Imagem da matéria: Criptomoedas vão revolucionar pagamentos, diz Walmart
Foto: Shutterstock

As criptomoedas se enquadram em uma das principais áreas de disrupção do setor de pagamentos e “se tornarão uma parte importante de como os clientes fazem transações”, afirmou Suresh Kumar, o diretor global de tecnologia da gigante do varejo Walmart.

“As criptomoedas continuarão a desempenhar um papel muito importante nisso. E, obviamente, queremos estar onde o cliente realmente precisa que estejamos”, disse Kumar no All Markets Summit do Yahoo Finance na segunda-feira (17).

Publicidade

Kumar também sugeriu que parte dessa disrupção acontecerá no metaverso — “em transmissões ao vivo, dentro de um aplicativo de rede social.”

“Portanto, sejam bens físicos ou bens virtuais [as criptomoedas], eles desempenham um papel em termos do que o cliente deseja”, disse Kumar.

Walmart e o metaverso

No final do ano passado, o Walmart registrou várias novas marcas comerciais relacionadas a criptomoedas e ao metaverso, um movimento da maior varejista dos EUA para emitir sua própria criptomoeda e NFTs dentro de um metaverso — uma rede online de mundos que combina elementos de realidade física, aumentada e virtual.

A incursão do Walmart no universo cripto avançou um pouco mais em setembro, quando a empresa anunciou o lançamento do “Walmart Land” e “Walmart Universe of Play” — dois mundos online dentro da popular plataforma de jogos Roblox.

Publicidade

Enquanto o Roblox é uma plataforma de jogos Web2 tradicional construída em torno de conteúdo gerado pelo usuário, o movimento do Walmart poderia servir como um trampolim para um mergulho mais profundo nos mundos online que eventualmente pode levar a varejista para os jogos no metaverso e na Web3, construídos em torno de NFTs e outras tecnologias cripto.

Outro ponto importante dessa disrupção, segundo Kumar, “é como os produtos são descobertos” e entregues.

“Quando você fala especificamente sobre criptoativos, você precisa falar da descoberta de produtos, sejam físicos ou virtuais dentro do metaverso ou em outro lugar, e então como as pessoas transacionam esses bens”, acrescentou o CTO do Walmart.

O Walmart também tem explorado ativamente as possibilidades mais específicas da tecnologia blockchain.

Em março de 2020, a varejista se juntou à Hyperledger, a rede colaborativa de empresas que criam blockchains de código aberto e ferramentas relacionadas, liderada pela Linux Foundation.

Os parceiros do Walmart também incluem a Moneygram, a empresa de transferência de dinheiro que uma vez colaborou com a Ripple antes unir as forças com a Stellar para permitir que os usuários convertam seu dinheiro físico em dólares digitais e vice-versa.

Publicidade

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

Quer investir em ativos digitais, mas não sabe por onde começar? O Mercado Bitcoin oferece a melhor e mais segura experiência de negociação para quem está dando os primeiros passos na economia digital. Conheça o MB!

VOCÊ PODE GOSTAR
Mineração

Mineradores de Bitcoin disputam mercado com Inteligência Artificial antes do halving, diz Bernstein

Um novo relatório da empresa de investimento destaca o aumento da concorrência entre dois setores que exigem energia e poder de processamento
Celular com o logo da OpenSea e imagens NFT

CEO do OpenSea fala sobre o futuro do mercado de NFTs mais popular do mercado

Devin Finzer falou sobre Bitcoin Ordinals, o lançamento de um token e o suporte para NFTs ERC721-C, um passo em direção ao OpenSea 2.0
moeda de bitcoin à frente da bandeira de hong kong

Aprovação de ETFs de Bitcoin e Ethereum pode ocorrer segunda em Hong Kong

O esperado aceno regulatório abriria um dos maiores mercados financeiros do mundo para os ETFs de Bitcoin e Ethereum
Placa com o logotipo da b3

B3 começa a negociar contrato futuro de Bitcoin nesta quarta-feira

Contrato futuro de Bitcoin será equivalente a 100 do valor da criptomoeda em reais e terá vencimento mensal, informou a Bolsa de Valores