Imagem da matéria: Governo vai dar R$ 138 mil em prêmios em hackathon de blockchain; veja como participar
(Foto: Shutterstock)

O governo federal anunciou nesta terça-feira (24) a abertura das inscrições para o “Hackathon Web3: Tokenização do Tesouro Nacional”. Trata-se de uma iniciativa sobre educação e construção de soluções blockchain na Web3 para os desafios e oportunidades relacionados ao Tesouro Nacional. O evento é gratuito e aberto a todos e terá a distribuição de R$ 138 mil em prêmios. 

As inscrições podem ser feitas pelo site oficial do evento até 16 de novembro. Durante o período de inscrições, serão realizados workshops de conteúdo e de programação. O objetivo é fomentar a educação sobre o tema da Web3, e estimular a co-criação de soluções para desafios da administração pública federal.

Publicidade

A abertura do hackathon irá ocorrer no dia 17 de novembro e as atividades culminarão com a apresentação das soluções premiadas no dia 11 de dezembro. As equipes devem ter no mínimo duas pessoas e no máximo dez participantes (mas as inscrições são individuais). 

O “Hackathon Web3: Tokenização do Tesouro Nacional” é aberto ao público e destinado a qualquer indivíduo que se interessa por contribuir com a resolução de problemas do mundo real através da tecnologia Web3. 

São esperadas as participações de indivíduos com diferentes expertises no desafio – programadores, advogados, engenheiros, experts na indústria financeira, e outros.

Desafios do Hackathon

As equipes podem apresentar soluções para um ou mais dos cinco desafios descritos abaixo. O detalhamento de cada um deles pode ser conferido no edital do evento.

Publicidade

Segmento Varejo

Desenvolvimento de tecnologias para casos de uso utilizando títulos públicos tokenizados para aplicações em: Tesouro Direto e Mercado Secundário. Com a finalidade de incentivar a massificação, adoção e uso dos títulos, por investidores no Brasil e/ou no Exterior, prestigiando fácil acesso e a usabilidade das ferramentas.

Segmento Parceiros Institucionais

Desenvolvimento de tecnologias para casos de uso utilizando títulos públicos tokenizados (e.g. Formação de Garantias) para aplicações em: Ofertas Públicas (i.e. leilão) e Mercado Secundário. Com a finalidade de gerar novas oportunidades e serviços que impactem positivamente as oportunidades para as empresas envolvendo os Títulos do Tesouro.

Segundo desafio do segmento: desenvolvimento de tecnologias para caso de uso de tokenização de transferências especiais (i.e. repasse de recursos para Estados e Municípios) para promover otimização, transparência e rastreabilidade.

Segmento Infraestrutura Tecnológica (Processos Internos e Interoperabilidade)

Desenvolvimento de tecnologias para casos de uso de automação de monitoramento, controle e precificação online de títulos públicos (e.g. oráculos).

Publicidade

Segundo desafio do segmento: Teses, standards e oportunidades relacionados à interoperabilidade com o Sistema de Registro e Controle da STN, entre soluções da web2, web3 e DREX.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Volume de negociação de 'Notcoin' ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Volume de negociação de ‘Notcoin’ ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Jogo Notcoin, baseado no Telegram, lançou mais de 80 bilhões de tokens para cerca de 35 milhões de jogadores em um airdrop
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

Aprovação do ETF de Ethereum pode acontecer antes do esperado, diz Coinbase

Maior exchange de criptomoedas dos EUA, a Coinbase está confiante de que a SEC aprovará ETFs de Ethereum à vista muito em breve, apesar do pessimismo mais amplo
Moedas de ethereum à frente de ilustração de cadeado

A SEC vai finalmente aprovar os ETFs de Ethereum? Entenda

Vence no fim desta semana o prazo para a SEC aprovar ou não alguns pedidos de ETFs de Ethereum e a expectativa agora é mais positiva do que nunca
Imagem da matéria: Projeto de universitários brasileiros ganha R$ 50 mil em hackathon global da Solana

Projeto de universitários brasileiros ganha R$ 50 mil em hackathon global da Solana

Grupo criou aplicação para conectar via blockchain produtores de energia e estações de abastecimento, com a mira no mercado de carros elétricos