Imagem da matéria: Brasileira é presa após roubar R$ 115 mil em golpe de criptomoedas
Suspeita de estelionato com Bitcoin é presa em Goiás (Foto: Polícia Civil de Goiás)

Uma mulher de 24 anos foi presa nesta quarta-feira (9) em Goiânia por estelionato ao prometer lucros que viriam com supostos investimentos em Bitcoin. Segundo a Polícia Civil, a suspeita tirou R$ 115 mil das vítimas, mas não foi divulgado o número de pessoas lesadas. Agora, ela responderá pelo crime de estelionato. As informações são do jornal O Popular

Segundo as autoridades,  as vítimas eram de Caldas Novas (GO), no sudeste do estado. Conforme aponta o jornal, a suspeita se vendia como corretora, responsável por fazer investimentos no mercado de criptomoedas

Publicidade
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil expediu um mandado de prisão preventiva contra a mulher, que teve parecer favorável do Ministério Público. O caso então foi levado à Justiça de Goiás, que acolheu as recomendações e determinou a prisão da suspeita e o bloqueio de ativos que estavam no nome dela. 

A suspeita já foi interrogada e será transferida para uma unidade prisional, onde ficará à disposição do Poder Judiciário. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Logo da ftx, dólares e bitcoin

Analistas preveem alta no mercado cripto com ressarcimento bilionário a clientes da FTX

A FTX deve cerca de US$ 11 bilhões a credores, mas a massa falida conseguiu levantar mais de US$ 14 bilhões
Imagem da matéria: Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso Web3 Wallet suporta Ethereum, Polygon, Arbitrum, Base e Optimism e permite acesso a mais de 2 mil tokens
Alexander Vinnik sendo escoltado para um tribunal na Grécia em 2017

Fundador da BTC-e se declara culpado de lavar R$ 45 bilhões em criptomoedas

A exchange do russo Alexander Vinnik teria processado entre 2011 e 2017 mais de um milhão de transações de usuários em todo o mundo, incluindo clientes dos EUA
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 64 mil; CEO da Binance clama para que “colega querido” seja libertado da prisão

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 64 mil; CEO da Binance clama para que “colega querido” seja libertado da prisão

Richard Teng fez uma publicação para pedir que as autoridades da Nigéria libertem Tigran Gambaryan