Imagem da matéria: Governo da Califórnia fecha banco que estava no centro da crise das criptomoedas
Shutterstock

O Departamento de Proteção Financeira da Califórnia anunciou o fechamento do Silicon Valley Bank (SVB), o banco no centro da crise que está fazendo derreter o preço das criptomoedas na tarde desta sexta-feira (10).

A entidade governamental transferiu os depósitos da entidade para um outro banco, como forma de proteger o dinheiro dos correntistas. A partir de agora, o processo de liquidação será conduzido pela Federal Deposit Insurance Corporation (FDIC), uma instituição do governo federal dos EUA, que já avisou que todos os clientes terão acesso ao dinheiro das contas até a próxima segunda-feira (13).

Publicidade

O episódio parece confirmar que a crise do setor cripto – iniciada com o colapso do projeto Terra e aprofundada pela quebra da corretora FTX – desembarcou com força em pelo menos parte do setor bancário.

O contágio nos bancos começou há algumas semanas, quando o Silvergate Bank anunciou que iria atrasar em duas semanas a apresentação de seu relatório anual aos reguladores da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC).

O banco tinha uma posição destacada no setor cripto por ser uma das principais fontes de capital para grandes empresas do segmento, como a Coinbase e a Binance, e foi afetado pela perda de US$ 1 bilhão que estavam depositados na falida exchange de Sam Bankman-Fried. No dia 1º de março, o Silvergate anunciou que estava “encerrando as operações” depois ver sua ações caírem mais de 60% em um dia.

O próximo na linha foi justamente o Silicon Valley Bank (SVB), banco que financiava startups e também era próximo do setor cripto. Nesta sexta-feira (10), as negociações de ações do SVB foram interrompidas nas bolsas de valores dos EUA, após informações que a empresa buscava ser adquirida depois de fracassar em tentar um novo aporte de capital. Logo na sequência, veio o fechamento decretado pela Califórnia.

Publicidade

Temores de mais contágio bancário

Resta agora saber até que ponto os problema do Silvergate e do Silicon Valley Bank podem se espalhar para mais instituições bancárias.

O índice SPDR S&P Bank ETF (KBE) – que tem entre seus membros o Citigroup (C) e o Bank of New York – está em queda de 3% no momento e 15% na semana. JPMorgan, Bank of America, Citigroup e Wells Fargo, os quatro maiores bancos por posse de ativos, perderam o equivalente a US$ 52,4 bilhões só na quinta-feira (9).

O gerente de fundos de hedge americano Bill Ackman foi ao Twitter dizer que a falência do SVB poderia “destruir um importante motor de longo prazo da economia” devido ao fato de que muitas empresas dependem do banco para armazenar dinheiro e obter empréstimos.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Chainlink (LINK) valoriza em meio à atualização de pagamentos rápidos e corrida de ETFs de Ethereum

Chainlink (LINK) valoriza em meio à atualização de pagamentos rápidos e corrida de ETFs de Ethereum

A Chainlink é a criptomoeda do top 30 que apresenta o melhor desempenho hoje
Sheik das criptomoedas Francisley Valdevino

Sheik das Criptomoedas usou “Banco do Crime” para lavar R$ 600 mil da pirâmide Rental Coins

Autoridades apontam a Cash Back como um dos maiores esquemas de lavagem de dinheiro em São Paulo
ilustração mostra logo da pepecoin PEPE subindo ao céu

PEPE e BONK valorizam mais de 30% nas últimas 24 horas

Memecoin PEPE bateu sua máxima histórica nesta terça-feira (21), em momento de forte aquecimento do mercado cripto
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

Aprovação do ETF de Ethereum pode acontecer antes do esperado, diz Coinbase

Maior exchange de criptomoedas dos EUA, a Coinbase está confiante de que a SEC aprovará ETFs de Ethereum à vista muito em breve, apesar do pessimismo mais amplo