Imagem da matéria: Cinco motivos para entender a importância das fotos de perfil em NFT no Twitter
Foto: Shutterstock

Uma boa notícia para os “NFTmaníacos”: agora, é possível tornar seu token não fungível (NFT, na sigla em inglês) em uma foto de perfil no Twitter.

Sim, você conseguia fazer isso antes mas, agora, você pode verificar, por meio de um blockchain, que é dono dele, e o Twitter irá te recompensar com um hexágono em torno de sua foto de perfil.

Publicidade

Isso serve apenas para assinantes do Twitter Blue, que têm iPhones e estão apenas nos EUA, Canadá, Austrália e Nova Zelândia. Também vale apenas para NFTs emitidos na Ethereum e armazenados no OpenSea.

Essa é uma grande notícia?

Pode-se dizer que sim (para fãs de NFTs e para o Twitter, como empresa). Mas também é um momento que ajudará críticos de NFTs e do Twitter a porem lenha na fogueira.

O Twitter havia indicado esse recurso há quatro meses, quando era “cheio de promessa”, mas também “repleto de perigos”.

Agora, o recurso está disponível e se você é um colecionador de Bored Apes que tuita “wagmi” (ou “vamos todos conseguir”, em português) e “looks rare” (ou “parece raro”) o dia inteiro ou um ferrenho odiador de NFTs que ameaça boicotar toda empresa criadora de jogos que implementa NFTs, ou um meio-termo, aqui vão cinco motivos para prestar atenção em como esse recurso irá se desenrolar.

1. O recurso mostra às pessoas como NFTs funcionam

A grande frase usada por pessoas que acreditam que NFTs são uma estupidez é: “Posso apenas clicar no botão direito e salvá-lo”. Qualquer pessoa com muita paciência geralmente explica que NFTs são certificados de propriedade desenvolvidos em blockchain.

Publicidade

Embora qualquer pessoa possa tirar uma captura de tela do NFT e exibi-lo, não é o mesmo que possuí-lo. O recurso do Twitter vale mais do que mil palavras: apenas o dono de um NFT pode comprovar, ao entrar no blockchain Ethereum, que o possui e obter o hexágono de verificação.

2. A divisão entre fanáticos e odiadores de NFTs está piorando

O ódio prevalecente que muitas pessoas (principalmente jogadores) têm por NFTs não vai sumir da noite para o dia e a forma como o Twitter está exibindo os NFTs verificados está piorando ainda mais a situação. Emma Langevin, uma streamer da Twitch com 725 mil seguidores, tuitou:

O Twitter acabou de me perguntar se quero tornar minha foto de perfil em um NFT. Estou tremendo, vomitando, chorando. Só quero voltar para a época antes de esses nerds popularizarem essa merda.

É só pesquisar a palavra “hexagon” no Twitter para ver mais zombaria.

Ross O’Donovan, outro streamer da Twitch, encorajou pessoas a “escrever um script que bloqueia automaticamente todos com uma foto de perfil com hexágono”. Outra pessoa comparou a foto de perfil com hexágono a uma placa de “me chute”.

Publicidade

Podem não estar errados. Daniel Roberts, do Decrypt, se inscreveu no Twitter Blue e selecionou um dos dois NFTs que possui como sua foto de perfil. Foi uma sensação anticlimática.

Ele gosta de seu NFT (é um Satoshible) e acredita que a arte é legal, mas não gostou dele como sua foto de perfil nem do hexágono em torno dele. Por outro lado, ele não se considera como um anônimo cripto que usa seu NFT como toda a sua identidade on-line.

Roberts passou 24 horas com seu NFT como foto de perfil.

3. Mesmo a galera que gosta de NFTs não se sente tão confortável com o recurso

Na quinta-feira (17), houve um debate no Twitter Spaces chamado “O Twitter acabou de nos usar para vender um recurso sem priorizar nossas necessidades?”.

Em um fervoroso fórum de três horas, fãs de NFTs reclamaram sobre o Twitter usar o recurso NFT para vender assinaturas do Twitter Blue.

Capitalistas podem fazê-los lembrar que o Twitter é uma empresa, com acionistas e precisa gerar receita. Mas isso pode ser algo a se acompanhar: se fãs de NFTs não usarem o recurso de fotos de perfil, o recurso poderá ser um fracasso.

Publicidade

4. O recurso faz com que o Twitter se torne em uma empresa ainda mais pró-criptomoedas

Não seria certo chamar o Twitter de empresa da Web 3 (não até operar em um blockchain), mas adotar fotos de perfil NFT e gorjetas em criptomoedas mostra a que veio.

Após o maximalista de bitcoin (BTC) Jack Dorsey sair do Twitter, alguns observadores questionaram se a empresa iria se afastar das criptomoedas.

Em vez disso, O Twitter se aprofundou mais e foi além do bitcoin. Ainda assim, grande parte de seus acionistas não vai gostar disso.

O Facebook e a Square passaram por quedas em suas ações quando foram reformuladas para Meta e Block, respectivamente. A implementação do recurso NFT não ajudou a ação do Twitter, que caiu 9% na última semana.

5. Twitter deu uma maior vantagem ao OpenSea

OpenSea é, sem dúvidas, o principal mercado NFT e registrou seu recorde mensal em apenas duas semanas.

Possui uma grande liderança em comparação a seus adversários como SuperRare, Foundation, Nifty Gateway, Zora, Rarible e LooksRare. Se você é um desses mercados, você não está feliz em ver o recurso do Twitter.

É como se o Facebook acrescentasse um recurso para que você compartilhe sua coleção de tênis, mas só tivesse suporte para tênis da Nike. O que esses mercados vão fazer agora para se destacar e competir?

Publicidade

O autor do texto, Daniel Roberts, mudou sua foto de perfil NFT para sua foto verdadeira, mas irá acompanhar como o drama dessas imagens se intensifica.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: FTX pode liquidar dívida fiscal de US$ 24 bilhões por US$ 200 milhões

FTX pode liquidar dívida fiscal de US$ 24 bilhões por US$ 200 milhões

Se aprovada pelo juiz, a FTX pagaria à Receita dos EUA US$ 200 milhões agora e US$ 685 milhões posteriormente
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin tem forte alta com ETFs nos EUA batendo recordes de aportes

Manhã Cripto: Bitcoin tem forte alta com ETFs nos EUA batendo recordes de aportes

ETFs de Bitcoin à vista dos EUA registraram entradas de US$ 886,75 milhões, o que é o segundo maior fluxo diário desses produtos
Círculo formado por criptomoedas com bitcoin no centro

Taiwan cria associação de criptomoedas em avanço para autorregulação

24 empresas de criptomoedas que se comprometeram ao combate à lavagem de dinheiro entraram na Associação de Provedores de Serviços de Ativos Virtuais de Taiwan
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin segue em queda e perde os US$ 67 mil refletindo sinais do Fed

Manhã Cripto: Bitcoin segue em queda e perde os US$ 67 mil refletindo sinais do Fed

Mercado de criptomoeda caminha para fechar a semana no negativo após o Fed indicar apenas um corte de juros no ano, com o Bitcoin voltando para US$ 66 mil