Presidente Jair Bolsonaro em reunião sobre auxílio emergencial com Pedro Guimarães
Presidente da Caixa Pedro Guimarães em live com Jair Bolsonaro. Reprodução/Youtube.

Em live com o presidente Jair Bolsonaro na noite da quinta-feira (14) no Youtube, o presidente da Caixa Econômica Pedro Guimarães disse que a partir de segunda-feira (18) começa a ser paga a 2ª parcela do Auxílio Emergencial.

Segundo ele, para garantir maior tranquilidade desta vez, os pagamentos ocorrerão conforme o mês de nascimento do cidadão.

Publicidade

De acordo com Guimarães, os cidadãos aptos a receberem receberam a 1ª parcela — aqueles que ainda estavam em análise — também serão pagos neste final de semana; “de sexta para sábado”, afirmou.

Disse, ainda, que nesta sexta-feira (15), às 15h, ele e o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, vão detalhar mais como serão os próximos pagamentos.

Caixa vai abrir 50 milhões de contas

O presidente da Caixa também destacou o que ele chamou de “maior programa de inclusão digital do Brasil de todos os tempos”, referente às milhares de contas digitais que a Caixa vai abrir ao cidadão.

“50 milhões de contas’, disse, detalhando que será uma conta digital para cada um dos participantes do programa Auxílio Emergencial, que poderão movimentar o dinheiro através do aplicativo da Caixa.

A Caixa Econômica divulgou hoje o calendário de pagamento da 2ª parcela do Auxílio Emergencial, de R$ 600 e R$ 1.200.

Publicidade

Atraso no Auxílio Emergencial

O novo calendário era esperado desde o mês passado quando o governo ainda pagava a 1ª parcela — R$ 35 bilhões foram disponibilizados na época par amais de 50 milhões de pessoas.

Contudo, como a primeira fase de pagamentos ainda não havia sido finalizada e o calendário da 2ª parcela ficou dependendo do governo. Conforme afirmou ao G1 o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, faltava aval do presidente Jair Bolsonaro.

Como foi a 1ª parcela do Auxílio Emergencial

O auxílio emergencial é um programa de ajuda do Governo Federal para os brasileiros de baixa renda durante a crise do novo coronavírus.

A primeira parcela foi paga primeiramente aos cidadãos relacionados no Cadastro Único e que não estão no Bolsa Família. Eles começaram a receber a partir de 09 de abril.

Publicidade

Depois foi a vez daqueles que fizeram o cadastramento por meio do site ou APP Auxílio Emergencial que tiveram seus depósitos realizados a partir do dia 14 do mesmo mês.

No entanto, houve atraso na análise de parte das solicitações — segundo a Folha, 16,4 milhões de pedidos ficaram pendentes — o que prejudicou o calendário.

Alguns dos problemas foram devido a CPFs irregulares, erro no preenchimento e até mesmo dificuldade do cidadão em operar o aplicativo, o que causou filas imensas nas agências da Caixa.

Como receber o auxílio em outros bancos

É possível receber o Auxílio Emergencial em outros bancos. Segundo a Caixa, mais de 50 bancos participam da ação.

O Banco do Brasil o Bradesco e o Itaú Unibanco, por exemplo,  já repassaram o auxílio a cerca de 2 milhões de clientes que optaram por receber pelas instituições no aplicativo da Caixa.

Para aqueles que não possuem conta em banco, a Caixa disponibiliza o benefício em uma conta poupança criada automaticamente, a ‘Poupança Social Digital’.

Publicidade

O serviço deve ser acessado por meio do aplicativo Caixa Tem. Clique aqui e veja o vídeo explicativo.

Bancos digitais fazem pagamento

Os trabalhadores que pediram o auxílio emergencial e que estão fora do Cadastro Único (CadÚnico) devem indicar uma conta bancária para receber o benefício emergencial.

Até o fim de abril, por exemplo, o Nubank já havia pago R$ 132 milhões em auxílio emergencial a 220 mil clientes dos 500 mil que escolheram a instituição. A fintech e o Banco Inter explicaram como receber o dinheiro por meio de suas contas digitais.

Por isso, quem não está cadastrado deverá solicitar, no aplicativo ou site disponibilizado pela Caixa, o recebimento do benefício. A conta tem que ser uma já existente cadastrada no mesmo CPF.

Para receber pelo Nubank, por exemplo, o primeiro passo é realizar o cadastro no aplicativo ‘Auxílio Emergencial’  — preencher os dados pessoais, autenticar a conta e informar renda e atividade — selecione a opção ‘Receber em uma conta já existente’. 

Depois disso, será necessário inserir as seguintes informações:

  • Banco de destino: Nu Pagamentos S.A.;
  • Agência: o número de sua agência Nubank, que é 0001;
  • Tipo de conta: Conta-corrente;
  • Número da conta: o número e dígito de sua conta do Nubank, que você pode encontrar na tela inicial de seu aplicativo Nubank, tocando no seu próprio nome no topo da tela. 

Depois disso, é só confirmar o seu cadastro e solicitação.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
homem segura com duas mãos uma piramide de dinheiro

Polícia do RJ investiga grupo acusado de roubar R$ 30 milhões com pirâmide financeira

Para ganhar a confiança dos investidores, a empresa fraudulenta fazia convites para assistir jogos de futebol em camarote do Maracanã
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

Polícia Civil de SP pede prisão de donos da Braiscompany e mais dois funcionários

Antônio Neto Ais já está preso na Argentina, enquanto Fabrícia Campos está em liberdade condicional
Rafael Rodrigo , dono da, One Club, dando palestra

Clientes acusam empresa que operava opções binárias na Quotex de dar calote milionário; dono nega

Processos judiciais tentam bloquear R$ 700 mil ligados à One Club, empresa de Rafael Rodrigo
Homem aponta controle para TV que emerge imagens em 3D

‘TV 3.0’ que chegará ao Brasil em 2025 vai precisar de internet ou conversor? Entenda

Novo sistema de transmissão para TVs promete enviar som e imagem com qualidades maiores, além de maior interatividade com o espectador