mulher desesperada sentada em mesa de escritório
Shutterstock

Há cerca de um ano, uma mulher de 46 anos de Hong Kong foi alvo de golpistas que lhe roubaram cerca de R$ 4,5 milhões  (7,1 milhões de dólares de Hong Kong) por meio de uma plataforma falsa de investimentos em criptomoedas. A mulher, no entanto, só foi perceber o golpe na semana passada, quando tentou sacar os fundos.

Na última quarta-feira (20), um dia depois de a mulher procurar a polícia, uma pessoa familiarizada com o caso revelou ao jornal South China Morning Post (SCMP) que a vítima não recebeu nenhum lucro durante esse período.

Publicidade

“Ela ficou desconfiada apenas quando não conseguiu entrar em contato com dois golpistas online e sacar dinheiro da plataforma de negociação. Ela descobriu que era uma farsa quando discutiu o assunto com sua família”, disse a pessoa ao SCMP, cujo nome não foi revelado.

Ele também teria revelado que os golpistas começaram a conversar com a mulher por meio do Instagram em julho de 2022 e, após a persuadi-la, lhe enviaram um link de uma exchange falsa.

Depois disso, outro ator do golpe entrou em ação e instruiu a vítima a transferir cerca de R$ 4,5 milhões para 15 contas bancárias distintas entre 19 de agosto de 2022 e 4 de março de 2023.

O SCMP apurou que a tal plataforma já era citada como golpe em buscas na internet, inclusive com a polícia instando o público a verificar a identidade da contraparte antes de fazer transações ou remessas. O nome do negócio não foi revelado.

Publicidade

Golpe com criptomoedas em Hong Kong

De acordo com o SCMP, os números da polícia mostraram um aumento significativo nas fraudes de investimento online, com 5.105 denúncias no ano passado, em comparação com 1.884 casos registados em 2022.

As perdas financeiras também aumentaram para cerca de R$ 2 bilhões em 2023 , contra R$ 590 milhões no ano anterior. Hong Kong registrou um aumento de 42,6% em todos os tipos de fraude, sendo 39.824 casos no ano passado ante 27.923 casos em 2022.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Core Network (CORE): Token baseado no Bitcoin dispara 218% na semana

Core Network (CORE): Token baseado no Bitcoin dispara 218% na semana

CORE é o token da Core Network, uma blockchain compatível com Bitcoin e a Ethereum Virtual Machine (EVM)
Imagem da matéria: Investidores de Solana perdem R$ 2,3 milhões após bot de Telegram ser invadido

Investidores de Solana perdem R$ 2,3 milhões após bot de Telegram ser invadido

O Solareum está encerrando suas atividades depois de sofrer uma aparente invasão que drenou carteiras de 300 usuários
Imagem da matéria: Reforma do Código Civil prevê inclusão de criptomoedas em herança digital

Reforma do Código Civil prevê inclusão de criptomoedas em herança digital

Mudanças do Código Civil incluem o reconhecimento da herança digital, que inclui criptomoedas, além de senhas de redes sociais e de milhas aéreas
Imagem da matéria: Wormhole diz pagar mais de 999% na semana em staking de novo token

Wormhole diz pagar mais de 999% na semana em staking de novo token

Token W, lançado esta semana, está chamando atenção ao render mais de 999% em staking na plataforma Kamino