Criptomoedas formam círculo com bitcoin no centro
Shutterstock

Os produtos de investimento focados em criptomoedas tiveram a 11ª semana seguida de saldo positivo. O relatório da CoinShares aponta que entre os dias 1º e 8 de dezembro, esse segmento registrou a entrada de US$ 42,8 milhões (R$ 211 milhões). Esse é um desempenho mais fraco ao visto nas semanas anteriores, mas mesmo assim demostra que os investidores seguem injetando dinheiro no setor.

Assim como ocorreram outras vezes nesse período, o Brasil seguiu o caminho contrário, com os fundos de investimento cripto daqui sofrendo uma saída de US$ 4,6 milhões (R$ 22,8 milhões) na última semana. Porém, o país não teve o pior resultado, já que na Suécia o déficit foi de US$ 7,1 milhões (R$ 35 milhões). 

Publicidade

Além disso, outros países não especificados, que estão na categoria “Outros”, totalizaram uma perda de US$ 8,7 milhões (R$ 43 milhões). 

Na outra ponta, quem liderou a entrada de recursos na semana foi a Alemanha, com uma captação de US$ 29,3 milhões (R$ 118 milhões). Na sequência estão Suíça com US$ 14,3 milhões (R$ 70,8 milhões) e Estados Unidos com US$ 14,2 milhões (R$ 70,3 milhões). 

Ranking do desempenho por países (Imagem: CoinShares)

Quando se trata dos produtos específicos, o Coinshares Digital Securities foi o que teve melhor desempenho, com aportes de US$ 18,4 milhões na semana (R$ 91 milhões). Em segundo lugar está o 21Shares AG com US$ 12,7 milhões (R$ 62 milhões), seguido pelo ProShares ETFs/USA com US$ 7,1 milhões (R$ 35 milhões). 

Por outro lado, dois produtos tiveram uma saída maciça de recursos: o CoinShares XBT teve uma perda de US$ 8,6 milhões (R$ 42 milhões) e o Purpose Investments Inc ETF registrou um fluxo de saída de US$ 4,6 milhões (R$ 22 milhões). 

Publicidade
Ranking pro produtos (Imagem: CoinShares)

Bitcoin segue reinando

Quando a análise foca nos ativos, o Bitcoin segue na dominância. Os produtos focados apenas em BTC tiveram um influxo de US$ 19,8 milhões (R$ 98 milhões). Isso é mais do que o dobro da segunda posição, ocupada pelo Ethereum, que captou US$ 9,7 milhões (R$ 48 milhões) em aportes. 

A única criptomoeda com desempenho negativo foi a Cardano: os fundos de investimento associados a esse ativo tiveram saída de US$ 300 mil (R$ 1,4 milhão). Os produtos multimoedas também ficaram com o saldo negativo, com saídas de US$ 2,3 milhões (R$ 11 milhões).

Ranking por criptomoeda (Imagem: CoinShares)
You May Also Like
Cathie Wood, criadora da Ark Invest e evangelizadora do Bitcoin, usando óculos e sorrindo

Cathie Wood vende ações da Coinbase enquanto corretora e Bitcoin decolam

A venda ocorreu logo antes da Coinbase começar a subir: cotada a US$ 165 por ação, ela subiu 11% no pregão após o fechamento
Imagem da matéria: "Quase todos os esquemas de pirâmide" da Rússia estão ligados a criptomoedas, diz Banco Central

“Quase todos os esquemas de pirâmide” da Rússia estão ligados a criptomoedas, diz Banco Central

Banco Central da Rússia contabilizou 5.735 fraudes financeiras e 2.944 esquemas de pirâmide em 2023, um grande aumento em relação ao ano anterior
Imagem da matéria: Honduras proíbe cripto em bancos, contrariando tendências regionais do Bitcoin

Honduras proíbe cripto em bancos, contrariando tendências regionais do Bitcoin

A América Latina é mais favorável às criptomoedas do que a maioria das regiões, mas Honduras as excluiu — e derivativos como ETFs também
Silhueta de pessoa jogando videogame À frente de TV

A Solana está em alta – e você pode ganhar mais jogando esses jogos

Quer arrecadar SOL? Esses jogos Solana permitem que você ganhe tokens enquanto joga