ceo binance horta verde
CEO da Binance, Changpeng CZ Zhao (Foto: Reprodução/Twitter)

A Binance, respondeu ao mais recente drama em torno da stablecoin USDC convertendo o restante de seus fundos da iniciativa de recuperação da indústria de US$ 1 bilhão em Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH) e outras criptomoedas.

“Dadas as mudanças nas stablecoins e nos bancos, a Binance converterá o restante do 1 bilhão de fundos da iniciativa de recuperação da indústria de BUSD para criptoativos como incluindo BTC, BNB e ETH”, escreveu o CEO da Binance, Chanpeng ‘CZ’ Zhao, em um tweet nesta segunda-feira (13).

Publicidade

A Binance lançou seu “fundo de recuperação” da indústria cripto em novembro de 2022 após o colapso da FTX. A iniciativa visava “ajudar projetos que, de outra forma, são fortes, mas estão em uma crise de liquidez.”

O movimento também acontece depois que a Paxos, proprietária e emissora da BUSD, foi atingida por um processo da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), com a agência reivindicando no mês passado que a empresa violou as leis de proteção ao investidor. A Paxos anunciou que suspenderia a cunhagem de BUSD e “encerraria seu relacionamento com a Binance” para a stablecoin.

Ainda não está claro quanto dinheiro do fundo da Binance foi convertido ou está destinado a ser convertido nas moedas mencionadas.

endereço ETH compartilhado por CZ mostra algumas transferências substanciais ao longo das últimas horas, com a carteira original quase esvaziada no momento da redação deste artigo. As transações continuam a ser executadas no momento da escrita.

Publicidade

Vale a pena lembrar que, em setembro de 2022, a Binance começou uma conversão automática de depósitos USDC em seu BUSD nativo — eliminando de forma eficaz a stablecoin rival.

O Decrypt entrou em contato com a Binance para comentários adicionais, mas ainda não recebeu resposta até o momento.

USDC recupera indexação em USD

Além disso, a decisão da Binance vem logo após a desindexação da stablecoin USDC  do preço pretendido de US$ 1.

O evento de desindexação foi desencadeado pela crise em curso em torno do colapso do Silicon Valley Bank (SBV), onde a empresa detém cerca de US$ 3,3 bilhões.

O Silicon Valley Bank estava entre os 20 maiores bancos dos EUA quando anunciou falência na última sexta-feira depois de uma corrida dos clientes para efetuar retiradas de fundos. Os reguladores do estado da Califórnia colocaram o banco sob o controle do FDIC, que por sua vez criou uma nova entidade — o Deposit Insurance National Bank of Santa Clara — através da qual os ativos restantes serão geridos.

A USDC caiu para uma mínima histórica de US$ 0,87 na noite de sexta-feira.

O colapso do SBV, precedido pelo colapso do Silvergate Bank, também enviou ondas de choque através do mercado de ações, enquanto a indústria cripto também viu uma queda deprimente, com o Bitcoin caindo abaixo de US$ 20 mil pela primeira vez desde meados de janeiro.

Publicidade

Em um movimento separado, o Federal Reserve resolveu fechar o Signature Bank na segunda-feira de manhã, outro banco parceiro das empresas de cripto com um total de ativos em cerca de US$ 117 bilhões, segundo informações do final de 2022.

O susto, pelo menos por agora, parece ser de curta duração: de acordo com uma declaração conjunta do FED, do Tesouro dos EUA e do FDIC no domingo, todos os depositantes do agora fechado Silicon Valley Bank e do Signature Bank poderão retirar seus fundos na segunda-feira.

“A Circle está agora fora de perigo, o que é um enorme ponto positivo para o mundo das criptomoedas”, disse Bradley Duke, coCEO do ETC Group, em um comunicado compartilhado com o Decrypt.

Enquanto isso, a Circle indicou que irá “cobrir qualquer déficit” causado como resultado dos US$ 3,3 bilhões dos seus fundos detidos pelo SBV.

A empresa sediada em Boston também reiterou que o USDC está 100% garantido com dinheiro e títulos do Tesouro dos EUA.

Publicidade

De acordo com a empresa, “o USDC está atualmente garantido 77% (US$ 32,4 bilhões) com títulos do Tesouro dos EUA (com um período de maturação de três meses ou menos) e 23% (US$ 9,7 bilhões) com dinheiro em uma variedade de instituições, das quais o SVB é apenas uma.”

As últimas notícias ajudaram o mercado cripto mais amplo a ficar no positivo novamente, com o Bitcoin sendo negociado em torno de US$ 22.280,00 até o momento, um aumento de 9,1% ao longo do dia.

A USDC está sendo negociada a US$ 0,989, de acordo com o CoinGecko.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
hackers em frente a computadores

Exchange de criptomoedas Rain perde US$ 14,8 milhões em ataque hacker

A exchange disse que já tomou as medidas necessárias e que todas as sua atividades estão funcionando normalmente, inclusive saques
Imagem da matéria: ABCripto lança campanha de arrecadação de criptomoedas em apoio a vítimas de enchentes no RS

ABCripto lança campanha de arrecadação de criptomoedas em apoio a vítimas de enchentes no RS

Ação conjunta da ABcripto e associados visa levantar fundos e doações para desabrigados das inundações
Imagem da matéria: Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Um programa de crescimento com aporte milionário de fundo cripto está sendo votado neste momento pelos usuários do GNO
Imagem da matéria: Merge Madrid: encontro Web3 promete unir Europa e América Latina em outubro

Merge Madrid: encontro Web3 promete unir Europa e América Latina em outubro

De 8 a 10 de outubro, pontos chave da cidade de Madri atrairão o ecossistema Web3 sob uma perspectiva de negócios, legal e técnica