Imagem da matéria: Bitcoin volta a superar US$ 11.000 após três semanas
Foto: Shutterstock

O preço do bitcoin ultrapassou a marca de US$ 11.000 às 7h30 desta sexta-feira (09), um dia após a empresa de pagamentos Square revelar ter comprado US $ 50 milhões em BTC. No Brasil, o preço chegou a superar os R$ 62.000.

A criptomoeda permaneceu bastante estável acima de US$ 10.000 nas últimas duas semanas, apesar das notícias do hack da bolsa KuCoin, dos reguladores dos EUA apresentando acusações criminais e civis contra a BitMEX e o anúncio do presidente Donald Trump de que encerraria as negociações com legisladores democratas sobre um novo pacote de estímulo fiscal.

Publicidade

Com o movimento de alta, o bitcoin volta a ser negociado acima dos US$ 11.000, o que não acontecia desde 19 de setembro.

O bitcoin segue agora com alta de 4% em outubro e acumula 19,5% no segundo semestre. Desde o início do ano, a moeda já valorizou 52% em dólar.

Além do BTC, as principais criptomoedas do mercado também operam em alta nesta sexta. Ethereum (ETH) sobe 3,6%, XRP tem ganho de 0,5% e Binance Coin (BNB) valoriza 5,9%. A maior alta do dia é da Chainlink (LINK), com 8,9%.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ex-executivos da FTX receberão sentença até novembro

Ex-executivos da FTX receberão sentença até novembro

O diretor de engenharia, Nishad Singh, receberá a pena no dia 30 de outubro, e o CTO, Gary Wang, no dia 20 de novembro
Imagem da matéria: Guilherme Haddad Nazar se torna vice-presidente da Binance na América Latina

Guilherme Haddad Nazar se torna vice-presidente da Binance na América Latina

Com mudança, Guilherme Nazar, sobrinho do ministro Fernando Haddad, passa a acumular a função de diretor geral da Binance no Brasil
Imagem da matéria: Mt. Gox: relembre a ascensão e queda da exchange que vai distribuir bilhões em Bitcoin

Mt. Gox: relembre a ascensão e queda da exchange que vai distribuir bilhões em Bitcoin

Mais de uma década após a maior exchange de Bitcoin do mundo ser hackeada, os credores da Mt. Gox finalmente receberão seus reembolsos; aqui está o que aconteceu
Imagem da matéria: Alemanha termina de vender US$ 3,4 bilhões em Bitcoin

Alemanha termina de vender US$ 3,4 bilhões em Bitcoin

O governo alemão esvaziou suas carteiras Bitcoin depois de enviar bilhões para corretoras e formadores de mercado nos últimos dias