Imagem da matéria: Google irá permitir propaganda de produtos de criptomoedas em 2024
Foto: Shutterstock

O Google anunciou na quarta-feira (6) que passará a permitir nos Estados Unidos campanhas de impulsionamento pago de empresas que oferecem fundos de investimento focados em criptomoedas. As mudanças entrarão em vigor no dia 29 de janeiro do ano que vem.

No anúncio, o Google deu um exemplo de quais publicidades irá liberar no ano que vem: “Produtos financeiros que permitem aos investidores a negociarem ações em fundos que possuem grandes quantias de ativos digitais”. 

Publicidade

A empresa ressaltou que o exemplo é “não exaustivo”. Ou seja, é apenas uma sugestão de qual publicidade será liberada, mas outros casos de uso poderão ocorrer. 

Além disso, o Google ressalta que espera que todos os anunciantes cumpram com as leis locais de onde estiverem anunciando. Por fim, afirma que violações das regras não irão causar suspensão imediata de conta, sendo que primeiro será enviado um aviso sete dias antes de a conta ser derrubada. 

Em março de 2018, o Google passou a proibir a propaganda de links de corretoras de criptomoedas, carteiras cripto e ICOs (Oferta Inicial de Moeda).

A mudança do Google está alinhada com a provável aprovação dos ETFs de Bitcoin à vista pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC). Esses produtos financeiros poderão disseminar o investimento em criptomoedas, já que os investidores poderão aplicar nessa classe de ativos sem ter que comprar diretamente e se preocupar com a custódia. 

You May Also Like
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum sobe acima de US$ 3 mil; Hack à conta da MicroStrategy no X gera prejuízo de R$ 2 milhões

Manhã Cripto: Ethereum sobe acima de US$ 3 mil; Hack à conta da MicroStrategy no X gera prejuízo de R$ 2 milhões

Bitcoin se descola do Ethereum nas últimas semanas com aposta de traders na valorização da segunda maior criptomoeda do mercado
Imagem da matéria: Binance deslista Monero e clientes reclamam de dificuldade para saques

Binance deslista Monero e clientes reclamam de dificuldade para saques

Usuários relataram problemas ao retirar suas quantias de Monero da Binance, apesar do prazo para isso ainda não ter expirado
Imagem da matéria: Bitcoin (BTC) supera R$ 300 mil no Brasil e se aproxima de máxima histórica

Bitcoin (BTC) supera R$ 300 mil no Brasil e se aproxima de máxima histórica

Rali na moeda nacional segue o movimento externo, com o Bitcoin superando os US$ 60 mil nesta manhã
DAO, AssangeDAO, organização autônoma descentralizada, ethereum, Julian Assange, EUA

Token pró-liberdade do fundador do Wikileaks, Julian Assange, dispara de preço em meio a julgamento

A alta ocorre em meio ao julgamento de um recurso proposto pela defesa do ativista para que ele não seja extraditado do Reino Unido para os EUA