NFT de onça pintada deitada na selva noturna; parte de ação da Nestlé em apoio a ONG SOS Mata Atlântica
(Divulgação Nestlé)

A Nestlé lança, nesta terça-feira (20), uma coleção de NFTs que resgata os cards nostálgicos da marca de chocolates Surpresa — muito populares nos anos 1980 e 1990 — para apoiar a ONG SOS Mata Atlântica.

Serão 10 artes originais e mais 40 réplicas, com variações de fundo e cores. Os 10 tokens com artes principais custam R$ 500 — já suas réplicas giram em torno de R$ 25 a R$ 250, segundo comunicado pela Nestlé.

Publicidade

Os cards já estão disponíveis para compra desde o dia 20 de junho, no site oficial do projeto. Todo o valor arrecadado com a venda dos cards será destinado para a preservação do bioma da Mata Atlântica.

“Essa iniciativa nasceu com um firme compromisso com o meio ambiente,” conta a Nestlé. “A fonte de inspiração foram os cards colecionáveis da edição especial Mata Atlântica, produzidos pela marca Surpresa em 1987, que exibiam a fauna rica do bioma.”

Neste cenário, a equipe de inovação da Nestlé conta que concebeu um plano para potencializar ainda mais suas iniciativas na Web3 e tokens digitais — especialmente os NFTs —, usando este propósito como catalisador, entregando valor e visibilidade para a causa.

A iniciativa conta com a participação de cinco artistas plásticos brasileiros: Helena Cintra, Larissa Constantino, Rômolo D’Hipólito, Carla Barth e Vilson Vicente. Cada um possui uma linguagem proprietária e uma conexão com causas ambientais, trazendo personalidade e significado para as imagens exclusivas que foram criadas.

Publicidade

“A Nestlé começa a navegar no universo da Web3 e da tokenização, antecipando novas possibilidades e oportunidades.”

“Prova disso é o lançamento desse projeto inovador, que une arte e tecnologia a serviço de um compromisso da companhia com a sustentabilidade. Nosso grande objetivo é contribuir com o meio ambiente, além de resgatar memórias afetivas e nostálgicas em torno de uma marca que fez história”, explica Denis Chamas, Gerente Sênior de Inovação e Novos Modelos de Negócios da Nestlé Brasil.

A marca Surpresa se tornou muito popular nos anos 1980 e 1990. Através de uma temática animal com os bichos em relevo nas barras e com cards colecionáveis que vinham junto com o chocolate.

Estes cards traziam imagens de diferentes espécies de animais divididos por ecossistema — no verso havia informações sobre nome científico, habitat, hábitos alimentares, reprodução e particularidades.

“O projeto vem para resgatar memórias afetivas e nostálgicas em torno do chocolate que fez história para muitas gerações. Aqui, somamos algo que foi sucesso nos anos 80, em uma nova proposta, resgatando uma memória que conecta com um forte propósito e compromisso ambiental da Nestlé”, diz Mariana Marcussi, Head de Marketing de Chocolates na Nestlé Brasil.

Publicidade

Para dar vida a esta ideia, a Nestlé fortaleceu sua colaboração com a SOS Mata Atlântica.

“Apoiar organizações não governamentais e iniciativas que ajudam a conservar o bioma se torna cada vez mais necessário”, comenta Luís Fernando Guedes Pinto, diretor executivo da SOS Mata Atlântica.

“A SOS Mata Atlântica construiu sua história por meio da mobilização contínua, educação, tecnologia, políticas públicas e articulação em rede para consolidar iniciativas socioambientais no território brasileiro”, continua o diretor executivo da ONG. “A Mata Atlântica é o bioma com mais espécies ameaçadas no Brasil, como é o caso do mico-leão dourado, da onça-pintada, do boto-cinza, entre outros. Mas podemos mudar essa história com a restauração das florestas.”

VOCÊ PODE GOSTAR
Tela de celular mostra logo da Comissão de Valores Mobiliários do Brasil CVM

CVM ganhou R$ 832 milhões com multas aplicadas em 2023, um aumento de 1.791%

A autarquia também registrou o maior número de casos julgados desde 2019
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de forex e criptomoedas de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Kaarat
homem segura com duas mãos uma piramide de dinheiro

Polícia do RJ investiga grupo acusado de roubar R$ 30 milhões com pirâmide financeira

Para ganhar a confiança dos investidores, a empresa fraudulenta fazia convites para assistir jogos de futebol em camarote do Maracanã
Celular com logotipo da Receita Federal sobre notas de reais

Tokenização de ativos enfrenta área cinzenta na declaração de Imposto de Renda |Opinião

Para o autor, a declaração de tokens que representam recebíveis, e outros ativos do mundo real, devem mudar nos próximos anos