Imagem da matéria: MANA, SAND, AXS e ENJ: criptomoedas do metaverso derretem junto com o mercado
Foto: Shutterstock

As criptomoedas do metaverso não saíram imunes da forte correção que atingiu o mercado cripto nesta quinta-feira (6) e acumulam quedas de mais de 10%.

Diferente de alguns meses atrás quando os tokens AXS, MANA, SAND, ENJ se desgrudaram do restante do mercado e valorizaram com o hype no metaverso, hoje são afetadas com a queda de 9% do Bitcoin e 12% do Ethereum, rede que oferece base para a maioria desses tokens.

Publicidade

Axie Infinity (AXS)

O token do popular jogo play-to-earn Axie Infinity (AXS) é o que registra o pior desempenho da categoria ao cair pouco mais 18% nas últimas 24 horas, segundo o CoinMarketCap.

Na noite passada, o AXS despencou de US$ 96 para os atuais US$ 76,37, sua pior cotação desde setembro de 2021. Porém, não surpreende que o token esteja entre os mais desvalorizados no dia.

A intensa queda no dia de hoje piora o desempenho do token em outros períodos de análise: na semana, o AXS acumula queda de 20% que sobe para 29% nos últimos 30 dias.

Embora líder dos jogos blockchain, o Axie Infinity enfrenta uma queda generalizada no seu ecossistema desde o final do ano passado, seja no número de jogadores, volume de negociações e NFTs vendidos.

Publicidade

The Sandbox (SAND)

A queda de 13% no preço da criptomoeda SAND do metaverso The Sandbox é um pouco menor que do AXS, mas mesmo assim significativa.

O gráfico do SAND entrou no vermelho na tarde passada na mesma hora que a maioria dos ativos, caindo de US$ 5,50 para uma mínima de US$ 4,73. Na manhã desta quinta-feira, o ativo teve uma leve melhora, valendo agora US$ 4,81.

Com o preço atual, a criptomoeda abre uma distância de 20% do seu recorde de preço de US 8,44, alcançado em novembro.

Naquele mês, SAND foi um dos tokens que mais se beneficiou da febre de vendas de terrenos virtuais levando o preço do seu token às alturas.

Publicidade

Decentraland (MANA)

Assim como o The Sandbox, Decentraland é outro jogo do metaverso baseado em terrenos virtuais que atingiu seu ápice em novembro mas que, nesta quinta-feira, sofre uma correção de 10,7%.

O token MANA está sendo negociado por volta de US$ 2,87 — um preço melhor do que a mínima de US$ 2,75 que atingiu na noite passada, após despencar de US$ 3,22 mais cedo naquele dia.

A queda de hoje soma ao prejuízo que o token já vinha acumulando nos últimos dias e sobe para 29,4% a desvalorização da MANA no mês.

Enjin Coin (ENJ)

A Enjin Coin (ENJ) é outra criptomoeda do metaverso que opera no negativo nesta quinta-feira. Em queda de 13,4%, a ENJ está sendo negociada em torno de US$ 2,35, seu preço mais baixo desde dezembro.

O token por trás da aplicação que permite desenvolvedores criar jogos e gerir ativos virtuais na blockchain do Ethereum, bateu um topo histórico US$ 4,85 durante a agitação do metaverso em novembro, mas agora é negociado com uma cotação 42% inferior.

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Vitalik Buterin na ETH Taipei 2024. Foto: Rug Radio

Como o fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, mantém suas criptomoedas seguras

“Descentralize sua própria segurança”, diz Buterin – mas ele não usa uma cold wallet para suas próprias criptomoedas
o que é mineração de bitcoin

Dificuldade de mineração de Bitcoin está despencando, mas por quê?

A redução no preço do Bitcoin, combinada com a diminuição das recompensas de mineração, resulta em menos mineradores e em uma rede menos robusta — pelo menos por enquanto
Imagem da matéria: Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Apesar de chamara cada vez mais atenção, muitas pessoas ainda não sabem o que é a tokenização de ativos e como ela funciona
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

A animação dos investidores fez aumentar em 219% o volume de negociação do Ethereum nas últimas 24 horas