Imagem da matéria: Maior plataforma P2P de Monero fecha após 7 anos de operação
Shutterstock

A exchange peer-to-peer (P2P) baseada em Monero (XMR), LocalMonero, vai fechar as portas, conforme anunciou a plataforma em uma publicação em seu blog na segunda-feira (6).

Citando “uma combinação de fatores internos e externos”, a LocalMonero afirmou que iria encerrar sua exchange após quase sete anos de operação.

Publicidade

O projeto está desativando imediatamente todas as novas inscrições e postagens de anúncios. A partir de 14 de maio, novas negociações serão desativadas e o próprio site está programado para ser retirado do ar em 7 de novembro de 2024.

A equipe LocalMonero pediu aos usuários que retirem seus fundos de suas carteiras de arbitragem antes de 7 de novembro de 2024, “caso contrário, os fundos podem ser considerados abandonados/perdidos”. O suporte estará disponível para usuários até a data de encerramento em 7 de novembro.

O que é LocalMonero?

LocalMonero é uma exchange P2P na qual os usuários podem comprar e vender a moeda de privacidade Monero. A plataforma não realiza verificações de ‘conheça seu cliente’ (KYC). Isso é um recurso, não um descuido.

A exchange se apresentava como porta para que os usuários comprassem Monero “anonimamente, sem verificação de identidade”.

Criptomoedas como Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) possuem um livro público de transações, com endereços de carteira pseudo-anônimos. Depois que as verificações KYC são realizadas nessas carteiras em corretoras, por exemplo, a identidade de um indivíduo pode ser vinculada a um registro completo do histórico de transações.

Publicidade

Moedas de privacidade como o Monero usam uma série de técnicas criptográficas para proteger informações de identificação, permitindo que os usuários façam transações anonimamente.

Monero está sob escrutínio de legisladores e reguladores; em 2020, o IRS (Receita Federal dos EUA) ofereceu uma recompensa para qualquer um que conseguisse quebrar os recursos de privacidade do Monero, enquanto exchanges de criptomoedas como a Binance deixaram de permitir a negociação do ativo.

Ainda neste mês, o governo do Reino Unido destacou as moedas de privacidade como “não propícias ao bem público”.

Privacidade em risco?

O fechamento da LocalMonero ocorre em um momento em que os projetos de criptomoedas de privacidade estão sob crescente pressão das autoridades.

No mês passado, os fundadores do mixer de Bitcoin Samourai Wallet foram presos e acusados ​​de conspiração para cometer lavagem de dinheiro, após a prisão no ano passado do desenvolvedor do Tornado Cash, Roman Storm, por acusações semelhantes.

Publicidade

Em ambos os casos, os procuradores dos EUA adotaram uma interpretação mais ampla das leis de transmissão de dinheiro, abrangendo desenvolvedores que não têm controle direto sobre os ativos dos usuários — gerando temores de uma repressão à privacidade das criptomoedas.

Após as prisões, vários projetos de criptomoedas de privacidade foram encerrados ou cortaram o acesso aos cidadãos dos EUA.

Em um comunicado que acompanha o anúncio do fechamento da LocalMonero, a equipe por trás da plataforma argumentou que o ecossistema Monero está em péssima saúde.

Eles apontaram, no entanto, para o lançamento iminente de DEXs (exchanges descentralizadas) de Monero, incluindo Haveno e Serai, bem como o desenvolvimento de novos recursos de privacidade, como Full-Chain Membership Proofs (FCMP), afirmando que “estamos confiantes de que o futuro do Monero é brilhante, com ou sem nossa plataforma.”

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Antônio Ais posa para foto ao lado de carro

Criador da Braiscompany, Antônio Neto Ais é solto na Argentina

O benefício de prisão domiciliar valerá até que o processo de extradição para Brasil seja resolvido
Imagem da matéria: El Salvador lança site de Bitcoin e revela quantas criptomoedas possui hoje; confira

El Salvador lança site de Bitcoin e revela quantas criptomoedas possui hoje; confira

Segundo os dados do mempool, El Salvador comprou 30 bitcoins no último mês
Números e letrs douradas sob um placa formam símolo do Real brasileiro

5 vantagens da tokenização de ativos do mundo real (RWA) | Opinião

Para o autor, a custódia de RWA tokenzados é um elemento crucial para a democratização do acesso aos investimentos
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Executivo da Binance preso na Nigéria vai parar no hospital após desmaiar em julgamento

O executivo da Binance Tigran Gambaryan passou mal durante seu julgamento na Nigéria e precisou ser hospitalizado