem ofertas DeFi sólidas. Isso [representa] uma rede consolidada”, explicou.

Publicidade

Essas ofertas DeFi contaram com diversas investidas no setor de jogos, segundo o relatório. Capitalistas de risco investiram US$ 2,5 bilhões em jogos blockchain durante o último trimestre. Embora esse segmento do mercado continue crescendo, ainda existe a questão do hack à Sky Mavis.

Roubos em série

Em março, a equipe por trás do Axie Infinity anunciou que haviam descoberto um hack que resultou no roubo de tokens equivalentes a US$ 622 milhões da sidechain Ronin, que conecta o jogo à rede Ethereum.

Apenas esse hack contabiliza metade do US$ 1,2 bilhão que foi roubado durante o primeiro trimestre, de acordo com a Rekt Database. E a quantidade roubada nos três primeiros meses deste ano já totalizam 35% do que foi roubado desde 2016, afirma o DappRadar em seu relatório.

A equipe afirma que “‘bridges’ [‘pontes’] — plataformas usadas para transferir tokens de uma blockchain para outra — se tornaram alvo de ataques maliciosos”.

De acordo com o DappRadar, as cinco principais invasões incluem US$ 326 milhões roubados da Wormhole, outra ponte, no Solana; US$ 80 milhões roubados do Cashio, no Solana; e US$ 18 milhões roubados do Lympo, no Ethereum.

Publicidade

O relatório afirma a possibilidade de jogos — uma categoria relativamente improvável, dada a firme resistência que a comunidade de videogames demonstrou em relação a cripto — terem ajudado a popularizar DeFi.

“Conforme o mercado cripto desafia a tendência de baixa anterior, o interesse em DeFi parece estar voltando”, explica DappRadar no relatório.

“No entanto, pode ser a hora de reconhecer que as DeFi possam ser a mais nova grande categoria blockchain a ser adotada. DeFi devem se beneficiar da convergência entre jogos (GameFi) para realmente fazer a diferença.”

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Letras que formam a sigla ETF próximas a uma moeda dourada de Bitcoin (BTC)

ETFs de Bitcoin têm novo dia de saídas com fluxo de US$ 226 milhões liderado pela Fidelity

O único ETF de Bitcoin a ter entrada líquida na quinta foi o IBIT da BlackRock, o maior em valor patrimonial líquido, com fluxo positivo de US$ 18 milhões
Moeda de Bitcoin em cima de celular com logo da UE União Europeia e em cima de mapa da Europa

Binance restringirá stablecoins “não autorizadas” na União Europeia a partir de 30 de junho

Decisão da Binance ocorre para que a exchange se adeque ao regulamento de criptoativos, conhecido como MiCA, que entrará em vigor no fim do mês
Imagem da matéria: O próximo Notcoin? Jogo baseado no Telegram, 'Hamster Kombat' lançará Token na TON

O próximo Notcoin? Jogo baseado no Telegram, ‘Hamster Kombat’ lançará Token na TON

O jogo de simulação de gerenciamento de criptomoedas afirma ter acumulado 60 milhões de usuários desde seu lançamento em março
Rainha Das Criptomoedas, Ruja Ignatova, posa para foto

Há mais evidências de que a “Rainha das Criptomoedas” foi assassinada por chefão das drogas, diz BBC

Podcast da BBC sugere que relatos anteriores sobre o assassinato da búlgara Ruja Ignatova são verdadeiros