moeda de bitcoin com bandeira dos EUA
Shutterstock

Uma montanha de dinheiro pode cair no Bitcoin e em outras moedas assim que o governo dos EUA resolver suas regulamentações sobre criptomoedas, sugere uma nova pesquisa da Grayscale.

De acordo com os resultados da pesquisa publicados na terça-feira (28), 44% dos eleitores dos EUA que não possuem criptos dizem que estão “esperando políticas e/ou regulamentações adicionais” antes de comprá-las.

Publicidade

“Houve algumas mudanças notáveis ​​no interesse e na percepção em torno da posse de criptomoedas e de como os eleitores estão pensando em criptomoedas no cenário político — ambos tópicos cada vez mais importantes que antecederam as eleições de 2024 nos EUA”, escreveu Grayscale em seu relatório de resultados.

Possuir Bitcoin em seu portfólio representa “um investimento no futuro da tecnologia blockchain” para 65% dos entrevistados, enquanto 53% o veem como “uma forma de pagar por coisas digitalmente ou com uma moeda digital”, segundo a pesquisa. 43% considerou-o como “um investimento especulativo”, enquanto 36% disseram que o Bitcoin é “uma forma digital de ouro ou uma proteção contra a inflação”.

A pesquisa da empresa com foco em criptomoedas foi conduzida pela empresa global de pesquisa e consultoria de mercado The Harris Poll entre 30 de abril e 2 de maio. Ela reuniu insights online de 1.768 entrevistados adultos que disseram que planejam votar nas próximas eleições presidenciais dos EUA em 2024.

Os resultados reforçaram as conclusões da empresa-mãe da Grayscale no início deste mês, mostrando que os ativos digitais rapidamente se tornaram uma importante questão eleitoral.

Publicidade

De todos os entrevistados da Grayscale, 47% disseram que esperam ter criptomoedas incluídas em seus portfólios no futuro — acima dos 40% em novembro. Além disso, 41% dos entrevistados disseram que agora estão prestando atenção ao Bitcoin e em outras criptomoedas “devido às tensões geopolíticas, à inflação e ao enfraquecimento do dólar americano”. Isso representa um aumento em relação aos 34% seis meses anteriores.

O interesse é especialmente forte entre os eleitores da geração Y e da geração Z, com 62% concordando que as criptomoedas são o “futuro das finanças”.

O interesse crescente é em grande parte atribuível ao lançamento bem-sucedido dos ETFs de Bitcoin à vista nos EUA em janeiro, que já absorveram US$ 13,7 bilhões em fluxos líquidos desde o lançamento.

A Grayscale disse que quase um terço dos eleitores ficou mais interessado nas criptos como uma classe de ativos depois que os ETFs receberam luz verde dos reguladores.

Publicidade

Posse de Bitcoin é apartidária

No mês passado, vários textos de legislação pró-cripto foram aprovadas na Câmara e no Senado com apoio bipartidário, sinalizando um reconhecimento crescente da legitimidade do setor cripto em ambos os partidos.

O ex-presidente Donald Trump – que já foi um cético em relação ao Bitcoin — até virou pró-cripto recentemente, prometendo proteger os direitos dos cidadãos de possuir Bitcoin dos “capangas” cripto-hostis do outro lado do corredor.

Entre os eleitores, o apoio às criptomoedas não parece ser partidário. A Grayscale observou que a posse de ativos digitais parece semelhante entre republicanos (18%) e democratas (19%). Uma parcela igual dos entrevistados (30% cada) acreditava que os partidos Democrata ou Republicano eram mais favoráveis ​​à criptografia.

“Com os eleitores cada vez mais interessados ​​em criptomoedas, a abordagem do próximo governo a este ativo digital emergente será importante”, concluiu a Grayscale.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Saídas líquidas de ETFs de Bitcoin atingem US$ 200 milhões antes da reunião do FOMC

Saídas líquidas de ETFs de Bitcoin atingem US$ 200 milhões antes da reunião do FOMC

Os participantes do mercado esperam que o Federal Reserve mantenha a taxa de juros inalterada, mas os investidores ainda parecem cautelosos
Terra, LUNA, Stablecoin, Twitter

Twitter de Elon Musk estreia “ecossistema financeiro” nos EUA – será que usará Dogecoin?

CEO do Twitter descreveu o impulso de pagamentos do Twitter como uma iniciativa transformadora que chegará à plataforma de mídia social “em breve”
Imagem da matéria: Como a tokenização vai revolucionar o agronegócio no Brasil | Opinião

Como a tokenização vai revolucionar o agronegócio no Brasil | Opinião

Em 2023 o PIB do agronegócio correspondeu a quase 24% do PIB do Brasil, conforme aponta pesquisa feita pela USP
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Bernstein eleva projeção e vê Bitcoin em US$ 200 mil até 2025

Para o longo prazo, os analistas preveem que cada Bitcoin pode valer US$ 500 mil até o final de 2029 e US$ 1 milhão até 2033