Tela mostra gráficos de tendencia de investimentos
Shutterstock

Após se descolar das bolsas americanas, o Bitcoin (BTC) volta a andar de mãos dadas com o mercado acionário nesta quarta-feira (19), que devolve parte dos ganhos entre resultados corporativos positivos e cenário de juros mais altos nos Estados Unidos. 

Assim, aas últimas 24 horas, a maior criptomoeda recua 2,3%, para US$ 19.232,95, segundo dados do CoinGecko. O Ethereum (ETH) opera em queda de 3,1%, negociado a US$ 1.298,63.  

Publicidade

Em reais, o Bitcoin perde 1,9%, cotado a R$ 101.566,02, conforme o Índice do Portal do Bitcoin (IPB).  

Entre os destaques de baixa está o token Aptos (APT), da nova blockchain de primeira camada de mesmo nome, que mergulha 43% nas últimas 24 horas, de acordo com o CoinGecko. FTX, Coinbase e Binance foram as primeiras exchanges a listar o novo token na madrugada desta quarta-feira, segundo o CoinDesk

Apelidada de “Matadora de Solana”, a Aptos é a mais recente tentativa de desenvolver uma blockchain perfeita para contratos inteligentes, mas o protocolo enfrentou muitos problemas na largada

Boa parte da comunidade criticou a pesada alocação de tokens (49%) dada a desenvolvedores e investidores privados, sugerindo que a Aptos é uma blockchain que atende ao capital de risco. 

O token do aplicativo de empréstimo Apricot Finance, que inicialmente tinha o mesmo código APT que a moeda da Aptos, também caiu devido à confusão de nomes. O token era negociado em baixa de 49% nas últimas 24 horas em meio ao aumento do volume de negociação. O CoinGecko agora lista o token do Apricot como APRT

Publicidade

Outras altcoins operam em terreno negativo nesta quarta-feira (19), entre elas Binance Coin (-1,2%), XRP (-3,4%), Cardano (-3,4%), Solana (-3,5%), Dogecoin (-0,7%), Polkadot (-2,5%), Polygon (-1,4%), Shiba Inu (-3,2%) e Alavanche (-4,4%).  

Bitcoin hoje 

Na terça-feira (18), o Bitcoin foi negociado no vermelho no fechamento das bolsas americanas, que foram na direção contrária, impulsionadas por resultados trimestrais melhores do que o esperado, como os do Goldman Sachs e Johnson & Johnson, de acordo com a Reuters

O balanço da Netflix ajudou a acelerar os ganhos, já que a gigante de streaming conseguiu 2,4 milhões de novos assinantes globais no terceiro trimestre. E, segundo a Netflix, o mercado brasileiro ajudou diante do sucesso da série “Sintonia”, que retrata o cotidiano de jovens na periferia de São Paulo. 

Apesar do otimismo, Terry Sandven, estrategista-chefe de renda variável do U.S. Bank Wealth Management, alerta que os desafios permanecem. “As projeções de lucro de consenso de analistas continuam sujeitas a revisão para baixo”, escreveu em nota citada pela Bloomberg.  

Publicidade

“Tendências inflacionárias, comentários de aperto monetário do Fed e um ritmo mais lento de crescimento dos lucros em 2023 são os principais fatores que pesam na percepção dos investidores e nos preços das ações.” 

Essa cautela foi reforçada pelo presidente do Federal Reserve de Minneapolis, Neel Kashkari. Em evento na terça-feira (18), Kashkari disse que o banco central americano não pode afrouxar a política monetária enquanto o núcleo da inflação, que exclui alimentos e energia, continuar subindo. “Se não houver melhora na inflação subjacente, ou no núcleo da inflação, não vejo por que defenderia parar em 4,5 (%) ou 4,75 (%) ou algo assim”, afirmou em referência ao nível da taxa básica do Fed. 

Relação entre o Bitcoin e as ações 

Com o Bitcoin estacionado na faixa dos US$ 19 mil e negociações marcadas por baixa volatilidade e pouco volume, investidores começam a questionar se a maior criptomoeda finalmente declarou independência. 

