Imagem da matéria: Greenpeace lança campanha contra mineração de Bitcoin
Foto: Shutterstock

O Greenpeace começou uma forte campanha com um objetivo bem específico: que a blockchain do Bitcoin mude seu sistema de validação de blocos do atual proof of work (ou PoW, na sigla em inglês) para o proof of stake (ou PoS).

A entidade lançou um manifesto e cita pesquisa da Nature Climate Change que mostra que, se a rede for amplamente adotada, isso poderia produzir uma quantidade de dióxido de carbono que poderia elevar a temperatura do planeta em dois graus Celsius.

Publicidade

A iniciativa foi feita em parceria com o Environmental Working Group, outra organização de ações em prol do meio-ambiente.

Segundo a entidade, a mudança faria que com a rede do Bitcoin consumisse 99,9% menos energia do que ocorre atualmente. No atual “proof of work”, o sistema se baseia no uso intensivo de capacidade computacional dos membros da rede para solução dos problemas de criptografia que acabam por adicionar os blocos com novas transações e fazem a roda do BTC girar.

O Greenpeace preparou materiais com recados para Jack Dorsey, fundador do Twitter, Elon Musk, CEO da Tesla, e para a Fidelity (Foto: Reprodução/Greenpeace)

No “proof of stake”, os membros da rede colocam uma parte dos suas moedas como garantia para a validação. Feito o processo, ganham recompensa ou perdem parte da renda, conforme o destino do bloco que tentaram minerar.

De acordo com o Greenpeace, o Bitcoin está “ressuscitando a indústria dos combustíveis fósseis”, com as diversas operações de mineração que estão surgindo principalmente no Texas e que usam carvão e gás.

Para passar seu ponto, a instituição lançou um manifesto, mas não com a faca nos dentes: o Greenpeace fez um aceno para a comunidade Bitcoin de que ambos podem ser amigos.

Publicidade

“Sabemos que a comunidade de criptomoedas é extremamente motivada por um senso de progresso, justiça e boas intenções. Muitos defensores falam abertamente sobre como lidar com as mudanças climáticas. O sonho de tantos inovadores de criptomoedas está ao alcance — mas apenas se a indústria levar a sério as criptomoedas que funcionam com baixa energia”, diz o Greenpeace.

Proof of stake no Ethereum

O próximo grande passo da blockchain da Ethereum é justamente passar a utilizar o sisteme de “proof of stake” para o acréscimo de blocos na rede. Já existem mais de US$ 25 bilhões apostados na tão aguardada atualização do Ethereum.

Esses depósitos, parcelados em lotes de 32 ETH por vez, agora são validadores no Beacon Chain do Ethereum, a primeira etapa da transição a uma atualização chamada “Consensus Layer” (ou “Camada de Consenso”), anteriormente conhecida como Ethereum 2.0.

A mudança mais notável após a atualização será a migração do Ethereum de um algoritmo de consenso proof of work, assim como o do Bitcoin, para um mecanismo proof of stake.

Publicidade

Em vez de depender de muito processo computacional e extremas cargas de energia para processar transações, o design do PoS troca mineradores por validadores. Esses validadores e seus ethers em “staking” criam um incentivo econômico para processar apenas transações legítimas.

Europa não acolhe banimento do proof of work

Recentemente, Erik Thedéen, vice-presidente da Autoridade Europeia de Valores Mobiliários e Mercados (ou ESMA, na sigla em inglês), pediu por uma proibição à mineração de criptomoedas proof of work.

Porém, o texto — incluso no Projeto de Lei “Diretiva de Mercados de Criptoativos” — foi rejeitado pelos parlamentares europeus em votação no último dia 14 na Comissão dos Assuntos Econômicos e Monetários do Parlamento Europeu (ECON). 

Portal do Bitcoin Summit

O primeiro evento do Portal do Bitcoin será gratuito e online! Jogos NFT, movimentações em Brasília, como receber investimentos na sua startup de criptomoedas e muito mais. Inscreva-se aqui: https://portaldobitcoin.uol.com.br/summit/

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Brasileiros importam R$ 8,9 bilhões em criptomoedas em abril apesar da queda do Bitcoin

Brasileiros importam R$ 8,9 bilhões em criptomoedas em abril apesar da queda do Bitcoin

Volume importado de criptomoedas mais que dobrou em abril em comparação com o mesmo período de 2023
Imagem da matéria: Vitalik Buterin critica prisão de dev do Tornado Cash: "Realmente lamentável"

Vitalik Buterin critica prisão de dev do Tornado Cash: “Realmente lamentável”

O fundador do Ethereum nem se importou em comentar sobre os ETFs, mas refletiu sobre a recente condenação de um desenvolvedor do Tornado Cash
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum surpreende e cai 3,6% após aprovação dos ETFs

Manhã Cripto: Ethereum surpreende e cai 3,6% após aprovação dos ETFs

Embora esteja em queda nesta sexta, o Ethereum ainda registra ganhos de mais de 21% na semana
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

A animação dos investidores fez aumentar em 219% o volume de negociação do Ethereum nas últimas 24 horas