Imagem da matéria: Nathalia Arcuri silencia sobre demissões na Me Poupe! e críticas dominam redes sociais
Nathalia Arcuri, criadora da Me Poupe! (Foto: Reprodução/Instagram)

A jornalista e youtuber Nathalia Arcuri segue em silêncio sobre a demissão de 50% dos funcionários em sua empresa, a ‘Me Poupe!’. Os críticos, seja no Linkedin, seja as próprias redes sociais da influencer é que não ficaram calados.

Apesar de a maioria dos comentários serem de cunho político, as críticas ainda focam na premissa de que uma empresa de educação financeira não deveria passar por dificuldade financeira. Essa condição, no entanto, não foi confirmada pela Me Poupe!.

Publicidade

Uma das críticas veio da especialista em marketing, Tuka Roberta Rossatti, que não trabalhou com Arcuri, mas resumiu a demissão em massa em uma palavra: ‘Inconsistência”.

“Será que eles usaram papel higiênico demais? Eles não colocavam água no detergente? Compraram casas para morar, em vez de alugar?”, escreveu Rossatti no LinkedIn. “Quem ensina sobre planejamento financeiro não sabe planejar financeiramente a contratação e os salários dos funcionários?”, questionou.

Críticas à Me Poupe!

As críticas não pararam por aí; Rossati ainda completou: “Será que cada funcionário da lista de demitidos foi perguntado sobre ter uma reserva de emergência? Ou será que vão precisar oferecer seus serviços de graça pra provar seu valor?”

No perfil da Me Poupe! no Instagram também não faltam críticas a Nathalia Arcuri, como a da usuária ‘debora.2014.lps’:

“Deixando de seguir… propaganda enganosa. Não consegue administrar nem a própria empresa quer dar conselhos financeiros.”

O perfil da empresária no Instagram, que tem 3,4 milhões de seguidores, também tem recebido críticas sobre as demissões. “E sobre a demissão de 50% do quadro de funcionários da Me Poupe? Faltou planejamento financeiro?”, perguntou o usuário @kleber_fernandes81.

Publicidade

“Guru de finanças com problemas financeiros”, ironizou outro usuário chamado @danilopalange.

“Demitir mais de 50% dos funcionários sem pensar na família deles… Fala sério, vocês são todos iguais”, comentou a usuária @mcsmaira.

Vídeo de Nathalia Arcuri no Youtube

No canal da Me Poupe! no Youtube, que possui 7,3 milhões de inscritos, também foram publicados vários comentários sobre as demissões, como este feito na tarde desta segunda-feira (30).

“Nath, vi muitas matérias falando sobre a demissão em massa da Me Poupe!, você irá falar sobre o assunto em algum momento? Admiro você e acompanho o seu trabalho há anos, porém, fiquei surpresa com as coisas que li sobre o layoff e bem chateada pelos funcionários. Sucesso para Me Poupe! e para os ex-funcionários, principalmente”.

“Faz um vídeo explicando a crise na empresa”, complementou o usuário @kylegames3630.

Em um dos comentários, o canal respondeu à usuária @brunamachado2171, que cobrou explicações sobre as demissões. A Me Poupe! então disse: “Bru, já explicamos. Mas pode mandar e-mail pra mim que eu te conto pessoalmente.”

Publicidade

A Me Poupe!, via assessoria de imprensa, respondeu ao Portal do Bitcoin sobre as demissões logo que a primeira reportagem foi ao ar. Na ocasião, fim da tarde de sexta-feira, um comunicado da empresa explicou que se tratava de uma reestruturação que demandaria reorganização de equipe e investimentos.

Segundo a nota, o “movimento exige outras formações e competências técnicas do time, o que motivou a difícil decisão de realizar os desligamentos”.

  • Já pensou em inserir o seu negócio na nova economia digital? Se você tem um projeto, você pode tokenizar. Clique aqui, inscreva-se no programa Tokenize Sua Ideia e entre para o universo da Web 3.0!
VOCÊ PODE GOSTAR
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Gustavo Scarpa em um campo de futebol usando o uniforme do Atlético Mineiro

Scarpa x Bigode: Pedras preciosas não valem como garantia em processo contra pirâmide cripto, diz PF

Um laudo das pedras de alexandrita apreendidas da suposta pirâmide Xland foi avaliado por um juiz, que determinou que elas não têm valor significativo