Imagem da matéria: Emissora do token XRP pede investigação contra ex-diretor da SEC
Foto: Shutterstock

Stuart Alderoty, diretor jurídico da Ripple, emissora do token XRP, está pedindo uma nova investigação sobre o ex-diretor da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), Bill Hinman.

Especificamente, ele quer descobrir as razões por trás do discurso do executivo em 2018 no qual ele falou sobre transações de criptomoedas. Nesse discurso, Hinman afirmou que o Ethereum (ETH) não deveria ser considerado um valor mobiliário, pois era “suficientemente descentralizado”, algo que causou confusão quando a SEC mais tarde processou a Ripple Labs por supostamente vender US$ 1,6 bilhão em XRP como um valor mobiliário não registrado.

Publicidade

Os documentos ligados ao discurso de Hinman vieram a público na terça-feira, turbinando o valor de XRP e expondo as discussões internas que ocorreram entre os funcionários da SEC na época.

Investigando os acontecimentos nos bastidores, Alderoty agora afirma que Hinman “inventou fatores” que devem ser levados em consideração ao determinar o que realmente é “suficientemente descentralizado”.

Ele também estimulou a SEC a remover o discurso de seu site, bem como iniciar uma investigação sobre o ex-diretor.

“Uma investigação deve ser conduzida para entender o que ou quem influenciou Hinman, por que os conflitos (ou, pelo menos, aparências de conflitos) foram ignorados e por que a SEC elogiou o discurso sabendo que isso criaria “uma confusão maior”, disse Alderoty em uma longa thread no Twitter na terça-feira.

Publicidade

De acordo com Alderoty, os e-mails fornecem evidências claras de que Hinman ignorou vários avisos de que o discurso continha “análises inventadas sem base legal” e criou “mais confusão” no mercado de ativos digitais.

“Apesar da SEC repetidamente mudar de opinião sobre o significado do discurso em litígio, ele permanece no site da agência,” afirmou o Diretor jurídico da Ripple.

Hinman ignorou as preocupações da SEC

Citando partes dos documentos, Alderoty também argumentou que os e-mails mostram dissidência entre os funcionários da SEC em relação a certos aspectos do discurso de Hinman e que o ex-diretor ignorou suas preocupações.

“Agora vamos ver o que altos funcionários da SEC disseram diretamente a Hinman sobre seu discurso enquanto ele o elaborava”, escreveu ele. O “Chefe de Negociação e Mercados (T&M) disse que, porque a lista de fatores é tão extensa – e parece incluir coisas que vão além da análise típica do Teste Howey – temos preocupações de que isso possa levar a uma maior confusão sobre o que é um título.”

Publicidade

Alderoty acrescentou que “Hinman ignorou essas preocupações.”

O Teste Howey é um quadro jurídico utilizado pela SEC para determinar se uma determinada transação se qualifica como um contrato de investimento e, portanto, como um título. Embora o Teste Howey tenha sido originalmente formulado no contexto de investimentos tradicionais, o regulador de Wall Street o tem aplicado a criptoativos para avaliar se certos tokens ou criptomoedas devem ser classificados como títulos.

“O discurso de Hinman nunca mais deve ser invocado em qualquer discussão séria sobre se um token é ou não um título”, afirmou Alderoty. “Os burocratas não eleitos devem aplicar fielmente a Lei dentro das restrições de sua jurisdição.”

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração da memcoin em Solana Bonk

Como criar uma memecoin em Solana com a Pump.fun

Protocolo viralizou ao permitir a qualquer pessoa criar uma criptomoeda por cerca de R$ 15
Imagem da matéria: Manhã Cripto: CVM aplica multa de R$ 55,8 milhões a Atlas Quantum e dono foragido

Manhã Cripto: CVM aplica multa de R$ 55,8 milhões a Atlas Quantum e dono foragido

A CVM multou a pirâmide financeira Atlas Quantum após identificar indícios “robustos e consistentes” de que tudo não passava de uma operação fraudulenta
Imagem da matéria: Propina paga a Eduardo Requião foi usada para investir na pirâmide financeira do "Rei do Bitcoin"

Propina paga a Eduardo Requião foi usada para investir na pirâmide financeira do “Rei do Bitcoin”

Nova operação da Polícia Federal visando fraudes no portos do Paraná revelou uma curiosa ligação entre o irmão do Roberto Requião e um dos maiores piramideiros do Brasil
Imagem da matéria: Plume, blockchain de tokenização de RWA, capta US$ 10 milhões em rodada de investimento

Plume, blockchain de tokenização de RWA, capta US$ 10 milhões em rodada de investimento

Plume hospeda mais de 80 projetos RWA, abrangendo itens colecionáveis, ativos alternativos, sintéticos, bens de luxo, imóveis, DeFi e muito mais