Imagem da matéria: Baleia movimenta mais de 2 mil bitcoins que estavam parados há oito anos
Foto: Shutterstock

O recente recorde de preço do bitcoin parece ter despertado uma baleia  — termo que se refere a um investidor que detém grandes quantias de criptoativos —, que deixou parado por mais de oito anos um montante de 2.207 BTC.

O equivalente a US$ 150 milhões em bitcoin que estavam na carteira inativa desde outubro de 2013, voltaram a ser movimentados na tarde de quarta-feira (10), conforme divulgou no Twitter o Whale Alert. Para transacionar a quantia milionária, a baleia pagou uma taxa de apenas 0.0002 BTC, cerca de US$ 13.

Publicidade

A transação aconteceu por volta das 15h30, quando a cotação do bitcoin estava em torno de US$ 68 mil. Assim que a baleia movimentou os fundos, o criptoativo reverteu a tendência de alta que mostrava mais cedo naquele mesmo dia e desabou até bater uma mínima no dia de US$ 64.050.

O destino das criptomoedas

De acordo com os dados públicos da blockchain, em um primeiro momento a  baleia transferiu todos os ativos para dois endereços, com o primeiro recebendo 300 BTC, e o segundo a parcela restante de 1.907 BTC.

Em seguida, os fundos foram espalhados em outros endereços através de várias transações , de tal forma que continua um mistério o real destino dessas criptomoedas. 

Não é possível saber, por exemplo, se a baleia apenas decidiu realocar os ativos em outra carteira mais nova — os fundos estavam em um endereço “legacy”, o formato mais antigo do bitcoin — ou enviá-los a uma exchange para realizar os lucros.

Publicidade

De qualquer forma, a paciência da baleia em segurar os criptoativos ao longo dos oito anos resultou numa valorização de 52.710%. Quando o depósito original foi feito, os 2.207 BTC valiam cerca de US$ 284 mil naquela época em que o preço do bitcoin não passava de US$ 129.

Essa não é a primeira vez que uma baleia que estava adormecida por quase uma década volta à ativa. Em junho, um investidor retirou R$ 162 milhões em bitcoin de uma carteira parada desde 2012. No mês seguinte, uma outra baleia voltou a movimentar 740 bitcoins que já não eram transacionados por mais de nove anos.

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin exposta à frente de fundo escuro

Pesquisadores recuperam senha perdida há 11 anos de carteira com R$ 16 milhões em Bitcoin 

Contratada por um investidor, a dupla Joe Grand e Bruno fizeram engenharia reversa em um software para obter sucesso e restabelecer o acesso a 43,6 BTCs
Imagem de Glaidson Acácio dos Santos, mais conhecido como Faraó do Bitcoin

Gilmar Mendes mantém prisão de Glaidson Acácio dos Santos, criador da GAS Consultoria

A defesa do ‘Faraó do Bitcoin’ alegou problemas psiquiátricos e uso de medicamento controlado, além de questionar a jurisdição acerca da competência para os processos
roger ver criador do bitcoin cash

Manhã Cripto: Bitcoin bate no teto de US$ 71 mil e Roger Ver é solto na Espanha

Ver foi preso em abril, depois que o DOJ divulgou uma acusação alegando que ele havia evitado pagar quase US$ 50 milhões em impostos
Pessoa segura moeda de bitcoin à frente de bandeira de El Salvador

El Salvador renova estratégia para incentivar a adoção do Bitcoin

El Salvador dobrou seu esforço para a adoção do Bitcoin nos últimos…