Banco do Brasil, Bradesco e Itaú já pagaram R$ 1,3 bilhão em auxílio emergencial

Santander e Nubank ocupam, respectivamente, a quarta e quinta colocação, conforme os dados da Caixa Econômica

Banco do Brasil, Bradesco e Itaú já pagaram R$ 1,3 bilhão em auxílio emergencial
Foto: Shutterstock


Segundo a Caixa Econômica Federal divulgou na segunda-feira (04), o Banco do Brasil o Bradesco e o Itaú Unibanco já repassaram mais de R$ 1,3 bilhão a cerca de 2 milhões de clientes que solicitaram o auxílio emergencial do governo e optaram por receber em outros bancos.

De acordo com a Caixa, o governo já pagou cerca de R$ 2,3 bilhões em auxílio emergencial para cerca de 3,5 milhões de pessoas desta forma. Os auxílios de R$ 600 e R$ 1.200 são uma ajuda do Governo Federal para os brasileiros durante a crise do coronavírus.

O Santander também está entre os bancos com maiores indicações dos beneficiados. A instituição pagou a 228.653 pessoas o montante de R$ 152.018.400,00.

Dentre os bancos digitais, o destaque fica para a fintech Nubank, que distribuiu R$ 123.739.200,00 a 193.293 pessoas. Já o Banco Inter repassou o benefício a 67.951 clientes. O montante foi de R$ 43.579.800.

Conforme a publicação, mais de 50 bancos participam da ação.

Veja a lista completa:

R$ 35 bilhões

Durante a apresentação do balanço no último sábado (02), o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, afirmou que o banco já disponibilizou R$ 35,5 bilhões em auxílio emergencial.



O valor é referente aos auxílios pagos para os beneficiários do Bolsa Família e para quem solicitou a ajuda por meio do aplicativo ou portal da Caixa.

Conforme detalhou, até o dia 30 de abril o auxílio foi disponibilizado da seguinte forma:

Bolsa Família: 19,2 milhões de benefícios— R$ 15,2 bilhões

CadÚnico: 10,5 milhões — R$ 7 bilhões

App/Site: 20,3 milhões — R$ 13,3 bilhões

Caixa explica auxílio em outros bancos 

De acordo com a Caixa, no caso de recebimento do auxílio em outros bancos, a movimentação do valor e as operações de saque são realizadas diretamente por meio dos canais físicos e digitais das instituições financeiras indicadas pelo beneficiário no ato do cadastramento.

Portanto, os clientes com conta poupança no banco, além daqueles que não possuíam contas em outras instituições financeiras recebem pela Caixa, seja na conta já existente ou na conta-poupança criada automaticamente pela instituição. Mas isso acontece somente depois da aprovação do benefício, quando é criada a ‘Poupança Social Digital’.


BitcoinTrade: O halving está chegando, aproveite o momento!
Confira agora o cronômetro oficial para o Halving! Falta menos de uma semana!
Cadastre-se na BitcoinTrade e posicione-se!