Laura Fatio da ONG Refúgio 343 participou no último domingo do quadro ‘The Wall’
Laura Fatio participa do quadro The Wall, do Domingão com Huck (Reprodução/Gshow)

A dupla Fernando Rangel e Laura Fatio, respectivamente fundador e cofundadora da ONG Refúgio 343, participou no último domingo (13) do quadro ‘The Wall’ do Domingão com Huck, programa da TV Globo. Durante o desafio, Laura não soube responder a uma pergunta sobre o que são Ethereum (ETH) e Solana (SOL) – respectivamente, a 2ª e a 9ª maiores criptomoedas do mercado – mas, mesmo assim, saiu com R$ 350 mil.

Segundo informações na página do gshow, os participantes do The Wall jogam em dupla, tendo como desafiante justamente a parede, que é de onde vêm as perguntas. “A dupla pode ser de amigos, namorados, familiares. Não existe um padrão para o tipo de relacionamento entre os participantes, o importante é terem um sonho em comum”, explica.

Publicidade

“O que são Ethereum e Solana?”, perguntou Huck a Laura, que estava isolada, enquanto Fernando estava na linha de frente, encarando “a parede” e o apresentador.

As alternativas foram:

  1. Vilões de quadrinhos
  2. Nomes de criptomoedas
  3. Furações caribenhos

“Respira. Você escutou em algum momento dessa palavra recente”, disse Fernando. Como de praxe, Huck torcia pela resposta certa da participante.

“Eu vou ter que chutar essa”, disse Laura. Ela acrescentou: “Acho que criptomoedas não é…furações caribenhos eu também acho que não é… mas vilões de quadrinhos eu também acho que não é”, disse, aflita.

Depois de alguns segundos, ela mandou: “Eu vou na [opção] A, vilões de quadrinhos”.

Fernando e Huck lamentaram, pois segundo as regras do quadro, quando a resposta é errada, os ‘ganhos’ da parede são subtraídos, ou seja, a jogada é com bolas vermelhas. Se fosse o contrário, os ganhos com as bolas verdes seriam somados.

Publicidade

Na ocasião, a dupla tinha em caixa R$ 92.114,00. A primeira bola vermelha ‘debitou’ R$ 40 mil, quando o saldo caiu para R$ 52.114,00. Nas jogadas seguintes, a dupla se superou e ao final do game saiu com R$ 350 mil.

Sobre a ONG Refúgio 343, trata-se de uma organização humanitária sediada em Boa Vista, Roraima, dedicada à reinserção socioeconômica de migrantes e refugiados em território nacional.

Erros e acertos em quadros do Huck

Não é a primeira vez que quadros dos programas liderados por Luciano Huck fazem perguntas sobre criptomoedas. A Solana, por exemplo, já apareceu outra vez, assim como o nome do criador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto.

No ano passado, a funcionária pública Fabrícia Lélis tirou de letra uma pergunta sobre criptomoedas no no quadro ‘Quem Quer Ser um Milionário’, do Domingão com Huck. 

Publicidade

“Solana”, “Polkadot” e “Cardano” são exemplos de: A: aves; B: criptomoedas; C: DJs; e D: observatórios”, dizia a pergunta. Lélis acertou e ganhou R$ 10 mil.

Em 2020, o estudante de medicina Guilherme Albuquerque, acertou uma pergunta sobre criptomoedas no quadro ‘Quem Quer Ser um Milionário’, do antigo ‘Caldeirão do Huck’. Com isso, ele levou uma bolada de R$ 150 mil ao sair do famoso jogo de perguntas e respostas.

Na época, Luciano Huck citou quatro nomes de possíveis criptomoedas — Naira, Ethereum, Monero e Dash — e perguntou para Albuquerque qual delas não seria um ativo digital de verdade.

O estudante ficou em dúvida e utilizou um dispositivo do jogo que permitiu a eliminação de duas alternativas. Sobraram Naira e Dash. Ele disse que não tinha certeza da resposta, mas acabou chutando Naira, que é a resposta correta.

Satoshi Nakamoto

Também em 2020, o apresentador perguntou ao auxiliar administrativo Jorge Rodrigues qual o nome do criador do Bitcoin. A pergunta valia R$ 100 mil. Huck deu as opções “Minoru Arakawa”, “Satoshi Nakamoto“, “Akio Morita” ou “Shigeru Miyamoto”. Ele então errou a resposta.

Publicidade

O carioca escolheu “Shigeru Miyamoto” porque achou o nome mais difícil de ser inventado e foi eliminado. Mesmo assim, ele já tinha garantido R$ 50 mil.

Em Portal do Bitcoin na época, ele disse que havia estudado sobre moedas de países antes de participar do quadro, mas não sobre criptomoedas. “Foi de um jeito doloroso, mas agora eu nunca mais vou esquecer”, disse.

Veja como foi a participação de Laura e Fernando no The Wall.

https://globoplay.globo.com/v/11859065/

VOCÊ PODE GOSTAR
Celular com o logo da CVM e notebook aberto no site da Comissãod e Valores Mobiliários

CVM reconhece ativo de blockchain como token de pagamento

Dynasty Global AG recebeu na última semana a classificação do D¥N como um token de pagamento pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
Imagem da matéria: Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Apesar de chamara cada vez mais atenção, muitas pessoas ainda não sabem o que é a tokenização de ativos e como ela funciona
tornado cash 1

Desenvolvedor do Tornado Cash é condenado a 5 anos de prisão por lavagem de dinheiro

“O Tornado Cash, em sua natureza e funcionamento, é uma ferramenta destinada a criminosos”, disse um dos juízes ao condenar Alexey Pertsev
Números e letrs douradas sob um placa formam símolo do Real brasileiro

5 vantagens da tokenização de ativos do mundo real (RWA) | Opinião

Para o autor, a custódia de RWA tokenzados é um elemento crucial para a democratização do acesso aos investimentos