Imagem da matéria: Binance avança no Brasil e lança app e atendimento ao cliente em português
Foto: Shutterstock

Binance continua a realizar movimentos no mercado brasileiro. A maior corretora de criptomoedas do mundo passa a contar oficialmente a partir desta quarta-feira (29) com atendimento em português, das 8h às 20h (horário de Brasília).

De acordo com comunicado à imprensa, a equipe de atendimento dedicada ao público que fala a língua estará disponível para chamados no chat em tempo real. E também responderá aos tickets abertos no canal oficial de suporte da corretora.

Publicidade

A esse anúncio se soma a opção de língua portuguesa para o aplicativo da Binance Exchange, disponível na Google Play Store e na Apple Store desde a semana passada.

Ainda segundo o comunicado, o suporte em português faz parte da estratégia da Binance de popularizar o uso global de criptomoedas, como o bitcoin.

Além desse expediente, continua existindo o atendimento 24/7 padrão da Binance, podendo ser em português ou em inglês.

“Temos o prazer de fornecer um atendimento dedicado para usuários de língua portuguesa, para dar o melhor suporte à grande demanda de cripto de nosso público nessas regiões”, disse no comunicado Changpeng Zhao (CZ), CEO da Binance.

Essa expansão, contudo, leva em conta as particularidades financeiras e legislações de cada país. O Brasil, por exemplo, ainda não conta com uma legislação que regule a criptoeconomia, embora existam projetos no Congresso com esse objetivo.

Publicidade

O caso do diplomata

O anúncio veio poucas semanas após a Binance resolver — ao menos momentaneamente — um caso curioso envolvendo o registro da marca no Brasil.

Em junho de 2018, o vice-cônsul do Brasil no Chipre, Paulo Renato Dallagnol, resolveu registrar a versão brasileira do site da Binance junto ao Inpi (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). No entanto, a marca já vinha atuando no mercado nacional desde 14 de junho de 2017.

A gigante do setor de criptomoedas, então, processou o INPI e o diplomata, afirmando que a marca Binance goza de proteção por ter seu registro anterior feito na China, país signatário da Convenção da União de Paris (CUP).

No começo de abril, a Justiça do Rio de Janeiro concedeu liminar em favor da Binance e suspendeu o registro feito anteriormente feito por Dallagnol. O magistrado também ordenou que o diplomata não utilize a marca de forma alguma sob pena de sofrer a imposição de multa, que não foi definida na decisão.

Publicidade

Sem a resolução do imbróglio, a Binance não podia disponibilizar a versão em português do seu app na Google Play Store.

Outros serviços no Brasil

Além do suporte e da versão do aplicativo em português, clientes da Binance no Brasil ganharam outras facilidades recentemente.

Desde o final do março os clientes podem comprar bitcoin e outras cinco criptomoedas junto à corretora utilizando cartões de débito e de crédito com bandeira Visa sem cobrança de IOF.

Até então, os clientes precisavam comprar criptomoedas em exchanges brasileiras para depois transferi-las para a Binance. Com a parceria com a Visa, abre-se uma porta em reais para que brasileiros possam fazer esse investimento, de forma mais direta.

No contexto latino-americano, no qual se insere também o Brasil, a Binance lançou ainda em março um sistema de negociações P2P (ponto a ponto) para a América Latina. O serviço contempla cinco moedas do continente, incluindo o real brasileiro.

Leia tambémeBook IR 2020: Como declarar bitcoin e outros criptoativos – Clique aqui e faça o download gratuito

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”