Imagem da matéria: O que é a criptomoeda Shiba Inu (SHIB) e por que ela explodiu
Foto: Shutterstock

Dogecoin (DOGE) era a “meme coin” original mas, desde que ascendeu, inúmeras criptomoedas com temas de cachorrinho surgiram para tomar sua majestade, incluindo doge cash (DOGEC), akita inu (AKITA) e dogelon mars (ELON).

A líder da matilha é shiba inu (SHIB), que explodiu em 2021, disputando com dogecoin pela posição de cachorrinho principal.

Publicidade

Desde sua criação em agosto de 2020, SHIB disparou pelas classificações, de uma baixa de US$ 0,000000000056 em novembro de 2020 para uma alta recorde de US$ 0,00008616 em outubro de 2021, gerando um aumento de mais de 150.000.000%.

Essa é uma grande aventura para uma moeda que aparentemente surgiu do nada.

O que é SHIB?

Ao nível mais básico, SHIB é uma contraparte ao dogecoin, desenvolvida na Ethereum. Diferente de dogecoin, é um token (uma criptomoeda que opera em outra infraestrutura blockchain) em vez de uma moeda, que existe em seu próprio blockchain.

Além disso, dogecoin é uma bifurcação da luckycoin (LKY) que, por sua vez, é uma bifurcação da litecoin (LTC) que é uma bifurcação do bitcoin (BTC). Já SHIB é um token padrão ERC-20 que opera no blockchain Ethereum.

Assim como dogecoin, SHIB é um ativo de meme: uma criptomoeda que é inspirada em memes da internet e forma comunidades de entusiastas.

Publicidade

As movimentações de preço de meme coins são frequentemente ligadas ao sentimento em torno de notícias recentes e atividades de influenciadores nas redes sociais.

A própria SHIB é nomeada em homenagem à raça canina, que se tornou a face do meme “doge” que inspirou a criação da dogecoin.

Qual é a história por trás de SHIB?

De acordo com seu site oficial, SHIB foi criado como um “experimento espontâneo da construção de comunidades descentralizadas” pelo desenvolvedor anônimo Ryoshi (que, em japonês, significa “pescador”).

Ryoshi acredita que são “zé-ninguéns” e “substituíveis”: “Com Shiba, esclarecemos desde o início que ninguém está no comando. Não existe um culpado, uma pessoa responsável ou entidade que possua as chaves do reino”. Em maio, Ryoshi acrescentou que “até hoje, possuo 0 SHIB”.

Publicidade

O “woofpaper” (“whitepaper”) do shiba inu apresenta a seguinte pergunta: “O que aconteceria se um projeto de criptomoedas fosse 100% comandado por sua comunidade?”.

Junto com SHIB, Ryoshi também criou o token “Dogecoin killer” LEASH, apesar de ser em pequenas quantidades, enquanto BONE foi lançado junto com a corretora descentralizada (DEX) ShibaSwap.

Um total de um quadrilhão de SHIB foi emitido e os desenvolvedores anônimos por trás do shiba inu enviaram cerca de metade do fornecimento total (um pouco acima de 505 trilhões) ao endereço do cofundador da Ethereum Vitalik Buterin.

A lógica, segundo Ryoshi, era que “não existe grandiosidade sem um ponto de vulnerabilidade e contanto que [Buterin] não nos dê uma puxada de tapete, então SHIBA irá crescer e sobreviver”.

Depois de um tempo, Buterin queimou 410,24 trilhões de SHIB (90% de seus ativos) e doou o restante para a caridade, argumentando que, se fosse fazer algo com os tokens que ganhou, iria gerar especulação desnecessária.

Publicidade

Se você acredita que isso é ridículo, você provavelmente não está sozinho. Mas Dogecoin foi considerada como uma criptomoeda de “zoeira” antes de se tornar a grande moeda de 2021 e o assunto de fãs como Mark Cuban e Elon Musk.

SHIB já está em uma trajetória similar. Às vezes, a criptomoeda chegou ao top 10 de moedas classificadas por capitalização de mercado e até ultrapassou dogecoin, impulsionada por listagens em grandes corretoras cripto, como Binance e Coinbase.

Onde comprar SHIB?

SHIB pode ser comprada em corretoras como Coinbase, Binance, Huobi Global e OKEx. Também pode ser negociada em DEXs como Uniswap, 1inch e 0x.

Na Coinbase, você pode comprar SHIB diretamente com dólar; outras corretoras oferecem pares de negociação com tether (USDT), binance USD (BUSD) ou wrapped ether (WETH).

Em maio de 2021, o preço da SHIB disparou logo após de sua listagem na Coinbase por conta de uma aparente e imensa demanda por usuários.

Na época, Changpeng Zhao (ou CZ), CEO da Binance, tuitou que a corretora “ficou sem endereços de depósito em ETH por conta de SHIB” e isso “nunca tinha acontecido antes com qualquer outra moeda ERC-20”.

Publicidade

No entanto, ele também alertou que não a estava “promovendo” e que a considerava como um “risco superalto”.

O futuro da Shiba Inu

A ascensão meteórica da SHIB fez com que muitas pessoas enriquecessem. Uma carteira viu seus investimentos dispararem de cerca de US$ 8 mil para mais de US$ 5 bilhões em 400 dias.

No entanto, além disso, continua sendo um “token de zoeira” impulsionado pelo sentimento de investidores do varejo.

É um fenômeno similar ao movimento WallStreetBets que fez com que traders do Reddit comprassem ações, como Gamestop e AMC, para se divertir ou o Crypto Twitter abocanhando ações de cubos de tungstênio.

Enquanto isso, investidores institucionais não querem ter nada a ver com meme coins e meme tokens; um executivo que trabalha com custódia institucional de cripto contou ao Decrypt que “zero” clientes buscam alocar uma parte de seus portfólios em SHIB.

Mas isso pode não importar se a nova onda de investimentos de varejo direcionados por memes seja o futuro das finanças e não (assim como alguns afirmam) uma bolha de manada assim como a febre das tulipas no século XVI.

“Se as pessoas se importam o suficiente com uma piada”, disse o executivo, “ela se torna real”.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: As criptomoedas estão se tornando políticas – e a Consensys quer ficar fora disso

As criptomoedas estão se tornando políticas – e a Consensys quer ficar fora disso

Enquanto outras empresas gastam milhões em candidatos pró-cripto, Joe Lubin diz ao Decrypt que a Consensys resistiu ao impulso
Joe Biden posa para foto

Biden expulsa mineradora cripto chinesa de área próxima a base militar: “Risco de espionagem”

O governo afirma que a MineOne possui equipamentos especializados de origem estrangeira potencialmente capazes de facilitar atividades de vigilância e espionagem
Imagem da matéria: Brasileiros importam R$ 8,9 bilhões em criptomoedas em abril apesar da queda do Bitcoin

Brasileiros importam R$ 8,9 bilhões em criptomoedas em abril apesar da queda do Bitcoin

Volume importado de criptomoedas mais que dobrou em abril em comparação com o mesmo período de 2023
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta