Imagem da matéria: Fireblocks contrata Nicole Dyskant como advisor
Dyskant seguirá atuando como advisor da Hashdex (Foto: Divulgação)

A advogada Nicole Dyskant foi anunciada nesta sexta-feira (14) como a nova advisor da Fireblocks para a região da América Latina. A empresa de infraestrutura de criptoativos tem sede em Nova York.

Dyskant é especialista em regulação e compliance para os mercados financeiro, de capitais e ativos digitais e assume a posição para representar a empresa perante reguladores e autorreguladores em projetos de infraestrutura, tokenização, smart contracts bancários e suporte ao CBDC e Real Digital.

Publicidade

Mesmo após a entrada para a Fireblocks, Dyskant permanece no posto de advisor da gestora Hashdex.

Em atuação desde 2019, a Fireblocks em mais de 600 funcionários ao redor do mundo e uma equipe de seis profissionais dedicados ao Brasil. Com a chegada de Nicole deve reforçar a atuação no país no próximo ano.

No Dia Internacional da Mulher de 2022 (8 de março), o Portal do Bitcoin publicou reportagem com perfil da advogada Nicole Dyskant, mostrando como uma executiva que cresceu apostando no mercado cripto ocupa cargo de alta liderança.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Epik Duck: Conheça o projeto que foi de piada a memecoin de US$ 25 milhões

Epik Duck: Conheça o projeto que foi de piada a memecoin de US$ 25 milhões

Memecoins como a EPIK estão se tornando cada vez mais populares no universo das criptomoedas. Isso é bom ou ruim?
Moeda de Ethereum na frente de gráfico

Manhã Cripto: Ethereum sobe 2,6% e flerta com US$ 4 mil; PEPE bate novo recorde

Com ganhos de 10% no dia, PEPE foi capaz de atingir um novo preço recorde de US$ 0.000017
ilustração mostra logo da pepecoin PEPE subindo ao céu

Trader transforma R$ 2 mil em R$ 17 milhões graças ao triunfo da Pepecoin (PEPE)

Ao comprar a memecoin após o lançamento, o trader teve um ganho de 7.368x no investimento
Imagem da matéria: As criptomoedas estão se tornando políticas – e a Consensys quer ficar fora disso

As criptomoedas estão se tornando políticas – e a Consensys quer ficar fora disso

Enquanto outras empresas gastam milhões em candidatos pró-cripto, Joe Lubin diz ao Decrypt que a Consensys resistiu ao impulso