Imagem da matéria: Empresa cria cemitério mundial de corretoras de bitcoin e lista 5 brasileiras
Foto: Shutterstock

O site de comparação de serviços de criptomoedas Cryptowisser criou uma lista que batizou de “cemitério de exchanges” na qual mostra corretoras de criptomoedas que desapareceram, fecharam voluntariamente ou por ordem de um governo ou eram scam.

Das 180 que aparecem, há cinco brasileiras — OmniTrade, Rippex e Hadax constam como desligamento voluntário; 3XBIT Ore.bz que estão classificadas como simplesmente “desaparecidas”, embora a primeira tenha lesado centenas de clientes.

Publicidade

Em nota à imprensa, a empresa diz que houve um aumento de 56% nas corretoras de criptomoedas inativas em relação ao ano passado, representando o que o Cryptowisser considera “uma indústria volátil e competitiva” e que não apresenta sinais de diminuição desse ritmo.

“Enquanto a indústria de criptomoedas geral continua a ter um crescimento impressionante, ela é desafiada pela concorrência, saturação e regulamentos sempre crescentes”, afirma a publicação.

Dentre os motivos citados para essas falências, estão o desligamento voluntário, invasão de hackers, golpes e desativação pelo governo em alguns países. Há também um vasto número que simplesmente desapareceu sem explicações públicas ou eram golpes.

A Cryptowisser explica que existem basicamente três grupos de concorrentes responsáveis ​​pelo fim das corretoras de criptomoedas centralizadas: corretoras descentralizadas e corretoras de derivativos.

Publicidade

“Para que uma nova bolsa centralizada floresça, ela provavelmente precisará ter alguma forma de vantagem exclusiva que ainda não exista no mercado hoje. Os dias de lançar uma troca e esperar por uma corrida de touros acabaram, e já há algum tempo”, diz o texto.

O Cryptowisser é um site de comparação de criptomoedas, tal como o CoinMarketCap, que compara e analisa corretoras de criptomoedas, carteiras, comerciantes e cartões de débito.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Justiça torna sócios da gestora cripto Titanium réus por crimes financeiros

Justiça torna sócios da gestora cripto Titanium réus por crimes financeiros

Juiz aceitou a denúncia do Ministério Público contra os sócios da Titanium e da Sbaraini, além de mais sete pessoas, por investigações da Operação Ouranós
Imagem da matéria: 228 sites de projetos DeFi estão sob risco de ataque DNS; entenda

228 sites de projetos DeFi estão sob risco de ataque DNS; entenda

Embora a extensão total do sequestro ainda não seja conhecida, centenas de sites de protocolo DeFi ainda estão em risco, disse a Blockaid
Logo da blockchain Solana

Solana Actions: nova aplicação quer permitir transações de criptomoedas em qualquer site ou app

Os novos recursos Actions e Blinks têm como objetivo “colocar cripto de volta no Crypto Twitter”, disse o executivo da Solana Foundation
Imagem da matéria: Estrela do UFC é acusada de aplicar golpe em fãs com token que foi a zero

Estrela do UFC é acusada de aplicar golpe em fãs com token que foi a zero

A memecoin SMASH promovida por Khamzat Chimaev caiu para zero após os criadores despejarem tokens no mercado — e desde então ele excluiu seus posts