Imagem da matéria: CEO da Binance afirma que está considerando "algumas jurisdições" para a sede global
Richard Teng, CEO da Binance (Foto: Divulgação)

A Binance está pronta para estabelecer uma sede global, em uma inversão de sua alegação de longa data de ser uma empresa descentralizada sem sede oficial.

Falando na Paris Blockchain Week, o CEO da Binance, Richard Teng, disse que a exchange de criptomoedas está em negociações com “algumas jurisdições” sobre a localização de sua sede corporativa, acrescentando que há “muitas considerações” por trás da decisão sobre onde a maior exchange cripto do mundo deve estabelecer suas raízes corporativas.

Publicidade

“Onde está o valor atribuído ao nosso conjunto de produtos? Quais são as jurisdições que têm regulamentações que podem atender ao nosso conjunto de produtos, ao nosso conjunto de aplicações?” disse Teng, acrescentando que os processos de contratação de pessoal e os acordos de tributação estão entre os “inúmeros fatores que devem ser ponderados e avaliados”.

A localização da sede da Binance tem sido uma questão polêmica há muito tempo. Sob o comando do ex-CEO Changpeng “CZ” Zhao, a exchange inicialmente alegou que, como uma empresa descentralizada, não tinha sede, e que a própria noção de escritórios e sedes eram “conceitos antigos”.

“Esse é um escritório onde as pessoas se sentam? Trabalhei em casa nos últimos três anos e meio”, disse Zhao em 2021. “Nossa equipe de liderança não está sentada em um escritório”, acrescentou ele na época, “não temos um lugar claro onde possamos ir pelas definições normais da maioria das pessoas de uma sede que possamos chamar de sede”.

À medida que as questões regulatórias aumentavam, Zhao mudou de marcha, alegando que uma resposta à pergunta seria dada “no devido momento”.

Publicidade

Depois que Zhao deixou o cargo de CEO, nos termos de um acordo de US$ 4 bilhões com os órgãos reguladores dos EUA, seu substituto, Richard Teng, inicialmente seguiu a mesma linha, afirmando que revelaria o local de sua sede global “no devido momento”.

Na Paris Blockchain Week, Teng também abordou a situação do executivo da Binance, Tigran Gambaryan, atualmente preso na Nigéria e aguardando julgamento por acusações de lavagem de dinheiro.

“Nossa maior prioridade é fazer o que pudermos para trazê-lo de volta para casa o mais rápido possível”, disse Teng, reiterando que a empresa está trabalhando com as autoridades nigerianas para resolver o problema. A Binance já havia afirmado que Gambaryan não violou nenhuma lei nigeriana e que ele não tem poder de decisão na empresa.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: El Salvador lança site de Bitcoin e revela quantas criptomoedas possui hoje; confira

El Salvador lança site de Bitcoin e revela quantas criptomoedas possui hoje; confira

Segundo os dados do mempool, El Salvador comprou 30 bitcoins no último mês
Estátua da justiça e martelo de juiz à frente de bandeira do Canadá

Canadá multa Binance em R$ 22,5 milhões por violar as leis de combate à lavagem de dinheiro 

Agência do governo menciona falta de registro e ausência de relatório de transações enquanto corretora operou no país
Imagem da matéria: Trader transforma US$ 27 mil em US$ 2 milhões ao antecipar alta da GameStop

Trader transforma US$ 27 mil em US$ 2 milhões ao antecipar alta da GameStop

O súbito ressurgimento das ações “memes” nesta semana rendeu uma pequena fortuna aos traders que nunca desistiram das loucuras de 2021
Imagem da matéria: Volume de negociação de 'Notcoin' ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Volume de negociação de ‘Notcoin’ ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Jogo Notcoin, baseado no Telegram, lançou mais de 80 bilhões de tokens para cerca de 35 milhões de jogadores em um airdrop