Pessoa segura bateia com vários pedaços de ouro
Foto: Shutterstock

O juiz Pablo Zuniga Dourado, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), determinou na sexta-feira (29) a soltura do garimpeiro Márcio Macedo Sobrinho, suspeito de integrar um grupo que fazia comércio ilegal de ouro extraído de terras indígenas e posteriormente lavava o dinheiro através de empresas em nome de “laranjas” e aplicações no mercado de criptomoedas.

O​ dinheiro obtido com a venda do ouro era lavado em uma rede de padarias, investimento em criptomoedas, imóveis e veículos, diz a reportagem da Folha de S. Paulo publicada no domingo (31). As investigações, segundo o jornal, mostram que o valor estimado das movimentações é de cerca de R$ 16 bilhões entre 2019 e 2021, oriundos da exploração do do ouro na região de Itaituba, no Pará.

Publicidade

De acordo com Dourado, a suspensão das atividades da mineradora determinada pela Justiça foi levada em conta em sua decisão, pois é uma circunstância que reforçaria a tese da impossibilidade do acusado voltar a praticar o crime. Portanto, ressalta a Folha, “desautoriza a manutenção da segregação cautelar”.

A soltura de Macedo, contudo, está condicionada à comprovação de residência e assinatura de um termo de compromisso que o obriga a comparecer a atos processuais quando intimado, explica a reportagem.

Operação Ganância

O acusado foi preso no início de julho pela Polícia Federal na “Operação Ganância”, que foi em busca de cumprir cinco mandados de prisão preventiva e 60 mandados de busca e apreensão, nos estados de Rondônia, Pará, Acre, Goiás, Mato Grosso e Rio de Janeiro. 

Segundo a Folha, o grupo fazia parecer que o ouro extraído ilegalmente era de área autorizada, pagando inclusive impostos sobre a atividade.

Publicidade

Informações preliminares mostraram que foi feito o bloqueio judicial de ativos financeiros em nome dos investigados, no limite total de R$ 2 bilhões, bem como a suspensão das atividades comerciais de algumas das empresas investigadas — Macedo é sócio da M.M.Gold, empresa que usou o nome “Gana Gold”, explica a Folha.

Quer investir em ativos digitais, mas não sabe por onde começar? O Mercado Bitcoin oferece a melhor e mais segura experiência de negociação para quem está dando os primeiros passos na economia digital. Conheça o MB!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Epik Duck: Conheça o projeto que foi de piada a memecoin de US$ 25 milhões

Epik Duck: Conheça o projeto que foi de piada a memecoin de US$ 25 milhões

Memecoins como a EPIK estão se tornando cada vez mais populares no universo das criptomoedas. Isso é bom ou ruim?
Imagem da matéria: Ethereum tem melhor sequência de alta em 3 anos e pode saltar 60% se ETF for aprovado, dizem analistas

Ethereum tem melhor sequência de alta em 3 anos e pode saltar 60% se ETF for aprovado, dizem analistas

Se a SEC aprovar os pedidos de ETF de Ethereum nesta quinta-feira, enviará um sinal positivo que pode levar o ativo a disparar, assim como ocorreu com o Bitcoin em janeiro
Imagem da matéria: Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

“Os números do CPI dos EUA desencadearam uma ruptura na faixa de ativos de risco”, disse a empresa de Cingapura QCP Capital sobre a alta do Bitcoin
ilustração do famoso sapo pepe

PEPE salta 19% e bate recorde após boato de listagem na Coinbase e hype da GameStop

As últimas 24 horas foram uma tempestade perfeita para Pepe: Roaring Kitty voltou causando um boom das memecoins, ao mesmo tempo que se espalhou rumores de listagem na Coinbase