Imagem da matéria: "Não vamos banir as criptomoedas", diz presidente do Banco Central do Estados Unidos
Presidente do FED, Jerome Powell (Foto: Wikipedia)

O presidente do Banco Central do Estados Unidos (FED), Jerome Powell, afirmou nesta quinta-feira (30) que os Estados Unidos não têm intenção de banir as criptomoedas.

Fala foi dita durante uma comissão do Comitê bancário do Senado americano. Powell estava sendo questionado por Ted Bud, um senador da Carolina do Norte.

Publicidade

Ele questionou o dirigente do FED se, a exemplo da China, existia a possibilidade de que os EUA pudessem banir as criptomoedas.

Pressionado, Powell afirmou que não. Porém, em seguida, ele continuou a resposta dizendo que as stablecoins seriam reguladas.

“Não temos intenção de banir, mas as stablecoins são similares a depósitos bancários e, de certo modo, fora do perímetro regulatório. É apropriado que sejam reguladas. Mesma função, mesma regulação”, afirmou.

FED e regulação

Em março Powell, indicou hoje que as moedas digitais do banco central (CBDCs), como um potencial “dólar digital”, não substituiriam o dinheiro.

Powell reiterou um ponto levantado em um relatório recente do Banco de Compensações Internacionais para o qual o Fed contribuiu, dizendo: “Um dos três princípios-chave destacados no relatório é que um CBDC precisa coexistir com dinheiro e outros tipos de dinheiro de uma forma flexível e inovadora sistema de pagamento”, relatou à Bloomberg na época.

Publicidade

No mesmo período, ele comentou que as stablecoins que estavam sendo estudadas globalmente por várias entidades financeiras, mas como moedas digitais nacionais batizadas pela sigla CBDC. Acerca das criptomoedas, como bitcoin, por exemplo, o presidente do FED citou a alta oscilação de preço e a falta de lastro como características negativas do sistema.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin cai 14% após novo projeto desagradar comunidade

Jogo viral do Telegram, Notcoin sofre um grande golpe à medida que o “recomeço” anunciado pelos criadores não surtiu efeito na comunidade
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Brasil é o 6º país com maior adoção de criptomoedas do mundo

Ranking global de adoção de criptomoedas é liderado pelos Emirados Árabes, com 25%; Brasil aparece em 6º, com 17,5%
Imagem da matéria: Governo do Paraguai "rouba" os mineradores de Bitcoin, acusa senador

Governo do Paraguai “rouba” os mineradores de Bitcoin, acusa senador

Segundo o senador Salyn Buzarquis, decisão do governo do Paraguai de aumentar a tarifa de energia prejudica os mineradores que trabalham corretamente
Cauda de baleia sob um mar de moedas de bitcoin

Baleia de Bitcoin acorda depois de 12 anos e movimenta R$ 37 milhões

Antes disso, a última transação ocorreu em fevereiro de 2012, quando esse endereço enviou 2,98 BTC, que na época valiam apenas US$ 15