Imagem da matéria: Jack Dorsey, CEO do Twitter, está rodando o próprio node de Bitcoin
(Foto: Shutterstock)

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, mostrou a seus 5,2 milhões de seguidores nesta sexta-feira (05) que agora está executando um node de Bitcoin.

Dorsey escreveu no tweet: “Running bitcoin”. Esta é uma referência ao falecido pioneiro do Bitcoin Hal Finney, que morreu de esclerose lateral amiotrófica em 2014. Finney tuitou “Running bitcoin” em 11 de janeiro de 2009, apenas oito dias depois que o bloco genesis do Bitcoin foi ao ar e o blockchain foi colocado em atividade. A única diferença entre seus tweets era que Dorsey adicionou a hashtag Bitcoin, com seu emoji.

Publicidade

Um node de Bitcoin é um software que executa o blockchain do Bitcoin. Ele armazena todas as transações já feitas na rede Bitcoin e verifica se todas são transações válidas. Ele também permite que alguém crie transações e as envie à rede. Atualmente, existem 7.300 nodes na rede – além de outros que estão ocultos.

Nos comentários, o provedor de software de node de Bitcoin Umbrel – que oferece a maneira mais simples de executar um node de Bitcoin em um Raspberry Pi – perguntou se ele configurou um em um Raspberry Pi.

Dorsey respondeu que sim, “Começando do zero primeiro no M1.” Isso significa que ele está executando o node em um computador Apple que usa seu chip M1 mais recente. Este chip é um processador de alto desempenho, permitindo aplicações mais rápidas com menos energia. Também sugere que este pode ser o primeiro node de Bitcoin de Dorsey.

O caminho de Dorsey para o Bitcoin

Dorsey é fã do Bitcoin há muito tempo. Em 2014, alguns engenheiros de sua empresa de pagamentos, a Square, perguntaram se poderiam integrar o Bitcoin em sua loja online, de acordo com um discurso que ele proferiu posteriormente no Consensus. Ele concordou e foi então que entendeu suas implicações.

Publicidade

Em fevereiro de 2019, ele apareceu no podcast Joe Rogan Experience, onde proclamou que a Internet terá uma moeda e que a moeda pode ser o Bitcoin. “[Bitcoin] é algo que nasceu na internet, que foi desenvolvido na internet, que foi testado na internet”, disse ele na época, acrescentando: “É da internet”.

Em dezembro de 2019, ele criou uma ramificação da Square, chamada Square Crypto, que foi destinada a trabalhar no desenvolvimento do Bitcoin de código aberto. A empresa também forneceu muitos subsídios para desenvolvedores de Bitcoin, ajudando-os a trabalhar em vários aspectos da rede da criptomoeda.

Um ano depois, Dorsey mostrou ainda mais fé no Bitcoin ao investir US$ 50 milhões do dinheiro da empresa. Isso aconteceu logo depois que a MicroStrategy fez o mesmo, mas com US$ 450 milhões.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co

VOCÊ PODE GOSTAR
bitcoin e ethereum em grafico vermelho de queda

Bitcoin e Ethereum passam a cair e provocam liquidações de US$ 150 milhões

Tanto o Bitcoin quanto o Ethereum despencaram na manhã de sexta-feira (10), provocando uma onda de liquidação de longo prazo
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

Estado dos EUA investe R$ 510 milhões em ETF de Bitcoin da BlackRock

O investimento foi confirmado hoje pelo Conselho de Investimentos do Estado de Wisconsin (SWIB)
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram
Moeda do Bitcoin envolta por raios (Lightning Network)

Lightning Labs está trazendo stablecoins para a blockchain do Bitcoin

“Ideia é ter dólares criptografados e stablecoins na blockchain do Bitcoin”, explicou Elizabeth Stark, CEO da Lightning Labs