Análise do CoinDesk aponta que, de acordo com a IntoTheBlock, uma empresa de análise e dados de criptomoedas, a correlação de 30 dias entre o Bitcoin e o S&P 500 caiu para 0,04. Quanto mais próxima de zero, menor a correlação.

“Ainda é muito cedo para afirmar o fim do regime altamente correlacionado, mas investidores provavelmente terão uma noção melhor disso após a divulgação dos resultados da Microsoft, Google, Apple e Amazon na próxima semana”, disse Lucas Outumuro, chefe de pesquisa da IntoTheBlock. 

Publicidade

O comportamento de investidores de Bitcoin também deve ser observado. André Franco, chefe de pesquisa do MB, destacou em artigo no Valor que o ciclo de acúmulo da criptomoeda foi quebrado nos dados on-chain, com uma redução de 7 mil bitcoins de investidores de longo prazo (LTH). Mas nada ainda que preocupe, já que houve vários dias seguidos de acúmulo e a tendência permanece, acrescenta. 

Cerca de 48 mil bitcoins foram retirados na terça-feira (18) da Coinbase Pro, plataforma da corretora cripto voltada para grandes investidores, segundo a Exame. De acordo com a plataforma de análise CryptoQuant, a maioria das criptomoedas movimentadas era antiga, minerada entre três e cinco anos atrás. 

Europa ameaça mineração de Bitcoin 

A União Europeia (UE) desenvolverá um selo de eficiência energética para criptomoedas como o Bitcoin em uma tentativa de reduzir o consumo de eletricidade do setor, informou a Bloomberg. A Comissão Europeia também pretende trabalhar com parceiros internacionais para apresentar uma medida de classificação que incentive sistemas de consenso mais ecológicos, como a proof of stake (PoS).  

“Caso haja necessidade de redução de carga nos sistemas de eletricidade, os estados membros da (EU) também devem estar prontos para interromper a mineração de criptoativos ”, disse a comissão em documento publicado na terça-feira (18). 

Outros destaques das criptomoedas 

O Santander criou um sistema de negociação e registro simultâneo de propriedade de automóveis por meio de tecnologia blockchain, que pode facilitar as vendas de carros usados por pessoas físicas, contou ao Valor Jayme Chataque, superintendente de open finance do Santander. O sistema faz parte das inovações em teste para o real digital, moeda virtual em desenvolvimento pelo Banco Central.  

Mercado Pago anunciou na terça-feira (18) uma nova fase de seu programa de fidelidade, que passa a oferecer cashback de 0,5% para compras a partir de R$ 200 em criptomoedas feitas dentro do aplicativo de pagamentos. A promoção está disponível para usuários que atingirem o nível 6 no Mercado Pontos, programa de fidelidade do Mercado Pago e do Mercado Livre.  

Publicidade

Para Suresh Kumar, diretor global de tecnologia da gigante do varejo Walmart, as criptomoedas se enquadram em uma das principais áreas de disrupção do setor de pagamentos e “se tornarão uma parte importante de como os clientes fazem transações”, afirmou no All Markets Summit do Yahoo Finance

Apesar da forte queda no financiamento de capital de risco para empresas cripto, algumas startups ainda conseguem atrair dinheiro novo. A Stardust, que fornece ferramentas de desenvolvimento para o desenvolvimento de jogos baseados em blockchain, disse na terça-feira (18) que levantou US$ 30 milhões em uma rodada liderada pela empresa de venture capital Framework Ventures, conforme a Bloomberg. 

O Ministério das Finanças de Israel e a Bolsa de Valores de Tel Aviv (TASE) preparam a emissão de um título digital estatal baseado em blockchain, conforme o CoinDesk. O governo israelense e a TASE firmaram uma parceria com as empresas de infraestrutura de ativos digitais Fireblocks e VMWare para realizar testes de uma nova plataforma por meio de contratos inteligentes e tokenização para a negociação e compensação de títulos digitais. 

Regulação e CBDCs  

O projeto de lei que regula os criptoativos no Brasil aguarda uma janela na Câmara dos Deputados para ser votado ainda este ano. Estudo encomendado pela plataforma cripto Bitso e divulgado pelo E-Investidor revela que o tema é importante para os eleitores brasileiros, que no dia 30 vão decidir entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva.  

