Imagem da matéria: Empresa de pagamentos com criptomoedas lista real e elogia regulação do Brasil: "excelente e pragmática"
(Foto: Shutterstock)

A Ramp, uma startup de pagamentos de criptomoedas do Reino Unido, anunciou nesta quarta-feira (21) a expansão global da sua plataforma com a listagem de mais de 40 moedas fiduciárias, incluindo o real brasileiro.

Embora as moedas de diversos países tenham sido incluídas na nova listagem, a empresa parece ter um interesse especial para a região da América Latina, principalmente o Brasil. 

Publicidade

O CEO da Ramp, Szymon Sypniewicz, explicou à revista Fortune que o que leva sua empresa a olhar com bons olhos para o Brasil é a postura amigável que o país parece ter com a indústria cripto. 

“Eles pretendem ser um regulador excelente e muito pragmático para empresas cripto, e na verdade vamos nos envolver diretamente com eles, obviamente, para poder continuar desenvolvendo nossa oferta e continuar operando no Brasil”, disse Sypniewicz, que revelou estar trabalhando para que a plataforma integre o Pix em breve.

O depoimento do executivo chega um dia depois de entrar em vigor no Brasil a Lei das Criptomoedas (Lei 14.478/22) que estabelece quais são as regras que as prestadoras de serviços de ativos virtuais que atuam no país devem obedecer.

Na semana passada, o presidente Lula assinou decreto que escala o Banco Central como órgão regulador do mercado cripto. Dessa forma, caberá ao Bacen elaborar as obrigações que as empresas do setor deverão seguir daqui em diante.  

Publicidade

Expansão da Ramp

A listagem de dezenas de moedas fiduciárias na Ramp chega meses depois de a empresa levantar US$ 70 milhões em uma rodada de investimentos que lhe concedeu um valuation de US$ 1 bilhão.

A rodada de financiamento Série B que aconteceu em novembro passado, foi liderada pela Mubadala Capital, braço de um dos fundos soberanos dos Emirados Árabes Unidos, e pela Korelya Capital.

Além de expandir seus serviços para outros países, o investimento também serviu para financiar os produtos de pagamento da Ramp, que permite aos usuários comprar criptomoedas dentro de qualquer aplicativo ou site, como uma versão da Web3 para serviços como PayPal ou Stripe. 

De acordo com o CoinDesk, entre as empresas que usam os serviços da Ramp estão a GameStop, Sorare, Axie Infinity e a Ledger, fabricante de carteiras hardware de criptomoedas.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Câmara dos EUA aprova projeto de lei para frear criação de CBDC

Câmara dos EUA aprova projeto de lei para frear criação de CBDC

O apoio à legislação ficou bastante dividido entre os partidos, com muito menos apoio dos democratas em comparação com outros projetos de lei envolvendo criptomoedas neste mês
Antônio Ais posa para foto ao lado de carro

Criador da Braiscompany, Antônio Neto Ais é solto na Argentina

O benefício de prisão domiciliar valerá até que o processo de extradição para Brasil seja resolvido
Bob Burnquist

Bob Burnquist e sua cruzada para empoderar os artistas por meio da Web3

O skatista é membro ativo de duas DAOs e participou do Ethereum Rio para falar sobre como as comunidades estão se tornando um novo meio de conexão para os artistas
Celular com logotipo da BInance

Binance vai suspender saques e depósitos de Ethereum para manutenção; veja data e hora

No planejamento da Binance, os serviços serão reabertos assim que a rede for considerada estável