Imagem da matéria: Mercado Bitcoin tem problema com TED e DOC por causa do alto volume de negociações
Foto: Shutterstock

O Mercado Bitcoin, maior corretora de criptomoedas do Brasil, continua com problemas em sua plataforma de negociações. Nesta sexta-feira (8), a exchange informou em e-mail enviado para clientes que depósitos em TED/DOC estão demorando para serem creditados na conta da exchange. Os depósitos por PIX, segundo a empresa, estão funcionando normalmente.

Em nota enviada ao Portal do Bitcoin, o Mercado Bitcoin informou que o problema ocorre por causa do alto volume de transações de criptomoedas. DIsse ainda que está trabalhando para normalizar os acessos o mais breve possível.

Publicidade

Nas últimas 24 horas, a exchange teve 67.500 trades, que movimentaram no total R$ 160 milhões.

Na quinta-feira (8), dia em que o bitcoin chegou a R$ 220 mil, os usuários do Mercado Bitcoin não estavam conseguindo realizar trades. A API da corretora também ficou fora do ar por um tempo, mas logo depois normalizou.

Outras corretoras também ficaram instáveis

Ontem, as corretoras BitcointoYou, BitcoinTrade, Walltime e Coinext também saíram do ar por causa do alvo volume de negociação de bitcoin e altcoins. Nesta sexta-feira não há relatos sobre instabilidade nessas exchanges.

Duas das maiores corretoras de critptomoedas do mundo, a Binance e a Coinbase, também enfrentaram problemas, mas agora operam normalmente.

Changpeng Zhao, CEO da Binance, chegou a ir ao Twitter para justificar a falha. Em resumo, CZ disse que, por causa do excesso de negociações ocorreu um problema no ‘websocket’, um dispositivo que permite estabelecer conexão entre cliente e servidor.

Publicidade

O suporte da Coinbase informou na madrugada desta sexta que o sistema foi normalizado. “Nossas equipes resolveram totalmente o problema e você pode usar a plataforma normalmente. Agradecemos sua paciência com isso hoje”, afirmou.

VOCÊ PODE GOSTAR
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024
Imagem da matéria: Justiça nega pedido de liberdade para PM acusado de vender armas ao "Faraó do Bitcoin"

Justiça nega pedido de liberdade para PM acusado de vender armas ao “Faraó do Bitcoin”

Réu é acusado de ser responsável pela segurança do criador da GAS Consultoria e vender armas para a organização criminosa
Marcos Pasquim promove Mineradora Manah

Manah: Mineradora de ouro promovida por galãs da Globo é acusada de dar calote em investidores

Promovida por Márcio Garcia e Marcos Pasquim, a Mineradora Manah prometia pagar 3% ao mês aos investidores, mas agora está sendo acusada de calote no Reclame Aqui e nas redes sociais
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais