Imagem da matéria: Mercado Bitcoin lança MB Prime Services, plataforma de negociação e custódia de criptomoedas
Foto: Shutterstock

O MB (Mercado Bitcoin), maior exchange de ativos digitais da América Latina, anuncia o lançamento do MB Prime Services, plataforma de negociação e custódia de criptomoedas focada no mercado institucional.

A novidade possibilita que players institucionais (fundos, gestoras, instituições financeiras) comprem diretamente criptomoedas no MB, sem precisar mais exportar esse tipo de serviço. Isso representa uma série de vantagens, como redução de custos, maior segurança e eficiência operacional.

Publicidade

Com menos de duas semanas no ar, o MB Prime Services já fechou seus dois primeiros contratos, sendo um deles com a gestora de fundos Investo, que usou seus próprios recursos para a transação.

O lançamento está alinhado à Resolução 175 da CVM, que entrou em vigor no início deste mês, e que passa a permitir aos fundos multimercados brasileiros a compra de criptomoedas em exchanges reguladas, sem a necessidade de aplicação indireta por meio de veículos offshore. A regra prevê a composição máxima de até 10% para investidores de varejo, 20% para qualificados e 100% para profissionais.

“Com o MB Prime Services, estamos estabelecendo uma ponte sólida entre o mundo dos ativos digitais e o mercado financeiro convencional. A proposta do MB Prime Services é aproximar a experiência de negociação, custódia e controles de criptoativos ao que os gestores e administradores já estão acostumados no mercado tradicional, proporcionando a segurança e eficiência que os investidores institucionais demandam. Esta iniciativa é um reflexo da crescente demanda por tokenização no cenário global e da importância de oferecer soluções robustas para atender a essa tendência”, diz Naasson Ferreira, diretor Comercial do MB.

O MB Prime Services oferece uma gama de atributos, incluindo: Atendimento personalizado e prioritário; Acesso a mais de 200 ativos em order book +1000 via OTC; Custódia centralizada no MB ou via integração com custodiantes terceiros; Relatórios gerenciais com extrato de movimentações, posições e controle de acessos.

Publicidade

O lançamento do MB Prime Services também é impulsionado pela gradativa adoção global de criptomoedas. Pesquisas mostram que no segmento de ativos digitais o que mais tem despertado interesse dos institucionais são ETFs e criptomoedas.

Corrobora para isso os recentes pedidos de autorização de grandes players para emissão de ETFs cripto (como é o caso do ETF de bitcoin) junto à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, a SEC.

“Para se ter uma ideia da crescente procura institucional por criptomoedas, somente o setor de custódia de ativos digitais atingiu a marca de US$ 447,9 bilhões em 2022, segundo relatório conduzido por PricewaterhouseCoopers (PwC) e Aspen Digital. E com o lançamento do MB Prime Services, o Mercado Bitcoin está preparado para atender a essa demanda notável, oferecendo uma solução robusta e segura para clientes institucionais”, diz Thiago Fagundes, head de Sales Latam do MB.

VOCÊ PODE GOSTAR
Joe Biden posa para foto

Biden expulsa mineradora cripto chinesa de área próxima a base militar: “Risco de espionagem”

O governo afirma que a MineOne possui equipamentos especializados de origem estrangeira potencialmente capazes de facilitar atividades de vigilância e espionagem
Presidente do Banco Central Roberto Campos Neto falando diante de um microfone

Presidente do Banco Central se reúne com MB um dia após anunciar agenda da regulação do mercado cripto

O Banco Central divulgou ontem os próximos passos para a regulação do setor cripto e espera concluir o processo até o final de 2024
Imagem da matéria: Mesmo que ETF de Ethereum seja aprovado, pode levar semanas para estrear nas bolsas; entenda

Mesmo que ETF de Ethereum seja aprovado, pode levar semanas para estrear nas bolsas; entenda

Sinal verde da SEC esta semana é apenas o primeiro passo para o lançamento do ETF de Ethereum
Imagem da matéria: Mercado Bitcoin anuncia três novas listagens: BVM, RIO e AEVO

Mercado Bitcoin anuncia três novas listagens: BVM, RIO e AEVO

As novidades ampliam as opções de investimento na plataforma que já somam mais de 220 ativos