Imagem da matéria: Manhã cripto: Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) estacionam com risco geopolítico; Solana (SOL) decola 11% e Avalanche (AVA) sobe 7%
Foto: Shutterstock

As duas maiores criptomoedas seguem em compasso de espera em meio ao cenário geopolítico incerto, enquanto a maioria das altcoins consegue avançar. O Bitcoin (BTC) é negociado com baixa de 0,1% nas últimas 24 horas, a US$ 47.236, mostram dados do CoinGecko. O Ethereum (ETH) também opera com pouca variação: leve alta de 0,8 e negociado a US$ 3.412. 

No Brasil, o Bitcoin recua 0,11%, para R$ 226.421, segundo o Índice do Portal do Bitcoin (IPB).  

Publicidade

Mas duas criptomoedas chamam atenção: Solana (SOL) decolou Solana 11,6% e Avalanche (AVAX) sobe 7,6%.

SOL foi provavelmente impulsionada pelo anúncio que o OpenSea, maior mercado de NFTs, irá começar a dar suporte para projetos feitos na blockchain de Solana.

Edward Moya, analista sênior da Oanda Americas, diz que, após uma semana de ganhos, o rali do Bitcoin faz uma pausa diante das preocupações com a guerra entre Rússia e Ucrânia e seu impacto para ativos de risco no curto prazo.  

A guerra já entra na sexta semana, com a Rússia intensificando os ataques depois de prometer reduzir a ofensiva em Kiev, capital da Ucrânia, e concentrar as tropas no leste separatista, noticiou o New York Times

O conflito já é refletido na inflação global. Os índices de preços ao consumidor na Alemanha e na Espanha subiram para níveis recordes, puxados pela disparada dos custos de energia e gargalos logísticos. 

Ainda assim, o Índice do Medo e da Ganância agora opera no terreno da “ganância, o que sinaliza maior disposição para comprar entre traders de criptomoedas. O indicador está no maior nível do ano, mas distante das máximas de “extrema ganância” vistas em novembro de 2021, de acordo com o CoinDesk

Publicidade

Entre as criptomoedas mais negociadas, a maioria opera em terreno positivo como Binance Coin (+2,2%), XRP (+0,4%), Terra (+1,6%), Cardano (+1,9%), Polkadot (+2,4%), Dogecoin (+2,3%) e Shiba Inu (+0,7%), segundo o CoinGecko.  

Outros destaques 

Avaliação de US$ 14 bi: A exchange de criptomoedas britânica Blockchain.com atingiu avaliação de US$ 14 bilhões em uma rodada de financiamento liderada pela Lightspeed Venture Partners, com “grande participação” da Baille Gifford & Co, informou a Bloomberg na quinta-feira. O valor levantado não foi divulgado. 

Em outra rodada na quarta-feira (30), a Helium conseguiu captar US$ 1,2 bilhão. O financiamento foi coliderado pela Tiger Global e pelo fundo cripto da Andreessen-Horowitz (ou a16z). A empresa também anunciou que agora vai se chamar Nova Labs, parte de uma iniciativa para reduzir a confusão entre a rede e o projeto descentralizado Helium. 

Hack na Ronin: A Binance interrompeu saques e depósitos da rede Ronin (RON) devido ao ataque hacker que resultou em um roubo de US$ 622 milhões da sidechain do jogo Axie Infinity. Para o cofundador da Animoca Brands, Yat Siu, a invasão deve mudar a atitude e responsabilidades de capitalistas de risco que investem em cripto, que serão mais cuidadosos. Siu disse à Bloomberg que está negociando com a Sky Mavis, responsável pelo jogo, o reembolso de jogadores que perderam dinheiro. 

Publicidade

Regulação e CBDCs 

Negociações da MiCA: Nesta quinta-feira começa a nova etapa de negociações para a definição do marco regulatório para criptoativos na União Europeia, conhecido pela sigla MiCA. O projeto agora será discutido informalmente entre três braços do bloco: Comissão Europeia, Parlamento e Conselho, uma fonte confirmou ao CoinDesk

UE aperta o cerco:Parlamentares da União Europeia querem que empresas de criptomoedas não regulamentadas saiam do sistema financeiro do bloco. Novos dispositivos propostos em uma minuta de legislação contra lavagem de dinheiro, que será votada nesta quinta-feira por uma comissão parlamentar, estipulam que instituições financeiras e de crédito, juntamente com empresas de criptoativos regulamentadas na UE, sejam proibidas de fazer qualquer negócio com firmas cripto que não sigam as regras, segundo o CoinDesk

Especialistas acreditam que empresas como a Binance podem ter problemas pela frente, aponta a reportagem. A exchange já foi alertada por reguladores de jurisdições como Reino Unido, Malta e Itália, entre outras, sobre seu nível de autorização. A Binance está registrada nas Ilhas Cayman, mas atualmente não tem sede, apesar de ter recebido recentemente licenças para operar no Bahrein e Dubai. Em entrevista à Bloomberg na quarta-feira, o CEO da Binance, Changpeng ‘CZ’ Zhao, disse que Dubai, onde a empresa realiza a “Binance Blockchain Week”, poderia ser “interpretada” como a sede da exchange. 

