Os responsáveis pela Xland - que deu golpe em jogadores do almeiras
Marçal Siqueira, Gabriel Nascimento e Jean Ribeiro, da Xland (Reprodução/Fantástico)

A edição de domingo (12) do Fantástico exibiu uma reportagem mostrando a cara dos envolvidos em um suposto golpe de investimento em criptomoedas aplicado em jogadores do Palmeiras. O programa também divulgou áudios de conversas entre Mayke e Gustavo Scarpa com os responsáveis pelo negócio — Willian “Bigode” da WLJC, Gabriel Nascimento e Jean Ribeiro da Xland. O nome de Marçal Siqueira também aparece como promotor do negócio.

Segundo a reportagem, Willian Bigode negou que tenha enganado os atletas e que também perdeu 17,5 milhões. Miyke, que atua pelo time paulista, e Scarpa, ex- jogador do clube que agora atua pelo Nottingham Forest, da Inglaterra, somam juntos perdas de cerca de R$ 11 milhões. Eles processaram a WLJC e Xland na Justiça de São Paulo.

Publicidade

“Pelo respeito, amizade, consideração e amor que eu tenho por você, queria te dar um toque antes. Infelizmente vou ter que falar da sua empresa”, disse Scarpa a Willian, alertando sobre o processo. “É meu patrimônio quase todo. Eu não posso correr esse risco de perder”, ressaltou.

Antes, Willian já não tinha mais respostas: “Scarpinha, agora não tem nem mais questão de confiança, irmão. Questão que agora é orar. Fazer o que eu sei. Agora é esperar no senhor”, disse ele ao jogador, conforme mostrou o Fantástico.

Gabriel Nascimento, dono da Xland, falou com a reportagem e prometeu resolver o problema. Ele afirmou para seus clientes que a empresa mantinha R$ 2 bilhões em pedras preciosas, mas não comprovou ao Fantástico. Disse também, sem comprovar, que a Xland tinha exposição à falida corretora FTX.  

Para o delegado Glaucius Vinicius Silva, que falou com a equipe do Fantástico, existem indícios de que houve o crime de estelionato. “Eles conseguiram comprovar por enquanto tudo aquilo que alegaram”.

Publicidade

O caso mostrado pelo Fantástico

Na última sexta-feira (10), uma reportagem da ESPN, citando informações iniciais do Fantástico, detalhou sobre o caso depois que obteve acesso aos processos onde Mayke e Scarpa tentam reaver os investimentos aplicados na WLJC Gestão Financeira.  Os valores, segundo os autos, deveriam ter sido acertados entre agosto e outubro de 2022.

Contudo, conforme revelou o Fantástico, o dinheiro era enviado à Xland, empresa prometia até 5% de rendimentos ao mês. No entanto, quando os clientes tentaram resgatar seus fundos, não tiveram sucesso.

Em resumo, tudo indica que este será mais um caso que vai se somar a tantos outros que tẽm sido aplicados nos últimos anos por empresas que prometem altos rendimentos em criptomoedas, mas que são golpe, como outro caso recente chamado Braiscompany.

https://www.youtube.com/watch?v=pIPm69mkows
VOCÊ PODE GOSTAR
Placa com o logotipo da b3

B3 começa a negociar contrato futuro de Bitcoin nesta quarta-feira

Contrato futuro de Bitcoin será equivalente a 100 do valor da criptomoeda em reais e terá vencimento mensal, informou a Bolsa de Valores
Imagem da matéria: Wormhole diz pagar mais de 999% na semana em staking de novo token

Wormhole diz pagar mais de 999% na semana em staking de novo token

Token W, lançado esta semana, está chamando atenção ao render mais de 999% em staking na plataforma Kamino
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Fatia de mercado da KuCoin cai pela metade e Nigéria trabalha com Interpol para extraditar executivo da Binance

Manhã Cripto: Fatia de mercado da KuCoin cai pela metade e Nigéria trabalha com Interpol para extraditar executivo da Binance

Em meio às apostas baixistas de hedge funds, o Bitcoin mostra estabilidade em 24 horas, negociado na faixa dos US$ 66 ml    
Silhueta de pessoa jogando videogame À frente de TV

Agência federal de fiscalização dos Estados Unidos começa a olhar para games cripto

Comprar vidas extras ou ganhar tokens em um jogo do tipo play-to-earn equivale a um “banco em games e mundos virtuais”, diz agência