Imagem da matéria: Apenas 2% de trilhões de Shiba Inu que Buterin doou para caridade foram usadas
foto: Shutterstock

O fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, recebeu alguns meses atrás trilhões de tokens da criptomoeda meme Shiba Inu (SHIB) dos desenvolvedores do projeto. Sem querer lidar com mais de US$ 7 bilhões em shitcoins que recebeu sem ter pedido, Buterin logo tratou de queimar 97% de todas as moedas em sua posse.

Ele distribuiu a pequena parcela de ativos que não foram queimados para diferentes instituições de caridade. O maior beneficiado da ação foi um fundo criado por Sandeep Nailwal, um dos fundadores do Polygon (MATIC), para ajudar as vítimas de Covid-19 na Índia.

Publicidade

No entanto, de todos os US$ 1 bilhão em SHIB que Buterin doou para a iniciativa, apenas US$ 20 milhões foram utilizados até o momento, cerca de 2% dos fundos. As criptomoedas seguem intactas porque administrar o montante está sendo um processo mais complicado do que a entidade imaginava.

O desenvolvedor Nailwal que ficou responsável pelo fundo, contou à Bloomberg que a conformidade regulatória, a queda dos preços, e a dificuldade de sacar um ativo ilíquido são os principais fatores que estão atrasando o aproveitamento das moedas.

Ele explicou que para cumprir com as exigências da Lei de Regulamentação de Contribuições Estrangeiras da Índia, o fundo precisa ser gradualmente convertido em dólares e, em seguida, em rúpias. Cerca de 80% desse processo já foi concluído com os US$ 20 milhões de tokens liquidados.

Já os problemas com a queda dos preços já eram esperados. Nas horas seguintes a doação de Buterin, a SHIB desabou à medida que os traders começaram a vender seus tokens na esperança de conseguir algum lucro com a moeda.

Publicidade

Com o passar dos meses, a tendência de queda da Shiba Inu se intensificou ainda mais e nesta quarta (28), o token está valendo US$ 0.0000062, um preço 83% inferior às máximas de maio, de acordo com o CoinMarketCap.

Os 50 trilhões de SHIB que valiam US$ 1 bilhão quando foram doadas para a caridade, hoje valem cerca de US$ 400 milhões segundo a estimativa de Nailwal.

Com a queda dos preços, o volume da moeda também desabou e a falta de pessoas dispostas a comprar grandes quantias de tokens despejado no mercado, dificulta a conversão das moedas em posse do fundo.

Os próximos passos

O desenvolvedor Nailwal disse que vai permanecer cauteloso com o gerenciamento do dinheiro, mas que uma nova liquidação de mais US$ 20 milhões já está sendo preparada.  

Publicidade

O objetivo é que o fundo irá focar em uma possível “terceira onda” de contágio que pode atingir a Índia. Com os valores convertidos anteriormente, a entidade tinha feito doações para ONGs que distribuem alimentos em todo o país e em novos leitos de UTI nos hospitais. 

Nailwal disse ainda que planeja contratar uma auditoria para garantir total transparência de que o dinheiro terá o destino correto.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin sobe mais de 3% após dado de inflação dos EUA cair em abril

Bitcoin sobe mais de 3% após dado de inflação dos EUA cair em abril

Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas sobem nesta quarta-feira após o relatório do CPI dos EUA mostrar que os preços subiram mais lentamente que o esperado
Imagem da matéria: Ethereum Rio: Começa hoje evento que promove ecossistema da segunda maior criptomoeda do mundo

Ethereum Rio: Começa hoje evento que promove ecossistema da segunda maior criptomoeda do mundo

Evento Ethereum Rio ocorre entre os dias 13 e 15 de maio no Porto Maravalley, Rio de Janeiro
solana, criptomoedas,

Este evento vai fazer a Solana atingir US$ 400 este ano, projeta analista

Para analista da Merkle tree, a Solana pode disparar 170% este ano puxado por memecoins ligadas aos candidatos na eleição dos Estados Unidos
moeda de bitcoin sob nota de dinehiro da nigéria

Tensão entre Binance e Nigéria escala após CEO acusar governo de suborno de R$ 770 mi

Funcionário do governo nigeriano disse que alegações são infundadas e que disputa contra Binance deve ser resolvida na Justiça