Imagem da matéria: Em expansão, Mercado Bitcoin compra Blockchain Academy
Foto: Shutterstock

O Mercado Bitcoin, maior exchange de criptomoedas do Brasil, anunciou na manhã desta sexta-feira (5) que comprou a Blockchain Academy, empresa de cursos fundada em São Paulo em 2016. O valor do negócio, que incluiu também a aquisição da editora da empresa, não foi revelado.

“Educação sempre foi um pilar importante para o Mercado Bitcoin e ganha ainda mais relevância agora. É, sem dúvida, um dos nossos principais projetos para os próximos anos”, disse o CEO do Mercado Bitcoin, o Reinaldo Rabelo, no comunicado enviado à imprensa.

Publicidade

A aquisição, segundo o Mercado Bitcoin, faz parte do plano da exchange de investir R$ 200 milhões em projetos ao longo de 2021. Esse anúncio havia sido feito no final mês passado, quando a startup recebeu um aporte seis fundos e empresas.

São eles GP Investimentos, Parallax Ventures, Fundo Évora, HS Investimentos, Banco Plural e Gear Ventures.

Nova direção

Rosine Kadamani, fundadora da Blockchain Academy, deixa o comando executivo da empresa, cargo que ocupa desde 2016. Um novo executivo deve ser anunciado em breve, segundo release da exchange.

O objetivo da troca, segundo a corretora, é ampliar ainda mais os laços com professores, reforçar equipe interna, aumentar a capacidade de atender a demanda crescente e incentivar a produção de pesquisas em parcerias com entidades de ensino.

A escola já vinha percorrendo esse caminho. Nos últimos quatro anos, de acordo com o release, a empresa atendeu mais de cinco mil alunos e, ao mesmo tempo, estabeleceu parcerias comerciais e laços com órgãos reguladores.

Publicidade

“Ela (Blockchain Academy) é reconhecida como uma das principais vias para aqueles que atuam em ambientes mais tradicionais se conectarem com a tecnologia, com o blockchain, com o mundo cripto”, disse Rabelo.

VOCÊ PODE GOSTAR
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Estudo mostra que 61% dos investidores brasileiros não pretendem vender Bitcoin

Pesquisa realizada pela Bitget releva otimismo pós-halving do Bitcoin
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…