Fabricia lelis e Luciano Huck no Caldeirão
Fabricia lelis luciano huck no caldeirão

A funcionária pública Fabrícia Lélis, mineira de Paracatu, tirou de letra uma pergunta sobre criptomoedas no último domingo (30), durante sua participação no quadro ‘Quem Quer Ser um Milionário’, do Domingão com Huck, programa da TV Globo. Ao responder corretamente, Lélis ganhou R$ 10 mil.

Conforme mostrado em um vídeo do programa, as criptomoedas foram o tema da oitava pergunta feita por Luciano Huck, o apresentador da atração, à participante. Na tela, foi mostrada então uma frase para que Lélis completasse.

Publicidade

“Solana”, “Polkadot” e “Cardano” são exemplos de: A: aves; B: criptomoedas; C: DJs; e D: observatórios”

Lélis não demorou muito para responder: “Cardano eu conheço bem porque é uma criptomoeda famosa”, disse ela. E acrescentou: “Então, letra B, criptomeda”. Com a resposta certeira, Lélis faturou os R$ 10 mil e segue com a chance de ganhar R$ 1 milhão quando retornar ao quadro no próximo domingo (06).

O ‘Quem Quer Ser Um Milionário’ é composto por 15 questões, sendo que cada uma vale uma quantia específica. Quem acerta a última leva R$ 1 milhão para casa.

Huck e Bitcoin

Mas essa não foi a primeira vez que a equipe do programa incluiu no quadro perguntas sobre criptomoedas. Em dezembro de 2020, por exemplo, o estudante de medicina Guilherme Albuquerque levou uma bolada de R$ 150 mil ao sair do famoso jogo de perguntas e respostas.

Na ocasião, Huck citou quatro nomes de criptomoedas — Naira, Ethereum, Monero e Dash — e perguntou para Albuquerque qual delas não seria um ativo digital de verdade. O estudante disse que não tinha certeza da resposta, mas acabou chutando Naira, que era a correta.

Publicidade

Em julho do mesmo ano, o técnico administrativo carioca Jorge Rodrigues foi pego de surpresa ao ser perguntado sobre uma ‘moeda’, mesmo tendo estudado todas as moedas do mundo para participar do programa. Ele só não contava que a pergunta seria sobre a maior criptomoeda, Bitcoin, e seu criador, Satoshi Nakamoto.

“A criptomoeda bitcoin tem sua criação atribuída: A) Minoru Arakawa; B) Satoshi Nakamoto; C) Akio Morita; D) Shigeru Miyamoto”, questionou Huck — a pergunta valia R$ 100 mil.

O carioca escolheu “Shigeru Miyamoto” porque achou o nome mais difícil de ser inventado e foi eliminado. Mesmo assim, ele já tinha garantido R$ 50 mil.

Veja o vídeo com a participação de Lélis:

https://www.youtube.com/watch?v=fZfC-TxtUSc


*Errata: O nome do programa ‘Domingão com Huck’ foi mencionado anteriormente como ‘Caldeirão do Huck’. A matéria foi atualizada.

Quer investir em ativos digitais, mas não sabe por onde começar? O Mercado Bitcoin oferece a melhor e mais segura experiência de negociação para quem está dando os primeiros passos na economia digital. Conheça o MB!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: "Centavo épico" de Bitcoin é usado para inscrever música da Grimes gerada por IA

“Centavo épico” de Bitcoin é usado para inscrever música da Grimes gerada por IA

Ordinals com uma música gerada por IA da Grimes foi inscrito num satoshi “épico” de Bitcoin avaliado em mais de R$ 10 milhões
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

Manhã Cripto: Ethereum (ETH) decola 20% com expectativa para aprovação de ETFs nos EUA

A animação dos investidores fez aumentar em 219% o volume de negociação do Ethereum nas últimas 24 horas
Imagem da matéria: Dogecoin está se aproximando de uma "cruz dourada": o que isso significa?

Dogecoin está se aproximando de uma “cruz dourada”: o que isso significa?

Média móvel simples de 50 semanas (SMA) do preço spot da Dogecoin está atualmente em alta e pode passar barreira das 200 semanas
Vitalik Buterin na ETH Taipei 2024. Foto: Rug Radio

Como o fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, mantém suas criptomoedas seguras

“Descentralize sua própria segurança”, diz Buterin – mas ele não usa uma cold wallet para suas próprias criptomoedas