Imagem da matéria: CVM suspende empresa de Forex que já sumiu do mercado brasileiro
Foto: Shutterstock

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) mandou que a Way Capital, que prometia operações com criptomoedas e forex, suspendesse a oferta de produtos. O órgão do governo, contudo, chegou tarde: a empresa desapareceu do Brasil.

No documento publicado nesta quarta-feira (26) pela CVM, há inclusive o link para o site da Way Capital, que está fora do ar. Mesmo que a operação não esteja mais ativa, o texto diz que não seja cumprida a determinação, “a empresa estará sujeita à multa cominatória diária no valor de R$ 1.000,00.”

Publicidade

De qualquer maneira, o motivo para a punição é que a área técnica da CVM detectou que Way Capital via “redes sociais e de publicidade paga em mecanismos de busca efetua a captação irregular de clientes para a realização de operações com derivativos baseados em ações, índices, criptomoedas e no denominado mercado Forex (Foreign Exchange)”.

Semelhante a uma pirâmide financeira, a Way prometia retorno garantido aos investidores e remunerava com taxas altas clientes que cadastrassem novas pessoas no esquema.

Conforme o site Livecoins, a Way Capital está fora do ar pelo menos desde o dia 14 de junho, depois de denunciada pelo governo do Canadá.

Forex no Brasil

A atuação de Forex não é permitida no Brasil. Mesmo assim, nada garante que essas empresas de fato atuem nesse mercado.

Publicidade

O caso mais recente de suspensão de atividades no Brasil foi da Liteforex no início do mês. Na ocasião, a CVM declarou que a empresa fazia “captação irregular de clientes para a realização de operações no denominado mercado Forex (Foreign Exchange)”, por meio de seu site e pelas redes sociais.

Antes havia sido a FX Trading Corporation. A CVM no dia 20 de maio ordenou que a companhia parasse com suas atividades no Brasil sob pena de multa diária de mil reais.

O órgão emitiu uma cartilha em maio do ano passado explicando que não há uma empresa sequer no Brasil autorizada a trabalhar no segmento de Forex.

“Não há qualquer oferta relacionada ao mercado Forex registrada na CVM, ou corretora autorizada pela autarquia a atuar nesse mercado, qualquer oferta feita no Brasil é ilegal. Isso inclui, mas não se limita, ofertas feitas por instituições estrangeiras por meio da internet”.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”