Imagem da matéria: Manhã Cripto: Binance e estrela da NBA são alvo de processo de US$ 1 bilhão em meio a rumor de prisão de CZ; DOGE decola  e BTG lança stablecoin própria
Foto: Shutterstock

As principais criptomoedas operam estáveis nesta terça-feira (4), em contraste com o avanço de 25% da Dogecoin após a troca de logo do Twitter, que agora mostra o cachorro que inspirou o “token de estimação” do bilionário Elon Musk, dono da rede social. 

Nos mercados acionários, as bolsas europeias abriram em alta depois do choque com o corte da produção de petróleo anunciado pela Opep+, enquanto os índices futuros dos EUA recuam em meio às preocupações com o impacto da medida sobre a inflação. 

Publicidade

O Bitcoin (BTC) tem leve queda de 0,5% nas últimas 24 horas, cotado a US$ 28.039,77, segundo dados do Coingecko.  

Em reais, o BTC está estacionado em R$ 142.985,80, de acordo com o Índice do Portal do Bitcoin (IPB).   

O Ethereum (ETH) também mostra pouca variação nas últimas 24 horas, negociado a US$ 1.813,21.  

Outras altcoins operam entre perdas e ganhos nesta terça, entre elas BNB (-0,9%), XRP (-4%), Cardano (-2%), Polygon (+0,1%), Solana (+0,2%), Polkadot (+1,4%), Shiba Inu (+4,8%) e Avalanche (-0,7%). 

Dogecoin no Twitter 

troca do famoso pássaro azul do Twitter pelo cão da raça shiba inu, que é o símbolo do criptomoeda-meme Dogecoin, levou a liquidações de US$ 26 milhões em contratos futuros ligados ao token nas últimas 24 horas, mostram dados da Coinglass. 

Tanto posições compradas (que apostam na alta dos preços) quando vendidas (que lucram na queda) foram quase igualmente impactadas, de acordo com o CoinDesk.  

Publicidade

Enquanto a medida do Twitter animava investidores da Dogecoin, que chegou a subir 30%, usuários esperavam uma definição sobre as regras do sistema de verificação da rede social.

Segundo o New York Times, a plataforma havia prometido remover o selo azul de políticos, celebridades e outros famosos neste fim de semana, mas nada aconteceu, embora algumas contas, como a do próprio jornal, já tenham perdido o símbolo. 

A inação em torno dos selos de verificação mostra que “o Twitter tem uma crise real de credibilidade”, disse ao NYT Graham Brookie, diretor do Laboratório de Pesquisa Forense Digital do Atlantic Council, que estuda a desinformação online. 

Bitcoin hoje 

Em meio a um novo processo de US$ 1 bilhão de investidores contra a Binance nos EUA e rumores de um alerta da Interpol para a prisão do CEO da corretora, Changpeng “CZ” Zhao, que foram desmentidos, o Bitcoin segue na casa dos US$ 28 mil. 

Publicidade

Análise do CoinDesk destaca que a maior criptomoeda segue nesse nível desde meados de março, apesar da crise bancária e ofensiva regulatória nos EUA. 

O trader cripto Glen Goodman disse ao programa “First Mover” do CoinDesk que a “injeção de dinheiro novo na economia”, evidenciada no apoio de um Federal Reserve “em pânico” para enfrentar a crise bancária, aumentou a liquidez de investidores para aplicar em certas ações e criptos.  

Traders de opções também estão otimistas em relação ao preço do Bitcoin. Os contratos em aberto para opções e futuros de BTC atingiram nível recorde de 433.540 em 23 de março na Deribit, uma exchange de derivativos com foco em cripto, aponta a Reuters

As opções de compra somam 206.979 contratos em aberto na Deribit, mais que o dobro das opções de venda, em 93.857. 

Já o número de investidores com mais de um Bitcoin chega perto de 1 milhão, mostram dados da plataforma de análises on-chain LookIntoBitcoin. Na segunda-feira (3), o gráfico online indicava 992.243 endereços de BTCs nesse grupo. 

Publicidade

Stablecoin do BTG 

O BTG Pactual avançou no mercado cripto com o lançamento de sua própria stablecoin atrelada ao dólar. 

Chamado de BTG DOL, o token começa a ser ofertado pelo BTG nesta terça-feira (4), segundo o Estadão, e é o primeiro ativo digital criado pelo banco desde o lançamento, em agosto, da Mynt, plataforma de negociação de criptomoedas. 

No mercado internacional, ex-executivos da exchange de ativos digitais Gemini lançaram um token garantido por títulos do Tesouro dos EUA que oferece cerca de 5% de rendimento, em resposta à distância dos retornos entre as finanças tradicionais e empréstimos cripto descentralizados, conforme a Bloomberg. 

A OpenEden, uma plataforma financeira descentralizada, está oferecendo o token, chamado de TBILL, garantido por stablecoins que, por sua vez, serão investidas em Treasuries de curto prazo, de acordo com comunicado da empresa. 

A oferta ressalta como investidores cripto agora buscam retornos mais altos nas finanças tradicionais, de acordo com Jeremy Ng, que fundou a OpenEden com o ex-executivo da Gemini, Eugene Ng. 

Novo processo contra Binance nos EUA 

Advogados lançaram um processo civil contra a Binance, seu CEO e várias celebridades e influenciadores – incluindo o astro do basquete Jimmy Butler – buscando uma indenização de US$ 1 bilhão. 

Aberto na sexta-feira (31) pelos escritórios de advocacia The Moskowitz Law Firm e Boies Schiller Flexner, o processo afirma que o diretor-presidente da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, e sua exchange cripto promoveram tokens não registrados e pagaram celebridades para ajudar na estratégia. 

