Imagem da matéria: Chefe da Binance no Reino Unido pede demissão em meio à pressão regulatória
Foto: Shutterstock

Jonathan Farnell, o então chefe da Binance no Reino Unido e CEO do Bifinity, serviço de pagamentos da exchange descontinuado em agosto, se tornou mais um nome de alto escalão a deixar a companhia.

Sem muito alarde, dados do seu LinkedIn mostram que Farnell deixou a Binance em setembro. “Gostaríamos de agradecer a Jonathan por suas contribuições e desejar-lhe tudo de melhor em seu próximo desafio”, disse a exchange em comunicado.

Publicidade

A saída ocorre em meio a crescente pressão regulatória que a Binance tem sofrido, principalmente nos Estados Unidos onde é investigada por órgãos reguladores, mas também no Reino Unido.

Novas regras no Reino Unido

O regulador britânico Autoridade de Conduta Financeira (FCA) implementou novas regras este mês, exigindo que as empresas de criptomoedas se registrassem na entidade e tivessem suas campanhas de marketing aprovadas por uma empresa autorizada pela FCA. Isso fez com que a Binance parasse de aceitar novos clientes no Reino Unido na semana passada.

Farnell desempenhou um papel central nos esforços da Binance para ser regulamentada no Reino Unido. Ele ingressou na exchange em 2021 vindo da empresa financeira eToro. Em março de 2022, Farnell foi nomeado CEO da Bifinity, ficando também como diretor da Binance Markets Limited.

A Bifinity estava planejando comprar a Eqonex, empresa-mãe de uma entidade registrada na FCA chamada Digivault. Rumores apontavam que o objetivo era que isso ajudasse a Binance a conseguir seu registro, o que não deu certo.

Publicidade

A Binance sofreu uma série de saídas de diretores de alto escalão nos últimos meses, sendo o mais recente o líder global de produtos, Mayur Kamat, no início deste mês. Em julho deixaram a empresa também o diretor de estratégia Patrick Hillmann, o diretor sênior de investigações Matthew Price, e o vice-presidente sênior de conformidade, Steven Christie.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: FTX pode liquidar dívida fiscal de US$ 24 bilhões por US$ 200 milhões

FTX pode liquidar dívida fiscal de US$ 24 bilhões por US$ 200 milhões

Se aprovada pelo juiz, a FTX pagaria à Receita dos EUA US$ 200 milhões agora e US$ 685 milhões posteriormente
Bitcoin e grafico de mercado

Taxas do Bitcoin estão disparando novamente – e não é por causa de Runes ou Ordinals

Uma grande exchange está tentando organizar sua carteira Bitcoin e está queimando muito dinheiro no processo
Rainha Das Criptomoedas, Ruja Ignatova, posa para foto

Há mais evidências de que a “Rainha das Criptomoedas” foi assassinada por chefão das drogas, diz BBC

Podcast da BBC sugere que relatos anteriores sobre o assassinato da búlgara Ruja Ignatova são verdadeiros
Imagem da matéria: ETF de Bitcoin da BlackRock supera 300 mil BTC sob gestão

ETF de Bitcoin da BlackRock supera 300 mil BTC sob gestão

Na semana passada, o ETF de Bitcoin da BlackRock já havia superado o da Grayscale e se tornado o maior do mercado em ativos sob gestão