Imagem da matéria: Gilmar Mendes mantém ordem de prisão a esposa de golpista que leva vida de luxo em Dubai
Kelliane Santana e Danilo Vunjão Santana Gouveia curem a vida em Dubai (Foto: Arquivo pessoal)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes negou prosseguimento do pedido de Habeas Corpus (HC) para suspender a ordem de prisão cautelar de Kelliane Alves Gouveia Santana. Ela é a esposa de Danilo Santana, fundador da D9 Club, empresa suspeita de pirâmide financeira. A decisão foi publicada nesta segunda-feira (24) no Diário de Justiça.

Santana, que mudou de sobrenome para Dubaiano, e a esposa serão presos se pisarem em solo brasileiro. O casal tem levado uma vida de luxo em Dubai. Dubaiano não esconde a sua vida de luxo nos Emirados Árabes. A questão é que com o HC negado, o casal passa a ser tratado com foragido da Justiça por suspeita em organização criminosa, lavagem de dinheiro, pirâmide financeira e estelionato. 

Publicidade

O recurso foi apresentado ao STF por Kelliane Santana, após o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Nefi Cordeiro negar o HC. Cordeiro mencionou que a prisão cautelar se fazia necessária uma vez que ela estava fora do país e integrava a organização criminosa.

Ao chegar no Supremo Tribunal Federal (STF), o caso parou nas mãos do ministro Mendes. Ele, então, negou o prosseguimento do recurso. O motivo era que a decisão do STJ para manter a ordem de prisão à ao casal não havia sido analisada pelo colegiado do STJ.

Decisão de Gilmar Mendes

O ministro sustentou que caso decidisse diferente estaria atuando em supressão de instância e argumentou que a única exceção à regra é quando há manifesta e grave ilegalidade:

“Tais entendimentos podem ser flexibilizados, inclusive por meio da concessão da ordem de ofício, o que não é o caso dos autos”.

Publicidade

O ministro do STF apontou que, em trechos da decisão que ordenou a prisão cautelar dos réus, foram encontrados fortes indícios de habitualidade delitiva do casal e que ambos não possuem localização certa. Eles aparentemente encontram-se em Dubai, segundo a decisão citada por Gilmar Mendes.

Esses elementos foram os que levaram a Justiça “à conclusão de que neste momento a custódia provisória é a medida mais adequada, com o fim de assegurar futura aplicação da lei penal e até mesmo impedir nova reiteração dos mesmos atos supostamente praticados”.

A prisão preventiva havia sido ordenada pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), após o Ministério Público da Bahia apontar esses indícios, os quais fizeram a Justiça baiana mudar o entendimento. 

Foragidos em Dubai

Apesar de formalmente o juiz indicar paradeiro desconhecido do casal, o paradeiro do casal já é conhecido — Dubai, Emirados Árabes, inclusive mostrado em rede nacional pela TV Globo no fim do ano passado. Danilo também nunca escondeu isso. Lá ele segue uma vida de luxo e tenta ficar famoso como cantor; aqui é acusado de estelionato e lavagem de dinheiro.

Publicidade

O esquema montado por ele teve a participação de Danter Silva, da Unick Forex, uma pirâmide financeira disfarçada de plataforma de cursos.

Ambos esquemas entraram na mira da Justiça por organizações criminosas distintas, mas que tiveram o mesmo desfecho — os líderes ganharam muito; a maioria perdeu tudo.

As autoridades estimam um prejuízo de aproximadamente R$ 200 milhões aos investidores da D9. Na Unick, o negócio pode ter movimentado cerca de R$ 28 bilhões.

Talvez você queira ler
cédulas de 100 e 200 reais

Cresce número de brasileiros que sacam dinheiro em caixas eletrônicos

De acordo com o levantamento, 54% dos pesquisados disseram que o saque é uma das principais operações realizadas cotidianamente
Imagem da matéria: Falha no Bradesco faz sumir saldo da conta dos clientes; veja as reclamações

Falha no Bradesco faz sumir saldo da conta dos clientes; veja as reclamações

Segundo maior banco do Brasil, Bradesco entrou no Trending Topics do X por erro que fez sumir saldo dos correntistas
Máquinas de mineração de Bitcoin Micro BT modelo Whatsminer S30

Receita Federal confisca máquinas de mineração de Bitcoin em aeroporto avaliadas em R$ 43 mil

Brasileiro tentava pegar um avião no aeroporto de Foz do Iguaçu com quatro mineradoras de Bitcoin adquiridas no Paraguai
Agentes da PF e Receita cumprindo mandados de apreensão

Polícia Federal derruba quadrilha de doleiros que usava criptomoedas para praticar evasão de divisas

Na estimativa das autoridades, o esquema criminoso movimentou pelo menos R$ 4 bilhões de forma ilegal