Imagem da matéria: Empresa dos gêmeos do Facebook vai fazer custódia de bitcoin para o BTG Pactual
Irmãos Winklevoss (Foto: Flicker/Divulgação)

A empresa de criptomoedas Gemini, fundada em Nova York (EUA) pelos irmãos gêmeos do Facebook, Tyler e Cameron Winklevoss, será a custodiante de bitcoin do novo fundo de investimentos do banco BTG Pactual. O anúncio foi feito na segunda-feira (5) no site da instituição.

“Temos o prazer de anunciar que a Gemini servirá como custodiante e parceira de execução comercial do BTG Pactual Bitcoin 20 FIM, o primeiro fundo bitcoin lançado por um banco de investimento brasileiro”, disse a nota da Gemini.

Publicidade

Segundo a empresa, os objetivos do BTG Pactual estão alinhados à missão da Gemini que é aumentar o acesso a oportunidades de investimento. Disse também que a instituição está empenhada em fornecer um acesso contínuo para clientes globais que buscam novas oportunidades de entrar na crescente indústria de criptomoedas. “Aproveitar uma onda crescente de interesse de investidores”, concluiu Gemini.

Vale lembrar que no passado Tyler e Cameron Winklevoss tiveram que travar uma batalha judicial contra Mark Zuckerberg pela autoria do Facebook. Com a vitória nos tribunais como coautores da rede social, os gêmeos receberam uma participação de US$ 65 milhões.

Fundo com Bitcoin e ETF no BTG Pactual

O BTG Pactual passou a oferecer investimentos no fundo ‘BTG Pactual Bitcoin 20 FIM’ com valor mínimo de R$ 1 . Segundo a empresa, o ‘Fundo BTG Bitcoin Simples’, por exemplo, tem em sua composição: 55% LFT (título pós-fixado); 20% Bitcoin; 20% CDB, sendo 5% em “operações compromissadas”, dizem as informações.

Conforme o comunicado de imprensa, o fundo é o primeiro de uma série de produtos que o banco está desenhando dentro do universo das criptomoedas, justamente porque é a moeda que tem maior volume de operações no mundo. 

Publicidade

O BTG Pactual também está fazendo parte do primeiro ETF de criptomoedas no Brasil que está prestes a ser lançado depois do aval da Comissão de Valores Mobiliários em meados do mês passado. As cotas do Fundo serão distribuídas também pela Genial Investimentos e Itaú BBA.

Banco focado nas criptomoedas

Um anúncio lançado recentemente pela instituição também revelou o grande interesse no mercado de criptomoedas sob o título “Estamos no ponto da virada das criptomoedas”.

O comercial faz parte de uma série de vídeos que promete ensinar como investir em bitcoin e criptomoedas em uma ação chamada ‘Simplificando: O Dinheiro da Nova Década’.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin à vista já controlam mais de 1 milhão de BTC

Mais da metade dos US$ 70,5 bilhões em fundos está praticamente dividida entre Grayscale e BlackRock
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
Gustavo Scarpa em um campo de futebol usando o uniforme do Atlético Mineiro

Scarpa x Bigode: Pedras preciosas não valem como garantia em processo contra pirâmide cripto, diz PF

Um laudo das pedras de alexandrita apreendidas da suposta pirâmide Xland foi avaliado por um juiz, que determinou que elas não têm valor significativo