Publicidade

A ação coletiva chega dias depois de um processo aberto pela agência CFTC contra a Binance, alegando que a empresa violou as regras de negociação e derivativos. 

“A Binance firmou uma parceria com os réus para promover a Binance e solicitar novos clientes, inclusive por meio de anúncios tradicionais na televisão e nas redes sociais, com contratos com ‘embaixadores da marca’ reconhecidos nacionalmente, como Jimmy Butler, do Miami Heat”, diz comunicado de Moskowitz compartilhado com o Decrypt. 

Se não bastasse a nova dor de cabeça, um boato, que foi reforçado no Twitter por um investidor cripto famoso conhecido como ‘Cobie’, dizia que CZ foi alvo de um alerta vermelho da Interpol para sua prisão. Até os rumores serem desmentidos, investidores sacaram mais de R$ 1 bilhão da corretora e derrubaram o preço do token BNB e do Bitcoin. 

Volume da Uniswap 

Com a volta da cobrança de taxas e o processo da CFTC, a participação de mercado da Binance caiu para o menor nível desde novembro, para 54% em relação a 70% há duas semanas, mostram dados da plataforma de pesquisas Kaiko

Outras empresas do setor sentem o peso da pressão regulatória nos EUA: o volume de negociação à vista da corretora descentralizada Uniswap em março ultrapassou o da Coinbase, que é a maior exchange cripto americana.  

O volume no mercado à vista da Uniswap atingiu US$ 71,6 bilhões em março, 45% a mais do que as negociações da Coinbase, de acordo com dados da The Block Research 

No Canadá, as corretoras WonderFi, Coinsquare e CoinSmart anunciaram um plano de fusão entre as três exchanges que pode resultar em uma nova gigante das criptomoedas. O acordo será feito por meio de transferências de ações da WonderFi para os dois futuros parceiros. 

Outros destaques das criptomoedas  

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) deve votar em breve um processo administrativo sancionador aberto contra o criador da GAS Consultoria, Glaidson Acácio dos Santos, conhecido como o “Faraó do Bitcoin”.

Atualmente preso no Paraná, Glaidson é acusado de formar uma pirâmide financeira de mais de R$ 9 bilhões,além de enfrentar outras acusações como de ser mandante de assassinatos – processos pelos quais responde na justiça criminal.

A exchange Huobi e a plataforma de jogos web3 Gala Games vão distribuir até US$ 50 milhões em criptomoedas e licenças de software para detentores de tokens GALA que perderam dinheiro em um esquema envolvendo a moeda digital no fim do ano passado, de acordo com comunicado. As empresas começarão a compensar as vítimas na semana que vem. 

Enquanto isso, a Euler Finance informou que “todos os fundos recuperáveis”, cerca de US$ 177 milhões,foram retornados pelo hacker que roubou US$ 200 milhões em criptos da plataforma descentralizada de empréstimos, conforme o The Block. 

A Euler ofereceu ao invasor uma recompensa de 10%, no valor de US$ 19,7 milhões, com um alerta para uma recompensa de US$ 1 milhão por informações sobre o hacker se os 90% restantes dos fundos não fossem devolvidos. Em outro ataque contra robôs de investimento que operam na blockchain Ethereum, um hacker fingiu ser validador e levou US$ 25 milhões. 

O Palmeiras agendou o lançamento de seu fan token para 26 de abril. A moeda digital $VERDAO poderá ser comprada na plataforma da Socios.com, empresa especializada em recompensas e engajamento de torcedores, segundo informações do UOL. A parceria do Palmeiras com a Socios foi firmada em dezembro de 2021. O fan token oficial do Verdão será comercializado com preço fixo de US$ 1 a unidade, ou cerca de R$ 5. 

E a FIFA lançou a versão beta aberta da World Cup AI League, um game de estratégia de futebol “4v4” (dois times com quatro jogadores) que utiliza inteligência artificial para seus personagens. A empresa de web3 e IA Altered State Machine desenvolveu o jogo para celulares, que está atualmente disponível no Android com um lançamento para iOS planejado “em breve”, de acordo com comunicado divulgado pelo Decrypt. O beta aberto do game é uma iteração expandida do jogo de previsões para a Copa do Mundo lançado em novembro. 

Inteligência artificial e robótica, aliás, agora são os temas preferidos de traders de fundos de índice ou ETFs. A maioria dos investidores profissionais (56%) planeja incluir estratégias de ETFs com foco em IA e robótica em seus portfólios este ano, de acordo com uma pesquisa da Brown Brothers Harriman publicada na segunda-feira (3) pela Bloomberg.  

Ainda assim, mesmo com o clima adverso no mercado cripto, 48% dos consultados disseram que pretendem apostar no setor em 2023, segundo levantamento com 325 traders de ETFs, que incluem investidores institucionais, consultores financeiros e gestores de fundos no mundo todo. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

“Alcançamos nosso objetivo e agora, de acordo com o planejado, é hora de nos aposentarmos”, disseram os desenvolvedores do drenador de carteiras cripto
Imagem da matéria: Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Apesar de chamara cada vez mais atenção, muitas pessoas ainda não sabem o que é a tokenização de ativos e como ela funciona
Nathalia Arcuri falando em evento

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria de conteúdo via blockchain

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria via blockchain e promovem educação financeira de criptoeconomia gratuita
Vitalik Buterin criador do Ethereum

A proposta de taxas de gás de Vitalik Buterin tornará o Ethereum mais parecido com a Solana?

Vitalik propõe “taxas de gás multidimensionais” e afirma que é uma busca para um sistema mais personalizado e equitativo