Segundo levantamento do Instituto FSB Pesquisa, 60% das pessoas que conhecem o mercado de criptomoedas consideram importante propostas políticas sobre o tema para definir o voto. 

Em Portugal, apesar do plano para começar a taxar ganhos de curto prazo com investimentos em ativos digitais, o país continua atraente para a comunidade cripto, mostra análise da Bloomberg. Entre as vantagens citadas estão um ambiente propício para empresas de tecnologia, boa conexão de Internet e até visto para os nômades digitais.  

Pedro Borges, fundador da CriptoLoja, primeira exchange cripto de Portugal, vê a medida como um sinal de que a indústria cripto ganha cada vez mais popularidade no país. “É um passo positivo. Espero que alguns bancos parem de tratar alguns de nós como traficantes de drogas”, disse em entrevista. A CriptoLoja é controlada pela 2TM, holding que também é dona do MB. 

A plataforma de crédito cripto Celsius Network enfrenta “investigações” federais nos EUA, de acordo com um documento de advogados de seu comitê de credores divulgado pela Bloomberg. “O número e a extensão das investigações dos devedores por entidades governamentais são significativos: a Celsius aparentemente está sujeita a processos de execução ou investigações em pelo menos 40 estados, além de investigações ou inquéritos envolvendo o governo federal”, mostra o documento. 

Cibersegurança 

Um hacker anônimo roubou US$ 1 milhão em tokens Binance Coin (BNB) da plataforma BitKeep na segunda-feira (17), antes de encaminhar os fundos por meio do serviço de mixing de criptomoedas Tornado Cash, recentemente banido pelo governo dos EUA. Os clientes afetados pelo ataque serão compensados ​​pelas perdas. 

Ao participar do podcast Unchained da jornalista Laura Shin, Do Kwon, criador do token LUNA e cofundador da Terraform Labs, afirmou que não considera legítima a investigação contra ele, bem como o mandado de prisão que recebeu, afirmando que essas ações têm “motivação política”.

A Interpol planeja criar uma unidade especializada no combate a crimes envolvendo criptomoedas. A informação foi divulgada na terça-feira (18) pelo jornal indiano Business Standard, segundo o qual a nova unidade ficará sediada em Singapura, que reúne algumas das principais corretoras globais de criptomoedas. 

Metaverso, Games e NFTs 

Os preços médios de terrenos no Decentraland e The Sandbox, dois metaversos baseados em blockchain, caíram cerca de 80% entre o começo de novembro de 2021 e o início deste mês, de acordo com dados compilados pela empresa de análise WeMeta. Essa desvalorização tem atraído compradores em busca de pechinchas, mas também fraudadores, destaca a Bloomberg. 

O prêmio para os melhores jogadores de futebol do mundo, a Bola de Ouro, cujo vencedor foi Karim Benzema, do Real Madrid, introduziu uma novidade na cerimônia deste ano. Os atletas premiados receberam uma versão em NFT (tokens não fungíveis) dos troféus dourados na segunda-feira (17). Os atletas que subiram ao palco para receber os troféus também ganharam uma carteira de criptomoedas da Ledger contendo o NFT. 

VOCÊ PODE GOSTAR
silhueta de executivo triste em frente a computador

Trader que lucrou milhões com manipulação de preços vai a julgamento; caso pode impactar setor DeFi

Trader que lucrou US$ 100 milhões manipulando preços na exchange descentralizada Mango Markets começa a ser julgado hoje nos EUA
moedas diversas caindo do céu

Binance anuncia nova plataforma de lançamento de tokens e airdrops 

Por meio da Megadrop, os usuários poderão se inscrever com BNB e concluir tarefas e obter acesso a tokens antes de eles serem listados na plataforma
Imagem da matéria: CEO da Binance afirma que está considerando "algumas jurisdições" para a sede global

CEO da Binance afirma que está considerando “algumas jurisdições” para a sede global

“Quais são as jurisdições que têm regulamentações que podem atender ao nosso conjunto de produtos?”, questiona Richard Teng
Imagem da matéria: Solana sofre congestionamento por operações desenfreadas de bots

Solana sofre congestionamento por operações desenfreadas de bots

Alto número de operações de spam estão fazendo com que a Solana fique mais lenta e que transações não sejam processadas