Aviso ao G7: Autoridades do G7 deveriam acelerar a criação de um marco comum para regular as moedas digitais, de modo a evitar que a guerra favoreça o uso de criptomoedas como uma brecha contra as sanções, disse uma autoridade do Banco do Japão à Reuters. Segundo o Wall Street Journal, países europeus buscam evitar justamente isso e avaliam novas medidas para aumentar a pressão sobre a economia da Rússia, incluindo mais bancos e outros familiares de oligarcas. 

FCA amplia prazo: A Autoridade de Conduta Financeira (FCA) do Reino Unido estendeu o prazo para sua aprovação de operações no setor de criptomoedas para algumas empresas. Com isso, 12 companhias ganharam mais tempo para se enquadrar nas regras, entre elas a Revolut, da área de crédito, e a Copper Technologies, que atua em custódia de criptomoedas, conforme a CNBC. 

Publicidade

No Brasil, o Congresso irá votar e aprovar ainda este ano uma legislação para as criptomoedas. Quem assegura é a senadora Soraya Thronicke (PSL/MS), que fez a análise na quarta-feira (30) durante o painel de abertura do Portal do Bitcoin Summit, evento que promoveu uma série de debates sobre a criptoeconomia no país. 

Contas de água: Chandler, uma cidade na região de Phoenix, no Arizona, vai permitir que residentes paguem as contas de água em Bitcoin, Ethereum e Litecoin a partir de suas carteiras no PayPal, em mais um exemplo da adoção de criptomoedas por governos municipais. O processador de pagamentos de serviços públicos da cidade, Invoice Cloud, irá trocar as criptomoedas por moeda fiduciária, segundo comunicado à imprensa publicado pelo CoinDesk

Metaverso, Games e NFTs 

Suspeita de crime: Reportagem da Forbes nesta quinta-feira (31) revela que Alexandre Arnault, filho de Bernard Arnault, do império de luxo LVMH, teve lucro de 377% na negociação de tokens não fungíveis, o que levanta suspeita de irregularidades na compra e venda de NFTs. 

Metaverso da Shiba Inu: Desenvolvedores da criptomoeda meme revelaram detalhes do ambicioso projeto “SHIB: The Metaverse”. Segundo anúncio na quarta-feira (30) o metaverso da Shiba Inu terá 100.595 terrenos, com parte dos lotes ainda privados, e todos os projetos atuais e futuros serão realizados no site oficial SHIB.io. 

NFTs na telinha: A Samsung anunciou na quarta-feira a Nifty Gateway, plataforma de vendas de tokens não fungíveis, como parceira no desenvolvimento de Smart TVs que permitem aos proprietários a compra de NFTs diretamente do sofá, noticiou o Estadão

Esportes 

Caioba Soccer Camp: O evento, realizado entre 1 e 3 de abril em São Paulo, tem como objetivo promover a integração familiar tendo o futebol como pilar principal e o estímulo de ídolos da modalidade a crianças de 5 a 14 anos.  Todas as camisetas terão estampa do Mercado Bitcoin, que também patrocinará tenda especial para massagem, área de descanso com carregador de celular e conversas sobre criptoativos, além de sorteios e brindes, segundo o portal Máquina do Esporte.

VOCÊ PODE GOSTAR
Homem preso com as mãos algemadas nas costas

Polícia do Rio prende suspeitos de integrar quadrilha especializada em golpes com criptomoedas

Operação ‘Investimento de Araque’ foi deflagrada nos estados do Rio, Amazonas e Pará; suspeitos movimentaram mais de R$ 15 milhões em dois anos
Make america great again meme Donald Trump by Decrypt

Carteira cripto de Donald Trump chega a US$ 30 milhões com fãs lhe doando memecoins

O ex-presidente acumulou US$ 30 milhões em criptomoedas depois que a equipe da memecoin Trump Frog (TROG) lhe enviou metade do suprimento
Bitcoin e grafico de mercado

Taxas do Bitcoin estão disparando novamente – e não é por causa de Runes ou Ordinals

Uma grande exchange está tentando organizar sua carteira Bitcoin e está queimando muito dinheiro no processo
Fusão da imagem de uma moeda de bitcoin com a bandeira do Paraguai

Senado do Paraguai aprova lei que pune com até 10 anos de prisão mineradores de criptomoedas que roubam eletricidade 

Para o relator Ever VIllalba, o PL não criminaliza a mineração de criptomoedas, mas as leis devem ser adaptadas ao setor; PL seguirá para a Câmara dos Deputados