Imagem da matéria: Tokens Shiba Inu queimados por fundador do Ethereum valeriam agora US$ 32,5 bilhões
foto: Shutterstock

Você se lembra de quando Vitalik Buterin, cofundador da Ethereum, queimou mais de US$ 6,8 bilhões em tokens SHIB? Bom, agora não valem mais esse preço.

A preços atuais (que dispararam 98.000.000% desde o Ano-Novo, de acordo com o site CoinGecko), essa quantia quintuplicou para US$ 32,5 bilhões.

Publicidade

Vamos entender como isso aconteceu?

Shina Inu ganha vida

Os anônimos desenvolvedores do Shina Inu (SHIB), cópia da Dogecoin (DOGE), destacaram, em seu “woofpaper” (trocadilho com “whitepaper” usando a onomatopeia, em inglês, de um latido), que iriam enviar 50% do fornecimento total ao endereço de Buterin para remover os tokens de circulação.

Eles apostaram que, se os tokens fossem queimados, a iniciativa iria fazer o preço do SHIB disparar, contanto que a demanda aumentasse e o fornecimento continuasse limitado.

Na época da transição, Buterin manteve 505 trilhões de SHIB (ou cerca de US$ 8 bilhões) no início de maio, quando a notícia chegou à imprensa.

Em vez de decepcionar os fãs de SHIB ao vender, de repente, a sua parte, Buterin manteve o fornecimento por um tempo.

Publicidade

O que aconteceu em seguida?

No fim de maio, Buterin doou SHIB, além de receber diversas doações não solicitadas em cripto, para diversas caridades diferentes ao redor do mundo. Ele doou 50 trilhões de SHIB (cerca de US$ 1,2 bilhão na época) para o Fundo de Auxílio à covid da Índia, por exemplo.

Cinco dias após o mercado ficar sabendo das doações à caridade por Buterin, ele queimou cerca de 90% de seu armazenamento restante em SHIB. Ele enviou 410 trilhões de SHIB (US$ 6,7 bilhões, na época) para um endereço blockchain inativo, removendo-os de circulação.

Na época, Buterin acrescentou um recado a outra transação, esclarecendo que preferiria que tomadores (“makers”) de criptomoedas as dessem à caridade: “Eu não quero ter um poder desse tipo”.

Buterin tomou a decisão correta, destruindo o equivalente a mais de US$ 32 bilhões. De acordo com o site CoinGecko, o token SHIB está sendo negociado a US$ 0,00007 neste momento.

Publicidade

A realidade é que se Buterin tivesse mantido os tokens, SHIB não teria atingido esse número impressionante. Além disso, se ele tivesse vendido SHIB, o preço do token teria despencado da alta repentina, inundando o mercado.

De acordo com o rastreador Etherscan, Buterin ainda possui 3.457.471 SHIB, uma quantia de apenas US$ 268.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização da Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Governo proíbe uso de  criptomoedas em apostas esportivas

Governo proíbe uso de criptomoedas em apostas esportivas

Secretaria de Prêmios e Apostas vetou o uso de criptomoedas para apostas e pagamentos
Imagem da matéria: As criptomoedas estão se tornando políticas – e a Consensys quer ficar fora disso

As criptomoedas estão se tornando políticas – e a Consensys quer ficar fora disso

Enquanto outras empresas gastam milhões em candidatos pró-cripto, Joe Lubin diz ao Decrypt que a Consensys resistiu ao impulso
Imagem da matéria: 5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

Quando o token NOT será lançado? Qual o futuro para a Notcoin? É melhor fazer stake dos tokens? Preparamos um resumo para você
Imagem da matéria: Reguladores afirmam que Coinbase não pode obrigá-los a criar regras “do zero” para setor de criptomoedas

Reguladores afirmam que Coinbase não pode obrigá-los a criar regras “do zero” para setor de criptomoedas

Em um processo judicial, a SEC argumentou que a Coinbase não pode exigir que o regulador escreva novas regras para o setor cripto