Imagem da matéria: Bitcoin (BTC) decola e ultrapassa os US$ 50 mil depois de quase 30 dias
Foto: Shutterstock

Enquanto o mundo se desesperava com a queda do Facebook, WhatsApp e Instagram, os investidores de Bitcoin (BTC) se divertiam ao observar o bom desempenho da moeda que continua forte na valorização que iniciou ao entrar em outubro.

Nesta manhã de terça-feira (5), a criptomoeda líder do mercado ultrapassou a importante resistência de US$ 50 mil ao subir 4,5% nas últimas 24 horas.

Publicidade

De acordo com dados CoinMarketCap, o ativo chegou a atingir uma mínima de US$ 47.060 na noite de segunda, mas ao longo da  madrugada foi capaz de recuperar os ganhos e agora está valendo cerca de US$ 50.210.

É a primeira vez que o bitcoin alcança a marca de US$ 50 mil desde 7 de setembro, dia em que se tornou uma moeda de curso legal em El Salvador. Neste ritmo, a criptomoeda diminui para 22% a sua distância do recorde de preço de maio, quando atingiu US$ 64.860.

Nas corretoras brasileiras, o bitcoin é encontrado para negociação a R$ 270 mil, segundo o Índice de Preço do Bitcoin (IPB).

O preço do bitcoin reflete a época do ano. Outubro costuma ser um período positivo para moeda por dar início ao quarto trimestre, um período que historicamente o bitcoin costuma obter uma valorização mais substancial.

Publicidade

No entanto, esse não é o único fator que sustenta a nova alta do criptoativo. Notícias positivas vindas dos Estados Unidos como a confirmação do FED de que o bitcoin não será banido no país e as chances de um ETF de bitcoin ser aprovado pela SEC até o final do ano, ajudam a fazer com que os investidores voltem ao mercado cripto, uma confiança que foi abalada no mês passado pela nova onda de repressão da China.

Altcoins acompanham alta 

O bom desempenho do bitcoin se estende para a maioria das altcoins do mercado que estão no verde nesta manhã de terça-feira. A Dogecoin (DOGE) lidera como o ativo que mais valoriza no Top 10, em alta de 10,7%. Com esse impulso, o token atingiu uma máxima do dia de US$ 0,24, o seu melhor preço em três semanas.

O ativo que mais cresce no Top 100 também é uma criptomoeda meme, a Shiba Inu (SHIB). Em alta de 53% no dia, a SHIB registra atualmente a sua melhor cotação desde maio de US$ 0.000013.

Ethereum (ETH), a segunda criptomoeda mais valiosa do mercado, também acumula ganhos de 3,4% no dia que faz o ether ser negociado a US$ 3.450 nas principais corretoras. As principais altcoins do setor também estão em alta nesta manhã, como a Binance Coin (+5,1%), Cardano (+2,6%), XRP (+2,8%) e Solana (+1%).

VOCÊ PODE GOSTAR
Baleia dourada envolto a moedas de bitcoin

Baleia adormecida por 14 anos movimenta R$ 17 milhões em Bitcoin

As transações dos 50 BTCs oriundos da recompensa de bloco em 2010 ocorreram nesta manhã de segunda-feira (15)
Uniswap, venture, criptomoedas, investimentos, web3

Manhã Cripto: Token da Uniswap despenca 17% após alerta de processo da SEC e Bitcoin recupera os US$ 70 mil

CEO da Uniswap, Hayden Adams, disse não estar surpreso, “apenas irritado, desapontado e pronto para lutar”
Imagem da matéria: Fan Token do PSG salta 25% com vitória sobre o Barcelona na Liga dos Campeões

Fan Token do PSG salta 25% com vitória sobre o Barcelona na Liga dos Campeões

Enquanto o token do PSG disparou, o ativo do Barcelona caiu mais de 4% com a derrota; no outro duelo, o fan token do Atlético de Madri desabou 10%
Fusão da imagem de uma moeda de bitcoin com a bandeira do Paraguai

Senadores do Paraguai querem pausar toda atividade ligada ao Bitcoin; entenda

Projeto de lei quer que atividades como mineração, compra e venda de Bitcoin sejam suspensas por 180 dias