Pessoa segura um smartphone à frente de um logo da Apple grande e colorido
Foto: Shutterstock

O design de um ecossistema como um “jardim murado” da Apple chegou a gerar uma redução de até 30% das vendas de aplicações e serviços para iOS, para frustração de usuários e criadores. Mas um novo relatório sugere que a gigante de tecnologia está planejando abrir seu ecossistema — um movimento que pode beneficiar aplicativos construídos em torno de NFTs e possivelmente expandir a capacidade de fazer pagamentos com criptoativos usando dispositivos móveis.

A Bloomberg informou que a Apple está planejando liberar a instalação de aplicativos de fontes externas fora de sua própria loja de aplicativos em iPhones e iPads, de acordo com fontes familiarizadas com os planos. As mudanças estão sendo feitas em resposta à Lei dos Mercados Digitais (Digital Markets Act) da União Europeia, a qual exige que as empresas de tecnologia cumpram integralmente as restrições até 2024.

Publicidade

De acordo com o relatório, a implantação de suporte para aplicativos externos de fontes e mercados de terceiros começará inicialmente apenas na Europa para cumprir a nova lei. No entanto, a funcionalidade poderá ser expandida a outros territórios, caso esses países adotem medidas semelhantes.

A Apple pretende implementar o recurso em sua atualização de software iOS 17, que deve ser lançada no próximo outono com base no cronograma típico de lançamento anual.

A empresa ainda está avaliando se deve permitir que aplicativos de terceiros usem sua própria infraestrutura de pagamentos, segundo a Bloomberg, em vez de forçar os desenvolvedores a rotear pagamentos através da própria configuração de pagamentos da Apple. Essa mudança específica, se implementada, poderia facilitar o uso de criptomoedas como pagamento através de aplicativos para iPhone e iPad.

As mudanças relatadas ocorrem em meio a um crescente retrocesso no ecossistema fechado da Apple, que não apenas se choca filosoficamente com o ethos descentralizado da Web3, mas também levou à restrições em torno das maneiras pelas quais os apps podem usar ativos NFT. Em outubro, a Apple atualizou suas diretrizes de desenvolvedores para afirmar que os NFTs não podem ser usados para bloquear acessos a recursos ou conteúdos dentro de aplicativos.

Publicidade

As compras de NFT também estão sujeitas à taxa de 30% da Apple—uma limitação potencialmente impossível de aplicar nas vendas do mercado secundário, pelo menos. Os aplicativos iOS para mercados como OpenSea e Magic Eden só permitem que os usuários pesquisem por NFTs, não dá para comprar ou vender por meio do app.

As mudanças nas regras NFT da Apple também causaram estragos nos aplicativos iOS existentes. A Coinbase anunciou recentemente que teve que desabilitar as transferências NFT através de seu aplicativo de carteira móvel, já que a Apple havia definido que os usuários precisariam pagar 30% de taxa Gas de qualquer rede (como a Ethereum) para realizar uma transferência. A Coinbase descreveu essa demanda como “impossível” de implementar.

Dan Finlay, cofundador do popular aplicativo de carteira cripto MetaMask e um ex-funcionário da Apple, twittaram em apoio à Coinbase, chamando a regra de “abuso de monopólio da Apple.” Ele sugeriu que a MetaMask poderia ser a próxima a ser impactada pelas regras da Apple e acrescentou: “me solidarizo completamente aqui.”

Os planos futuros da Apple para abrir seu ecossistema podem beneficiar os aplicativos NFT e cripto que atualmente são limitados ou prejudicados pelos requisitos da App Store. Esses apps poderiam então ser instalados por meio de fontes externas e não depender das políticas rígidas da Apple, embora a Bloomberg tenha informado que a Apple pode instituir “requisitos de segurança” adicionais para aplicações externas. 

Publicidade

A medida também poderia beneficiar o crescente metaverso Web3, já que a Apple, segundo informações divulgadas na mídia, vem desenvolvendo um headset de realidade mista  que pode estrear em algum momento de 2023. Muitos desenvolvedores da Web3 estão construindo um metaverso definido pela interoperabilidade entre plataformas, usando NFTs para representar a propriedade de ativos que podem ser usados livremente entre esses espaços.

Os desenvolvedores da Web3 não estão sozinhos com relação às reclamações sobre o modelo atual da Apple. A Epic Games processou a Apple—assim como a Google com sua Android Play Store—depois que a gigante da tecnologia bloqueou seu popular jogo Fortnite por conta da adição de um modelo de pagamentos de terceiros.

Uma decisão prévia do Tribunal que poderia ter forçado a Apple a permitir pagamentos de terceiros foi postergada, e as empresas ainda estão envolvidas na batalha judicial. O CEO da Epic Games, Tim Sweeney, twittou sobre o relatório de hoje, pressionando os legisladores a aprovar uma legislação semelhante para forçar a Apple a abrir seu ecossistema nos Estados Unidos também.

Se aplicativos externos só forem permitidos na Europa, isso “deixaria os desenvolvedores americanos em servidão no país onde a Apple foi fundada”, twittou Sweeney. “O Congresso tem de aprovar o Open Apps Market Act!”

O novo proprietário do Twitter, Elon Musk, também recentemente queixou-se das políticas da Apple, e tweetou perguntando se a Apple “odeia a liberdade de expressão” depois que a empresa cortou seus gastos com publicidade na plataforma de mídia social. Musk também alegou que a Apple estava considerando remover o aplicativo do Twitter, mas depois definiu tudo como um “mal-entendido” após uma reunião com o CEO da Apple, Tim Cook.

Publicidade

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

Participe da comunidade de criptomoedas que mais cresce no Brasil. Clique aqui e venha conversar no Discord com os principais especialistas do país.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Criadora da segunda maior stablecoin, Circle anuncia chegada oficial ao Brasil

Criadora da segunda maior stablecoin, Circle anuncia chegada oficial ao Brasil

Empresa disse que lançará em breve uma opção para que o mercado brasileiro acesse de forma mais rápida a USDC
Tela de celular mostra logotipo Drex- no fundo notas de cem reais

Banco Central adia Drex para realizar novos de testes de privacidade

BC explica que primeira fase de testes foi focada em elementos de privacidade, mas as soluções encontradas “ainda não estão maduras”
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

Aprovação do ETF de Ethereum pode acontecer antes do esperado, diz Coinbase

Maior exchange de criptomoedas dos EUA, a Coinbase está confiante de que a SEC aprovará ETFs de Ethereum à vista muito em breve, apesar do pessimismo mais amplo
Policial algemando suspeito durante a noite

Suspeito de roubar quase R$ 10 milhões da Pump.fun é preso em Londres

Jarett Dunn, ex-funcionário da plataforma Pump.fun, foi preso na Inglaterra acusado de golpe de quase R$ 10 milhões