Imagem da matéria: Baleia movimenta 740 bitcoins parados desde 2012
Foto: Shutterstock

Uma baleia despertou na segunda-feira (12) e movimentar 740 bitcoins de uma carteira que estava inativa desde o início de 2012 — quando a criptomoeda valia em torno de US$ 5.

Contudo, considerando a cotação do dia da transferência, foi de US$ 24,4 milhões (R$ 126 milhões) — uma valorização de 660.000%.

Publicidade

Os dados mostram que o endereço recebeu os 740 bitcoins no dia 31 de maio de 2012 e outros mais 50 BTCs 15 dias depois. Restaram 51 BTCs no endereço.

O ressurgimento da baleia — termo que se refere a uma carteira que detém grandes quantias de criptomoedas — foi identificado pela primeira vez pelo perfil do Twitter Whale Alert, que monitora grandes movimentos em diversas blockchains.

Outro ponto que chama atenção é o custo extremamente baixo pago para transacionar a quantia milionária na rede do bitcoin. A baleia pagou apenas 0.00000253 BTC de taxa, o que equivale a R$ 0,40.

A pessoa ou instituição que está por trás do endereço é desconhecida. No entanto, o período em que a carteira foi criada e a inatividade nos anos seguintes, sugerem que pode se tratar de uma carteira esquecida de algum dos primeiros detentores de bitcoin.

Publicidade

Também não foi possível identificar o destino da transação — ou seja: não se sabe se os ativos foram liquidados ou apenas realocados por questões de segurança.

Outro ponto interessante é que é a carteira vinha recebendo regularmente centenas de satoshis em milhares de transações.

A comunidade cripto tende a ficar de olho nas movimentações das grandes baleias pois elas podem reverberar no preço da moeda, caso haja um grande despejo de tokens no mercado. 

No entanto, nas horas seguintes à transferência da baleia, o preço do bitcoin se manteve estável e foi cair só na manhã desta terça. O desempenho negativo da moeda continua no período da tarde e em queda de 1,3%, o BTC é negociado a R$ 32.700, segundo o CoinMarketCap.

Um caso muito parecido com o que aconteceu essa semana foi visto também no mês passado. No dia 1º de junho, uma outra baleia que estava adormecida por nove anos retirou R$ 162 milhões em bitcoin de uma carteira parada desde 2012.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

Estado dos EUA investe R$ 510 milhões em ETF de Bitcoin da BlackRock

O investimento foi confirmado hoje pelo Conselho de Investimentos do Estado de Wisconsin (SWIB)